Cientistas alemães querem criar animais com dois códigos genéticos

Um grupo de investigadores alemães está a utilizar um novo mecanismo para criar moléculas artificiais que originem proteínas sintéticas, compostas por aminoácidos não encontrados atualmente na natureza. Esta investigação pode levar à criação de novos materiais ou a novos tratamentos para doenças.

Num futuro não muito distante, pode haver campos de plantações e rebanhos de animais que produzam proteínas diferentes de qualquer coisa encontrada na natureza, informou a New Scientist.

As proteínas são moléculas de grande dimensão que realizam tarefas-chave em todos os organismos vivos, constituídas por apenas 20 blocos de aminoácidos. Segundo o artigo, a equipa alemã pretende, agora, criar proteínas fluorescentes que possam observar em ação a nível molecular, de forma a perceber a forma como atuam.

De acordo com o estudo, divulgado esta sexta-feria na Science, pode ser possível criar plantas e animais que tenham essas “fábricas de design” em todas as células do corpo. “Não há razão para pensar que não pode ser feito num organismo mais complexo”, diz Edward Lemke, investigador da Universidade Johannes Gutenberg Mainz, na Alemanha.

As receitas para produzir proteínas são codificadas no DNA, na forma de sequências de três letras – designadas codões -, que especificam um dos aminoácidos, ou, então, quando a receita deve terminar. A célula usa o RNA para fazer cópias dessas receitas de DNA quando necessário e envia-as para fábricas de produção de proteínas.

Várias equipas já ajustaram as fábricas de produção de proteínas nas células para ler o codão mais raramente usado de uma maneira diferente e inserir um aminoácido artificial. O problema é que qualquer receita de RNA que contenha esse codões é então lida de maneira diferente, afetando indiscriminadamente muitas proteínas diferentes.

A solução encontrada pela maioria dessas equipas é reescrever os genomas para libertar codões, o que é possível porque o código genético é redundante – há mais do que um codão para cada aminoácido. Esse método foi testado em bactérias, mas seria necessário fazer pelo menos quatro mil mudanças no genoma humano para libertar apenas um codão.

“Isso está para além do nosso alcance agora. Talvez em 10 anos”, afirmou Edward Lemke.

No estudo agora divulgado, a equipa projetou células humanas para produzir dois tipos de fábricas de proteínas em vez de uma. A artificial é feita de proteínas que se aglutinam como uma gota de óleo na água, separando-as fisicamente do resto da célula.

Apenas os RNA’s com uma sequência adicional especial podem entrar nessas fábricas de proteínas projetadas, de modo que essas células podem usar dois códigos genéticos diferentes ao mesmo tempo, sem acumular proteínas normais.

Por outras palavras, as células podem produzir proteínas com vários tipos diferentes de aminoácidos artificiais, sem necessidade de reescrever o genoma para libertar codões.

Esta descoberta está muito à frente do que as pessoas acreditavam que poderia ser feito”, indicou o investigador, confiante de que essas fábricas de proteínas podem ser adicionadas a plantas ou animais. A equipa planeia agora experimentar este método a partir da mosca da fruta Drosophila.

Edward Lemke acredita que uma abordagem similar poderia ser usada para adicionar todos os tipos de outras organelos – as partes com um trabalho especializado – às células. “Agora, temos a confiança de que poderemos criar organelos para outros tipos de funções”, garantiu. “O nosso objetivo final é o controle completo sobre a célula“.

TP, ZAP //

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Mateus 24
    36Entretanto, a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão exclusivamente o Pai. 37Como aconteceu nos dias de Noé, assim também se dará por ocasião da chegada do Filho do homem.

    o beast system dos nephilim está de volta…

    • Ovigia, essa diabolização do que é científico, também tem a ver com a ciência que assiste à criação da cura para as suas doenças do dia-a-dia?…

      • já existem exemplos dos problemas que ocorrem qd se junta ADN de duas espécies completamente diferentes.

        um dos que me vem logo à memória é o que a Monsanto fez com os seus transgénicos onde misturou fauna e flora e agora começaram a aparecer super pragas que nem sequer o tóxico glifosato lhes toca.

        mas se acha boa ideia, depois nao se queixe.

RESPONDER

"Ponte" biodegradável pode curar lesões nervosas do sistema nervoso periférico

Investigadores da Universidade de Pittsburgh descobriram recentemente uma "ponte" biodegradável que poderá ajudar no tratamento de lesões nos nervos e a recuperar cerca de 80% da função nervosa. As lesões superficiais que ocorrem no sistema nervoso …

Os polegares dos neandertais adaptaram-se a ferramentas com pega

Os polegares dos neandertais adaptaram-se para segurar melhor ferramentas com pega, da mesma forma como utilizamos atualmente um martelo, revela uma nova investigação da Universidade de Kent, no Reino Unido. A mesma investigação sugere ainda …

Sporting 2-1 Moreirense | JackPote rende pontos ao “leão”

O “Leão” soma e segue na liderança do campeonato, depois de vencer o Moreirense por 2-1, graças a um bis Pedro Gonçalves. Neste sábado, na recepção ao Moreirense, num embate relativo à oitava jornada, sofreu, mas conseguiu …

Raro crustáceo parasita descoberto na boca de um tubarão em exibição num museu

Uma equipa de cientistas descobriu uma espécie extremamente rara de Cymothoidae na boca de um espécime de tubarão capturado no Mar da China Oriental e agora em exibição num museu. Os Cymothoidae são uma família de isópodes …

Série da Netflix faz disparar venda de jogos de xadrez nos Estados Unidos

A série "The Queen’s Gambit", da plataforma de streaming Netflix, que retrata a ascensão de uma jovem jogadora de xadrez na década de 1950, fez disparar as vendas deste jogo de tabuleiro nos Estados Unidos. …

Novo comité central do PCP eleito com 98,5%

O novo comité central do PCP foi este domingo eleito no XXI congresso nacional dos comunistas, em Loures, com 98,5% dos votos. Dos 611 delegados, 602 votaram a favor, seis abstiveram-se e três votaram contra na …

Elefante salvo de um poço profundo na Índia. Resgate durou 14 horas

Uma equipa de 50 pessoas ajudou a salvar um elefante que tinha caído num poço profundo em Dharmapuri, no sul da Índia. Moradores locais atiraram folhas de bananeira para o animal comer antes de ser …

Santa Clara 0-1 Porto | Magia de Díaz resolve jogo pobre

Missão cumprida. O Porto viajou até aos Açores para defrontar o Santa Clara e leva na bagagem os três pontos. Mas não o conseguiu com brilhantismo, longe disso. A eficácia foi a palavra de ordem, num …

Raro pinguim totalmente branco encontrado nas Ilhas Galápagos

Um raro pinguim com o corpo totalmente "pintado" de branco foi encontrado no arquipélago das Galápagos, no Equador. Em comunicado, o Parque Nacional das Galápagos detalha que o raro espécime foi encontrado enquanto um guia fazia …

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. Há uma razão

A China tem 8 milhões de cegos, mas apenas 200 cães-guia. As cidades populosas, as vias não adaptadas, as poucas escolas de treino e a própria população são entraves à existência destes companheiros (e verdadeiros …