Afinal o bom colesterol pode aumentar o risco de ataque cardíaco

Um novo estudo da Universidade de Cambridge mostrou que algumas pessoas com níveis naturalmente altos de HDL, o chamado “bom colesterol”, estão em maior risco de ataque cardíaco.

Os médicos agora estão a questionar-se acerca dos efeitos do uso de medicamentos para aumentar os níveis de HDL em terapias destinadas a reduzir o risco de doenças cardíacas.

Durante décadas, foi transmitida a ideia de que, a bem da nossa saúde, devíamos evitar alimentos ricos em colesterol LDL – por exemplo, manteiga, bacon, banha de porco, óleo de palma – e comer alimentos que aumentam o “bom” colesterol HDL – por exemplo, nozes, peixe, azeite, abacate.

A verdade, no entanto, pode ser muito mais complicada do que isso.

Para uma parte da população, o “bom” colesterol pode na realidade aumentar o risco de doenças cardíacas.

O novo estudo, publicado a semana passada na revista Science, é mais uma prova de que a ligação de causalidade entre a doença cardíaca e colesterol é fraca, e que há outras questões importantes a considerar.

A investigação representa mais um argumento para reflectir sobre o uso de medicamentos que aumentam o HDL, como o torcetrapib, para tratar doenças cardíacas.

Ao longo dos últimos anos, inúmeros ensaios clínicos têm mostrado, repetidamente, que estas drogas simplesmente não funcionam como prescrito.

Simplesmente, não há “bom” colesterol

Os investigadores estudaram quase mil indivíduos com uma mutação num gene chamado SCARB1. Esta falha genética afecta cerca de 1 em cada 1.700 pessoas, e aumenta os níveis de colesterol bom.

Portanto, em teoria, essas pessoas deveriam estar naturalmente bem equipadas para evitar doenças cardíacas.

No entanto, de acordo com a análise, na verdade têm um risco aumentado (em 80%!) de doenças cardíacas.

Este é o mesmo nível de risco cardíaco associado com o tabagismo.

“Descobrimos que as pessoas que transportam uma mutação genética rara que causa níveis mais elevados de ‘bom’ colesterol estão, de forma inesperada, em maior risco de doença cardíaca”, observou o autor principal do estudo, Adam Butterworth, em comunicado.

As descobertas sugerem que a forma como o HDL é tratado no corpo é mais importante do que simplesmente os níveis da substância no sangue.

Para alguns médicos, como o cardiologista Tim Chico, da Universidade de Sheffield, que não esteve envolvido no estudo, a nova pesquisa não é uma surpresa.

“Apesar de haver drogas que podem aumentar os níveis de HDL, elas não reduzem o risco de doença cardíaca”, explica TIm Chico ao Gizmodo.

Já as estatinas, que reduzem o colesterol ‘mau’, são claramente benéficas em pessoas com risco alto de doença cardíaca”, acrescenta.

E a razão é simples: o mau colesterol continua a ser mau.

ZAP / HypeScience

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. mais uma notícia sensacionalista e enganadora
    só aumenta o risco nessas pessoas raras com essa deficiência genética!

RESPONDER

Pela primeira vez, uma astronauta corrige página da Wikipédia a partir do Espaço

Pela primeira vez na história da Humanidade, a astronauta norte-americana Christina H. Koch fez a edição de uma página da Wikipedia na Internet a partir da Estação Espacial Internacional (EEI), enquanto orbitava o planeta Terra. A …

Rover Mars 2020 vai procurar fósseis microscópicos

Cientistas do rover Mars 2020 da NASA descobriram o que poderá ser um dos melhores locais para procurar sinais de vida antiga na Cratera Jezero, onde o veículo vai pousar no dia 18 de fevereiro …

MP quer passar a ouvir todas as crianças expostas a violência doméstica

A procuradora-geral da República quer que os magistrados do Ministério Público peçam sempre ao juiz de instrução criminal que as crianças expostas a violência doméstica sejam ouvidas em tribunal para memória futura. A procuradora-geral da República, …

Greta Thunberg no Parlamento entre final do mês e início de dezembro

A ativista sueca aceitou participar numa sessão na Assembleia da República, em Lisboa, promovida pela comissão parlamentar de Ambiente, Energia e Ordenamento do Território, que se realizará entre o final deste mês e início de …

Phineas Fisher. O "hacker fantoche" que está a pagar para piratearem bancos e petrolíferas

Phineas Fisher é um hackers mais infames do mundo e procura agora renovar esse estatuto ao oferecer 100 mil dólares a quem piratear instituições capitalistas, como bancos e empresas petrolíferas. O hacker ficou conhecido após ter …

Conselho Superior da Magistratura arquiva processo disciplinar a Carlos Alexandre

O Conselho Superior da Magistratura decidiu arquivar o processo disciplinar relativo ao juiz do Tribunal de Instrução Criminal por declarações sobre o sorteio da fase de instrução do processo Operação Marquês. "O plenário de hoje do …

Jardins e complexo de estufas descobertos num dos bunker de Hitler

Um grupo de especialistas descobriu jardins e um complexo de estufas, que serviu para cultivar legumes e frutas, num dos maiores quartéis generais de Adolf Hitler durante a II Guerra Mundial, o bunker conhecido como …

Ataque a Alcochete. Advogados pedem impugnação do auto de notícia da GNR

Uma discrepância nas datas de elaboração e de assinatura do auto de notícia que relata a invasão à academia do Sporting motivou, esta terça-feira, a apresentação de um requerimento de impugnação subscrito por vários advogados. No …

Japão diz que é seguro libertar água radioativa de Fukushima no Pacífico

O Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão afirmou esta segunda-feira que é seguro libertar água contaminada de Fukushima no Oceano Pacífico, de acordo com o jornal local Japan Today. A central nuclear, recorde-se, sofreu …

Dez autarcas e quatro clubes entre os 68 acusados na operação Ajuste Secreto

O Ministério Público da Feira deduziu acusação contra 68 arguidos, incluindo dez autarcas e ex-autarcas, quatro clubes desportivos e os seus respetivos presidentes, no âmbito da operação "Ajuste Secreto". Numa nota publicada no seu site oficial, …