Agência americana desenvolve motor de busca para o lado negro da web

Uwe Kils / Wikimedia

Tal como num iceberg, a parte visível é uma pequena porção da Internet. A dark web, o "lado negro da web", é 400 a 550 vezes maior do que a web conhecida.

Tal como num iceberg, a parte visível é uma pequena porção da Internet. A dark web, o “lado negro da web”, é 400 a 550 vezes maior do que a web conhecida.

A DARPA, agência militar americana que esteve ligada ao desenvolvimento das infra-estruturas embrionárias da internet, está a desenvolver o Memex, um motor de busca diferente dos já conhecidos devido ao tipo de informações que permite encontrar: as pesquisas vão ser realizadas na dark web, a parte da internet que não está visível a todos, e onde grande parte dos negócios criminosos são realizados.

O Memex é um motor de busca que poderá ser comparado ao Google ou ao Bing, exceto na fonte das suas informações. O projeto está a ser desenvolvido pela DARPA, a agência de projetos de investigação avançada e defesa dos EUA, e pretende ser uma ferramenta para as forças de segurança na medida em que vai permitir a pesquisa de conteúdos naquele que é considerado o lado negro da internet, a dark web.

Já é habitual que a DARPA surpreenda pela inovação, uma vez que a primeira experiência mais a sério de algo semelhante àquilo a que hoje chamamos Internet, a ARPANET, surgiu  precisamente no seio desta agência.

A ARPANET foi desenvolvida na altura da Guerra Fria para responder às necessidades de comunicação do país, e a mesma linha orientadora tem sido mantida.

O Memex é a evolução natural deste tipo de preocupação com a melhoria do quadro nacional e internacional através do aproveitamento das novas tecnologias, e está a ser desenvolvido por 17 equipas, há já um ano, para explorar os conteúdos que são ignorados pelos motores de busca mais comerciais.

Esta semana, Chris White, responsável de programação da DARPA, esteve no programa 60 Minutes para falar sobre o assunto e desvendou também à revista Scientific American as ferramentas que este projeto inclui.

As potencialidades do Memex passam pela descoberta de padrões potencialmente perigosos através da análise de dados escondidos na internet e pela revelação daquilo que não pode ser visto, com explicou Dan Kaufman, diretor do departamento de informação e inovação da DARPA, no programa de televisão.

Na mesma entrevista, Chris White afirmou que “segundo algumas estimativas, o Google, Microsoft Bing e Yahoo apenas dão acesso a cerca de 5% dos conteúdos na Web”.

Isto acontece porque esses motores de busca, considerados mais comerciais, baseiam os seus resultados em rankings de popularidade, deixando de parte os dados que não preenchem esses requisitos como é o caso de dados desestruturados, conteúdos que não estejam conectados ou páginas temporárias. Sabe-se que esta dark web é muito maior do que o inicialmente pensado: 400 a 550 vezes maior do que a web “normal”.

Numa primeira fase, o Memex foi utilizado para detetar a circulação de organizações de tráfico humano mas, nos próximos testes, que deverão começar dentro de semanas, a DARPA deverá focar-se também em atividades de contraterrorismo, pessoas desaparecidas ou na resposta a desastres.

Este “Google em esteróides”, como foi apelidado por Cyrus Vance Jr, procurador de Manhattan, deverá respeitar a privacidade dos utilizadores tal como qualquer outro motor de busca, e conteúdos que estejam protegidos por palavras passe não podem ser acedidos.

B!T

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas estão a plantar mesas de xadrez de corais para restaurar recifes - e contam com a ajuda de garrafas de Coca-Cola

Nas últimas três décadas, os recifes de coral têm sofrido uma grande tensão e consequente destruição, devido ao impacto das alterações climáticas. Agora, os cientistas querem minimizar os danos e já encontraram uma solução. O objetivo …

Belenenses 0-4 Sporting | Melhor o resultado que a lesão

O Sporting, da I Liga, venceu hoje o Belenenses, do Campeonato de Portugal, por 4-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, garantindo o apuramento para a próxima fase da competição. No …

Sintrense 0-5 FC Porto | Dragões goleiam e seguem em frente na Taça

O FC Porto, da I Liga, venceu hoje o Sintrense, do Campeonato de Portugal, por 5-0, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal de futebol, e segue em frente na competição. A jogar em …

Nova tecnologia usa calor dos estacionamentos subterrâneos para aquecer apartamentos

A startup Enerdrape, que funciona dentro da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, desenvolveu uma tecnologia que aproveita o calor emanado pelo solo no aquecimento de apartamentos. Quase 60% do aquecimento utilizado nos edifícios residenciais …

Pela primeira vez, um drone transportou os pulmões de um dador em segurança. Voo demorou seis minutos

Pela primeira vez na história da medicina, um drone aéreo transportou os pulmões de um dador com rapidez e segurança entre dois hospitais. O voo, que durou apenas seis minutos, ocorreu no passado dia 25 de …

Grupo de hackers clonou a voz de empresário para roubar 35 milhões de dólares do banco

Um grupo de hackers clonou a voz do diretor de uma empresa, conseguindo assim roubar mais de 35 milhões de dólares de um banco nos Emirados Árabes Unidos. No início do ano passado, o gerente de …

Portugueses comem duas vezes mais do que o recomendando

Os portugueses consumiram, em média, duas vezes mais calorias do que o recomendando para um adulto entre 2016 e 2020, ano em que a pandemia provocou uma redução do consumo de alimentos diário, mas ainda …

Aos 95 anos, a rainha Isabel II terá de abdicar da sua bebida favorita

A monarca foi aconselhada pelos médicos a abdicar do seu habitual martini de fim de dia, em antecipação a uma fase de agenda especialmente preenchida. Com 95 anos, a rainha Isabel II tem tido uma semana …

Médicos vão avaliar estado mental do atacante da Noruega

A investigação ao ataque com arco e flecha que na quarta-feira fez cinco mortos na Noruega reforçou, até agora, a tese de um ato devido a doença, anunciou hoje a polícia norueguesa. “A hipótese que foi …

Há mais de 100 anos, o Hawai teve uma monarquia - mas a força da princesa Ka'iulani não chegou para a preservar

Antes de morrer, com apenas 23 anos, a princesa Victoria Ka'iulani foi a última herdeira da coroa havaiana. A jovem era uma das últimas esperanças em manter a monarquia viva, mas nem a sua determinação …