As abelhas convenceram-nos de que sabiam matemática. Mas mentiram-nos

O novo estudo não significa necessariamente que as abelhas não entendam números, mas sugere que os animais usam propriedades não numéricas para resolver problemas matemáticos.

Vários estudos convenceram-nos de que as abelhas são pequenos génios matemáticos: há artigos que sustentam que estes insetos compreendem o conceito de zero e que conseguem fazer adições e subtrações complexas. Acontece que, segundo um novo estudo publicado na Proceedings of the Royal Society B, não é bem assim.

Na verdade, as abelhas são capazes de resolver uma equação matemática sem usar números. Em vez de um processamento cognitivo complexo de números, os animais usam pistas visuais, segundo o IFL Science.

Uma equipa internacional de cientistas encarregou um conjunto de abelhas de resolver um problema matemático. Em vez de números, os animais estimaram quantidades usando pistas visuais mais simples, uma prova de que estes insetos são bons a encontrar a solução mais eficaz para resolver problemas.

As abelhas foram, então, treinadas para identificar cartazes com diferentes números de formas. Para algumas das abelhas, a recompensa era colocada no cartaz com mais formas, enquanto para outras era colocada no cartaz com menos formas. Depois de aprenderem esse detalhe, as abelhas foram capazes de encontrar rapidamente os cartazes com o maior ou menor número de formas para encontrar a sua recompensa.

Para determinar se as abelhas usavam pistas não numéricas, a equipa repetiu a experiência. Porém, desta vez, em vez de um número maior de formas, os cientistas usaram o mesmo número de formas, mas em dois conjuntos: a única diferença eram os aspetos visuais, como comprimento da borda e a frequência espacial.

Nenhum dos cartazes continha uma recompensa açucarada, apenas água.

Se as abelhas estivessem a usar números, deveriam ter voado igualmente para cada placa em busca da sua recompensa. Em vez disso, os insetos treinados para encontrar açúcar nas placas com o maior número de formas voaram para as placas com o maior número de variáveis – ou seja, as formas com as bordas mais interessantes e complexas.

O resultado sugere que os insetos usaram pistas visuais das formas e não o número das mesmas na primeira experiência. As abelhas “são incrivelmente inteligentes e podem resolver tarefas de maneiras eficazes e inesperadas”, comentou o autor principal do estudo, HaDi MaBouDi, da Universidade de Sheffield, no Reino Unido.

A equipa defende que a investigação mostra que o cérebro das abelhas evoluiu para ser capaz de distinguir valores numéricos através de pistas visuais, em vez do processamento cognitivo complexo de números.

Esta forma mais simples de resolução de problemas poderia ser usada para desenvolver Inteligência Artificial (IA) mais inteligente, capaz de realizar tarefas com muito mais eficiência do que os seres humanos.

  Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Tentar arranjar argumentos contra e a favor se as abelhas percebem de matemática, quando a matemática é uma ferramenta meramente humana ?!
    A inteligência dos outros animais parece ser inerente/intuitiva. E que tal tentar perceber como pode a natureza ser tão sábia?
    Estudos de encher chouriços…

RESPONDER

Vulcão Cumbre Vieja lança lava, cinzas e fumo em La Palma

La Palma regista maior sismo até agora: magnitude 4,5 na Escala de Richter

Três dos 60 sismos registados foram sentidos pela população, tendo o de maior magnitude ocorrido às 02h27, em Mazo, com uma magnitude de 4,5 na Escala de Richter. Um total de 60 sismos foram registados na …

Rui Pinto denuncia ligações entre Vieira e sociedade de César Boaventura

Numa série de tweets, Rui Pinto denunciou ligações entre Luís Filipe Vieira, ex-presidente do SL Benfica, e a GIC Corporation SA, sociedade do empresário César Boaventura. De acordo com o hacker, a sociedade em causa "foi …

Pandora Papers. Presidente do Chile enfrenta processo de destituição por suspeitas de corrupção

As revelações dos Pandora Papers envolvem o presidente chileno, Sebastian Piñera, na venda de uma empresa de minério nas Ilhas Virgens Britânicas através de uma companhia detida pelos seus filhos. Depois de ver o seu …

Orçamento tem almofada de 243 milhões para novos funcionários públicos

O Ministério das Finanças vai ter, no próximo ano, uma almofada financeira de cerca de 243,2 milhões de euros para ser usada na contratação de funcionários públicos em qualquer área governativa. De acordo com o Jornal …

Controvérsia no Dragão: FC Porto fala em prémio de 15 milhões, agente de Otávio diz que "nem um euro"

No Relatório e Contas da SAD portista, o clube diz que o prémio de assinatura da renovação de Otávio foi de quase 15 milhões de euros. O agente do jogador diz que o luso-brasileiro não …

Ameaças, "bluffs" negociais, recados e um aviso sério de Marcelo. As contas do OE2022 nos bastidores

PCP e Bloco de Esquerda ameaçam chumbar a proposta do Governo do Orçamento de Estado para 2022 (OE2022), mas pode ser só um "bluff" negocial. Enquanto isso, vários ministros pressionam os aliados da esquerda, com …

Humanos usaram tabaco nove mil anos antes do que se pensava

Novas evidências arqueológicas sugerem que as pessoas do continente americano usam tabaco há pelo menos 12.300 anos, descoberta que atrasa a adoção cultural desta planta em cerca de nove mil anos. De acordo com o site …

O secretário-geral do Partido Socialista (PS), António Costa

"Espírito anti-Costa" no Porto. Feridas das autárquicas não saram, mas Barbosa Ribeiro sai revitalizado

O processo autárquico no Porto foi atribulado, mas o pós-eleições não tem sido mais sereno. António Costa e Manuel Pizarro foram duramente criticados, enquanto Tiago Barbosa Ribeiro recebeu vários elogios. Na primeira reunião da concelhia do …

"É inconstitucional". Englobamento fiscal obrigatório encolhe alguns rendimentos líquidos

O englobamento fiscal obrigatório para contribuintes no último escalão do IRS leva a que tenham um rendimento líquido menor do que outros contribuintes com um rendimento bruto mais baixo. O Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) …

Os ataques de asma costumam ser mais fortes à noite. Agora, já sabemos porquê

Um novo estudo veio confirmar finalmente aquilo que já há muito se sabia e a resposta está no relógio interno do nosso corpo. Num ataque de asma, as vias respiratórias nos pulmões começam a fechar, o …