Acusado de matar primo à sacholada diz não se lembrar das agressões

eltpics / Flickr

-

O homem acusado de matar um primo à sacholada, em julho de 2013, em Adaúfe, Braga, admitiu hoje que pode ter cometido o crime, mas garantiu não se lembrar de ter agredido a vítima.

Num depoimento marcado pela incoerência, o arguido, de 44 anos, disse que, no dia dos factos, foi ele o primeiro a ser agredido na testa com uma enxada, precisamente pelo primo que viria a morrer.

“A partir daí, não me lembro de mais nada, fiquei em estado de choque“, referiu.

Depois, trabalhou a tese de legítima defesa.

“Se não fosse ele [a morrer], era eu”, disse ainda.

O arguido estava acompanhado do filho, de 14 anos, que também terá dado umas sacholadas na vítima.

“Se o meu filho não dá, tinha morrido eu”, afirmou o arguido.

Mais à frente, o arguido disse que pensou logo que ia morrer e que teve medo que acontecesse alguma coisa ao filho.

Admitiu que antes do crime tinha bebido “duas tigelinhas” de vinho e que na altura dos factos se encontrava “muito exaltado”.

Sublinhando que não teve intenção de matar, disse sentir-se “culpado”, confessou-se “arrependido” e pediu “perdão” à família da vítima.

Segundo a acusação, deduzida pelo Ministério Público, o agressor, de 44 anos, e a vítima, 13 anos mais velha, já andavam desavindos por causa de partilhas.

No dia dos factos, 8 de julho, encontraram-se para limpar um rego de água, em Adaúfe, Braga, que serve várias leiras, tendo havido mais uma discussão, dessa vez por causa de uma mangueira e de um motor de rega.

O arguido terá começado a insultar e ameaçar o primo, após o que os dois se “pegaram”.

Ainda segundo a acusação, a vítima começou por agredir o arguido na cabeça, com uma enxada.

O arguido respondeu da mesma forma, tendo a vítima caído no chão, inanimada, mas mesmo assim o arguido e um seu filho, de 14 anos, continuaram a agredi-la com utensílios agrícolas.

Um inspetor da Polícia Judiciária, hoje ouvida em julgamento, disse que as agressões foram perpetradas “com extrema violência“, tendo a vítima sido atingida com “pelo menos” seis sacholadas, sobretudo na cabeça.

O agressor está acusado de homicídio qualificado, um crime punível com pena de prisão entre 12 e 25 anos.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

IKEA aumenta salário de entrada dos trabalhadores para 700 euros

A IKEA aumentou o salário de entrada para trabalhadores a tempo inteiro de 650 euros para 700 euros brutos mensais, acima do salário mínimo nacional (635 euros), anunciou hoje a cadeia de venda de mobiliário. Em …

Mortes nos Comandos. Recruta diz que colocaram um cateter em Hugo Abreu já depois de estar morto

Rodrigo Silvano, o último recruta no curso 127 de Comandos a sair da tenda de enfermaria onde morreu Hugo Abreu no primeiro dia da Prova Zero, relatou ao tribunal que viu o enfermeiro do INEM …

Rafa inegociável. Benfica só vende por 80 milhões de euros

Rafa é inegociável. O Benfica só deixar sair o extremo de 26 anos pelo valor da sua cláusula de rescisão, que está fixada nos 80 milhões de euros. A notícia é avançada esta sexta-feira pelo Correio …

França é esta sexta-feira novamente palco de greve geral contra reforma das pensões

Os sindicatos franceses voltam à rua no 51.º dia de greve contra a reforma das pensões que é apresentada esta sexta-feira no Conselho de Ministros. Durante esta sexta-feira, não se espera o nível de paralisação …

Marcelo nada diz sobre eventual candidatura de Ana Gomes à Presidência da República

O Presidente da República recusou esta quinta-feira comentar, em Israel, uma possível candidatura presidencial da ex-eurodeputada do PS Ana Gomes. "Eu não faço comentários sobre a vida política portuguesa", justificou Marcelo Rebelo de Sousa, quando questionado …

Defeito nos travões força Metro do Porto a andar devagar. Falha foi detetada há um ano

O descarrilamento de um metro na estação de Campanhã foi provocado por um defeito nos patins eletromagnéticos. A avaria afeta vários veículos da frota do Metro do Porto. No passado dia 2 de janeiro, uma falha …

Soares da Costa acusada de ajudar hotel-fantasma a "sacar" 1,2 milhões de euros ao Estado

A Soares da Costa e dois ex-responsáveis de um dos maiores grupos de construção civil portugueses estão acusados de fraude e de branqueamento de capitais num processo judicial que envolve um hotel-fantasma, que nunca foi …

Chega vai organizar angariação de fundos para a pediatria do S. João (mas hospital não sabe de nada)

O partido Chega, liderado por André Ventura, vai realizar um jantar no Mercado Ferreira Borges, no Porto, esta sexta-feira, e anunciou que parte da receita reverte para o serviço de Oncologia Pediátrica do S. João. …

Isabel dos Santos também sai da Efacec. Era "o negócio mais vulnerável" da empresária em Portugal

A Efacec anunciou, nesta sexta-feira, que Isabel dos Santos decidiu "sair da estrutura accionista" da empresa, "com efeitos definitivos". Uma decisão que surge no âmbito do "Luanda Leaks" que implica a empresária no desvio de …

Há pessoas a fingir serem funcionários da Segurança Social

A Segurança Social está a alertar para situações de fraude e roubo por pessoas que se fazem passar por funcionários que prometem prémios. Esta sexta-feira, o Instituto da Segurança Social alertou para situações de fraude e …