Afinal os Neandertais não expulsaram os humanos da Península Ibérica

Um estudo americano, publicado recentemente, sugere que os Neandertais terão ocupado a Península Ibérica cinco mil anos antes do que se pensava.

À medida que os primeiros humanos se espalharam pelo planeta, substituindo outros hominídeos pelo caminho, os Neandertais tentaram passar despercebidos num canto do oeste europeu – a Península Ibérica.

Pelo menos, era o que se pensava. Mas um estudo publicado em julho veio revelar que o domínio dos Neandertais na Península Ibérica terá começado muito antes.

Os humanos ocuparam o atual centro de Portugal cerca de cinco mil anos antes do que tinha sido estabelecido pelos investigadores. A nova linha cronológica é baseada na descoberta de ferramentas de pedra, usadas pelos homens modernos numa caverna perto do Oceano Atlântico.

A caverna, chamada Lapa do Picareiro, tinha ferramentas de pedra usadas para a caça e para a culinária, semelhantes a outras encontradas em diferentes locais da Eurásia. A descoberta muda o conhecimento que os investigadores tinham sobre a propagação dos humanos modernos.

Estimativas anteriores apontavam para a chegada dos humanos modernos ao norte da Península Ibérica, no mínimo há 40.500 anos e no máximo há 43.300 anos atrás. Além disso, os investigadores acreditavam que a ocupação do sul e do oeste da Península teria acontecido entre seis mil e 12 mil anos depois.

O novo estudo identificou artefactos humanos no centro de Portugal que datam de 41.100 a 38.100 anos atrás. Esta descoberta sugere que os humanos estiveram, provavelmente, presentes na região muito antes do que se pensava e que se espalharam rapidamente pelo sul da Europa, não existindo uma fronteira entre eles e os Neandertais.

O estudo desafia a velha crença de que os Neandertais impediram o caminho dos humanos para o oeste e mostra que os humanos modernos terão feito uma “dispersão sem impedimentos” pela Eurásia ocidental.

Além disso, estudos anteriores mostram que Neandertais e humanos se cruzaram, havendo provas de que todos os humanos vivos ainda têm um pouco de ADN de Neandertal. Ainda assim, os investigadores ainda não tinham encontrado evidências do contacto entre grupos de humanos e Neandertais, na Península Ibérica.

Brandon K. Zinsious et al

A dispersão dos humanos modernos através do oeste da Euroásia

As novas descobertas também “apoiam a ideia de que as mudanças climáticas e ambientais desempenharam um papel significativo” na migração humana, escreveram os autores do estudo num comunicado, citados pelo Inverse.

Períodos secos e frios podem ter levado à diminuição das populações de Neandertais, abrindo espaço para os humanos. Como resultado, os humanos modernos dispersaram-se num padrão de “mosaico” à medida que substituíam as populações de Neandertais, dizem os investigadores.

À medida que a compreensão da história da nossa própria espécie muda, a imagem de como a humanidade começou a existir torna-se mais clara. Mas o quadro está longe de estar concluído, disse Jonathan Haws, principal autor do estudo e professor da Universidade de Louisville.

“Já escavo o Picareiro há 25 anos e quando se começa a pensar que não tem mais segredos para revelar, uma nova surpresa é descoberta”, disse Haws. “De poucos em poucos anos, alguma coisa notável aparece e nós continuamos a escavar”, atirou.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Estudos recentes deram como comprovado que o último neandertal em Portugal morreu a 27 de julho de 1970 e ,em Espanha, a 20 de novembro de 1975.

RESPONDER

Anúncios de TV promovem mais os brindes do que o próprio fast food (e violam diretrizes do setor)

Para uma criança, a melhor parte de uma refeição de fast food não é a comida, mas o brinde que vem juntamente com a refeição. Os anúncios televisivos de fast food são regidos por diretrizes que …

“Se querem sucesso, têm de depender do sistema“. Empresário chinês é preso após disputa com o Estado

Sun Dawu, um dos empresários mais bem sucedidos da China, corre o risco de ser condenado a 25 anos de prisão, caso seja provado que cometeu os crimes dos quais está a ser acusado. O empresário …

Cientistas criam verniz para superfícies que mata bactérias em poucos minutos

Uma equipa multidisciplinar de cientistas desenvolveu um verniz para superfícies que mata bactérias, mesmo as mais resistentes, em apenas 15 minutos, anunciou a Universidade de Coimbra (UC). Trata-se de “uma solução segura e eficaz para prevenir …

Num país marcado pelo racismo, Jane Bolin fez história tornando-se a primeira juíza negra dos EUA

A 22 de julho de 1939, Jane Bolin fez história ao prestar juramento como juíza na cidade de Nova Iorque. A jovem ocupou o cargo durante 40 anos e só saiu de cena quando atingiu …

A petrolífera Exxon está a culpá-lo pelas alterações climáticas

Nos últimos anos, as empresas petrolíferas têm-se afastado do discurso de negação das alterações climáticas. Gigantes globais de energia como a Total, a Exxon, a Shell e a BP reconhecem abertamente que a mudança climática …

"Muita fraternidade”. Portugal enviou vacinas para Cabo Verde

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse esta segunda-feira que os indicadores da pandemia de covid-19 em Portugal permanecem "muito estáveis" e que a última grande abertura no plano de desconfinamento não teve …

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre bullying na escola, diz relatório

Mais de metade dos alunos LGBTQI sofre 'bullying' na escola, alertou esta segunda-feira a UNESCO, por ocasião do Dia Internacional Contra a Homofobia, Bifobia e Transfobia. A Organização Internacional de Jovens e Estudantes LGBTQI (IGLYO) e …

Telescópio vai "caçar" a luz de 30 milhões de galáxias para mapear Universo e "revelar" energia escura

Um instrumento de um telescópio nos Estados Unidos vai capturar nos próximos cinco anos a luz de quase 30 milhões de galáxias e outros objetos cósmicos, permitindo aos cientistas mapearem o Universo e desvendarem os …

Portugal ficou acima da média europeia quanto ao teletrabalho

Dados do Eurostat sobre o teletrabalho durante a pandemia revelaram que Portugal registou uma média ligeiramente superior (13,9%) à da União Europeia (12,3%) entre as pessoas com idade dos 15 e os 64 anos. Em anos …

"Idiotas". Bolsonaro critica pessoas que mantêm isolamento social na pandemia

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, criticou os brasileiros que seguem as recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e mantêm isolamento social na pandemia, a quem chamou de 'idiotas', em conversa com os seus …