Afinal, comer doces pode ajudar a manter a forma

O consumo de doces pode, afinal, acarretar benefícios para a dieta, desde que em quantidade moderada. É o que conclui um novo estudo que indica que os doces ajudam a controlar os hábitos alimentares.

Esta pesquisa levada a cabo na Universidade do Estado da Geórgia, nos EUA, apurou que consumir alimentos doces ajuda o cérebro a formar uma memória de uma refeição, o que vai ajudar a controlar aquilo que se come.

Isto porque os neurónios do hipocampo dorsal, a parte do cérebro que é crítica para a formação da memória episódica (a memória dos eventos experimentados individualmente num dado momento ou lugar), são activados pelo consumo de doces.

“Pensamos que a memória episódica pode ser usada para controlar o comportamento alimentar”, constata uma das investigadoras envolvidas no estudo, Marise Parent, professora na Universidade da Geórgia, citada pelo site Science Daily.

“Nós tomamos decisões como ‘Provavelmente não vou comer agora. Comi um grande pequeno-almoço.’ Decidimos com base nas nossas memórias de quando e do que comemos”, explica ainda a investigadora.

No estudo publicado no jornal Hippocampus constatou-se que uma refeição consistindo num líquido adoçado, seja por sacarose (o vulgar açúcar de mesa) ou sacarina (um adoçante), aumentou de forma significativa a expressão da plasticidade sináptica nos neurónios do hipocampo dorsal de ratos – a plasticidade sináptica é um processo cerebral fundamental para a formação da memória.

Estes resultados vêm ao encontro de um estudo anterior dos mesmos investigadores que comprovou que desactivando temporariamente os neurónios do hipocampo dorsal, depois de uma refeição incluindo sacarose, se acelera o início da próxima refeição e se motiva que os ratos comam mais.

Isto é o mesmo que dizer que quando se anula o período durante o qual se processa a memória da refeição, se consome maior quantidade de comida.

Há outros estudos que comprovam que comer em frente à televisão, um processo que interfere na formação da memória da refeição, aumenta a quantidade de comida que se consome.

E há também investigações que constataram que pessoas com amnésia comem de novo, mesmo que tenham acabado de comer, por causa da falta de memória da refeição anterior.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Depois de ler estas noticias e pseudo estudos e depois de ter perdido 40kgs nos últimos 18 meses, depois de ter deixado de comer todas estas cenas, afinal não eram elas que me engordavam… devia ser a água e o ar e o alinhamento astral… só pode.

RESPONDER

Rainha Isabel II está a procura de um gestor de redes sociais

A família real britânica está à procura de um gestor de redes sociais. O salário vai oscilar entre os 53 e 59 mil euros anuais por 37 horas semanais, de segunda a sexta-feira. A rainha Isabel II …

Cinco antepassados de crocodilos viveram há 150 milhões de anos na Lourinhã

Pelo menos cinco crocodilomorfos, antepassados dos crocodilos, viveram na região da Lourinhã há 150 milhões de anos, durante o período do Jurássico. Num artigo publicado na Zoological Journal of the Linnean Society, os paleontólogos Alexandre Guillaume, …

A radiação de Chernobyl está a deixar as vespas esfomeadas (e isso é má notícia)

A Zona de Exclusão de Chernobyl é a área em torno da cidade ucraniana de Pripyat, onde a Central Nuclear de Chernobyl entrou em colapso em 1986. Apesar de não haver humanos na região, e …

Beethoven deixou a 10.ª sinfonia inacabada (e a IA vai completá-la)

Um dos maiores dilemas da história da música é a obra inacabada de Ludwig van Beethoven (1770-1827), a "10ª sinfonia", com muitos músicos a esforçar-se para finalizá-la, utilizando alguns dos fragmentos disponíveis, mas sem sucesso. Desta …

Orcas bebé têm maior probabilidade de sobreviver se viverem com a avó

Crias de orca que vivam com a avó têm uma maior probabilidade de sobreviver quando comparadas às outras orcas. A experiência destas espécimes mais velhas é essencial para o grupo. Tal como nos humanos, as avós …

A "capital mundial das pessoas feias" mora na Itália

Piobbico, na Itália, é uma cidade medieval repleta de grandes edifícios de pedra cercados por florestas exuberantes. No entanto, a cidade é conhecida pela feiura dos seus habitantes. Esta cidade, com cerca de 2.000 habitantes, alberga …

Jovem norte-americano despistou-se e caiu ao rio. Siri chamou os bombeiros

Um jovem norte-americano estava a caminho da universidade quando perdeu o controlo do carro, que derrapou sobre gelo, e foi parar ao rio Winnebago. Como não conseguiu encontrar o seu telemóvel, recorreu à Siri para …

Basta uma máscara impressa para enganar os sistemas de reconhecimento facial

Especialistas da empresa de inteligência artificial Kneron testaram sistemas em três continentes e vários falharam. O reconhecimento facial é, cada vez mais, um método de controlo e de segurança encarado como credível e, inclusivamente, usado …

Pandit olha para as vacas como família e quer produzir "leite ético" para vegans

Um agricultor nos Estados Unidos quer produzir "leite ético" para vegans, mantendo como prioridade o bem-estar e a saúde das vacas. Ultimamente, o consumo de leite tem sido posto cada vez mais em causa. Não só …

Jogadores do Arsenal doam um dia de salário para ações solidárias

Os futebolistas e a equipa técnica do Arsenal vão doar um dia de salário para ações solidárias de Natal. Os elementos técnicos também entraram na iniciativa, que prevê, ainda, a doação da receita do próximo …