Adeptos holandeses voltam aos estádios em setembro (mas sem cânticos)

Minister-president / Flickr

O primeiro ministro da Holanda, Mark Rutte

Nos Países Baixos, os adeptos vão poder voltar aos estádios a partir de setembro, mas estarão proibidos de entoar cânticos de apoio às equipas.

Os adeptos vão poder voltar aos estádios nos Países Baixos a partir de setembro para assistir aos encontros dos campeonatos de futebol. No entanto, não haverá cânticos de apoio às equipas, anunciou o primeiro-ministro holandês, Mark Rutte.

Rutte vincou que a presença de fãs nos estádios só pode acontecer caso seja respeitada uma distância de segurança de 1,5 metros entre as pessoas, deixando claro que, se as regras não forem cumpridas, “os estádios serão fechados novamente”.

De acordo com os cálculos feitos por alguns clubes, a aplicação da prática desta medida significa uma taxa de ocupação entre 20% e um terço da capacidade dos recintos desportivos.

O primeiro encontro em solo holandês com a adoção das novas medidas vai colocar frente a frente a seleção dos Países Baixos e a Polónia, a 4 de setembro, na Arena Johan Cruyff, em Amesterdão, um jogo referente a Liga das Nações, enquanto o campeonato nacional deverá iniciar-se em 11 de setembro.

No final de abril, a Real Federação Holandesa de Futebol (KNVB) anunciou que a edição 2019/20 do campeonato holandês foi oficialmente encerrada, devido à pandemia de covid-19, não tendo sido atribuído o título de campeão, subidas e descidas.

Após a declaração de pandemia, a 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, suspensas, adiadas – Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América – ou mesmo canceladas.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 477 mil mortos e infetou mais de 9,2 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

PPP hospitalares geraram poupanças para o Estado

O Tribunal de Contas publicou um relatório em que sustenta não ter dúvidas sobre as vantagens que as parcerias público-privadas (PPP) na saúde trouxeram ao Estado, ao longo da última década. Os hospitais em parceria público-privada …

Banco de Fomento está a integrar trabalhadores do antigo BPN

O Banco Português de Fomento está a recrutar colaboradores do antigo BPN para desempenhar funções técnicas, numa altura em que a Parvalorem, onde estão integrados, solicitou ao Executivo o estatuto de empresa em reestruturação. Segundo apurou …

PAN começa a ser julgado por falsos recibos verdes

O PAN vai começar a ser julgado este mês devido ao caso dos falsos recibos verdes. O partido enfrenta três processos judiciais, sendo que o arranque do julgamento do primeiro está marcado para 17 de …

Radovan Karadzic vai ser transferido para o Reino Unido

Radovan Karadzic, antigo líder dos sérvios da Bósnia condenado por genocídio no massacre de mais oito mil muçulmanos bósnios em Srebrenica, em 1995, vai ser transferido para o Reino Unido, onde vai continuar a cumprir …

Adjunta de Matos Fernandes era sócia de empresa que fez negócios com o ministério

Entre 2016 e 2019, a secretária de Estado do Ambiente, Inês Santos Costa, acumulou funções quando integrou o gabinete de João Pedro Matos Fernandes, na qualidade de adjunta, sendo, na altura, sócia de uma empresa, …

Cavaco acusa Governo de Costa de continuar a alimentar "monstro" da despesa pública

Cavaco Silva volta a criticar o Governo de Costa, desta vez por criar “impostos adicionais” sobre “tudo o que mexe” para alimentar “o monstro” da despesa pública. O ex-primeiro-ministro e antigo Presidente da República Aníbal Cavaco …

Dívidas de Vieira investigadas. Com falência à vista, grupo do líder do Benfica pagou viagens de luxo

Afinal, o Fundo de Resolução nunca aceitou a reestruturação das dívidas do grupo empresarial de Luís Filipe Vieira, ao contrário do que foi dito aos deputados na Comissão Parlamentar de Inquérito aos grandes devedores do …

João Rendeiro condenado a 10 anos de prisão

João Rendeiro, antigo presidente do Banco Privado Português (BPP), foi condenado a 10 anos de prisão efetiva esta sexta-feira. O tribunal condenou o ex-presidente do Banco Privado Português (BPP), João Rendeiro, a 10 anos de prisão …

Bloqueio de migrantes. Salvini não vai a julgamento

Matteo Salvini, líder do Liga, não vai a julgamento na sequência do bloqueio do desembarque de migrantes a bordo do navio da Guarda Costeira italiana "Gregoretti", em julho de 2019. Esta sexta-feira, um tribunal italiano decidiu …

Promulgado diploma sobre acesso às praias (com alerta para novo regime de multas)

O "regime contraordenacional, que está previsto para o não cumprimento de um conjunto de regras que temos na área covid, também é aplicado" às regras relativas às praias. O Presidente da República promulgou, esta sexta-feira, o …