Há 29 planetas de onde os extraterrestres poderão observar a Terra

Astrónomos estimam que existem 29 planetas habitáveis posicionados no sítio certo para ver a trajetória da Terra e intercetar as emissões humanas.

Tal como os terráqueos olham para o céu e se perguntam-se sobre a vida entre as estrelas, procurando pequenas criaturas verdes, também os extraterrestres podem estar a observar-nos, escreve o jornal britânico The Guardian.

Num novo estudo, os astrónomos elaboraram uma lista restrita de sistemas estelares próximos, onde quaisquer habitantes inquisitivos em planetas em órbita estariam bem colocados para avistar a vida na Terra.

Os cientistas identificaram então 1.715 sistemas estelares na nossa vizinhança cósmica onde, ao longo dos últimos cinco mil anos, observadores alienígenas poderiam ter descoberto a Terra, observando-a “transitar” à volta do Sol.



Entre aqueles que estão na posição certa para observar a Terra a transitar, 46 sistemas estelares estão suficientemente próximos para que os seus planetas intercetem um sinal claro da existência humana – tais como as emissões de rádio e televisão, que começaram há cerca de cem anos.

Assim, os investigadores estimam que 29 planetas potencialmente habitáveis estão bem posicionados para testemunhar a Terra a transitar e escutar as transmissões de rádio e televisão humanas, permitindo a qualquer observador inferir talvez um mínimo de inteligência.

“Uma forma de encontrarmos planetas é se estes bloquearem parte da luz da sua estrela anfitriã”, disse Lisa Kaltenegger, professora de astronomia e diretora do Instituto Carl Sagan na Universidade de Cornell, em Nova Iorque.

“Perguntámos: ‘Para quem seríamos considerados alienígenas, se alguém estivesse à procura?’ Há uma pequena faixa no céu onde outros sistemas estelares têm um assento cósmico frontal para encontrar a Terra como um planeta em trânsito”, explicou.

Dos milhares de planetas para além do sistema solar já detetados, cerca de 70% são avistados quando passam em frente às suas estrelas hospedeiras e bloqueiam alguma da luz que chega aos telescópios dos cientistas. Observatórios futuros, como o Telescópio Espacial James Webb da Nasa, que deverá ser lançado este ano, procurarão sinais de vida em “exoplanetas”, analisando a composição das suas atmosferas.

Para determinar quais os sistemas estelares próximos que estão bem posicionados para observar o nosso planeta a transitar, Kaltenegger e Jackie Faherty, astrofísico do Museu Americano de História Natural, recorreram ao catálogo de posições e movimentos estelares da Agência Espacial Europeia.

Com base nessa informação, identificaram 2.034 sistemas estelares dentro de 100 parsecs (326 anos-luz) que poderiam detetar um trânsito terrestre a qualquer momento desde há cinco mil anos e até cinco mil anos no futuro.

Uma estrela conhecida como Ross 128, uma anã vermelha na constelação Virgo, está a cerca de 11 anos-luz de distância — suficientemente perto para receber emissões terrestres — e tem um planeta com quase o dobro do tamanho da Terra. Qualquer existência de vida devidamente equipada nesse planeta poderia ter observado um trânsito terrestre durante mais de dois mil anos, mas terá perdido a visibilidade há 900 anos.

Por outro lado, se houver vida inteligente em qualquer dos dois planetas conhecidos que orbitam a estrela de Teegarden, a 12,5 anos-luz de distância, estará numa posição privilegiada para observar a Terra transitar dentro de 29 anos.

A 45 anos-luz de distância, outra estrela chamada Trappist-1 está também suficientemente perto para escutar as transmissões humanas. A estrela acolhe pelo menos sete planetas, quatro dos quais na zona temperada e habitável, mas que não estarão em posição de testemunhar um trânsito terrestre nos próximos 1.642 anos, escrevem os cientistas na revista Nature.

Este estudo foi publicado quarta-feira, numa altura em que o governo dos Estados Unidos se prepara para publicar um relatório sobre objetos voadores não identificados (OVNIs).

Beth Biller, do Instituto de Astronomia da Universidade de Edimburgo, disse que o novo estudo poderá mudar a forma como os cientistas abordam a busca por vida extraterrestre.

“O método de trânsito requer um alinhamento muito preciso entre o planeta em trânsito, a sua estrela, e o Sol para que um determinado planeta seja detetável, pelo que este resultado não é surpreendente”, concluiu, referindo-se ao número reduzido de planetas dentro dos 100 parsec que conseguirão detetar a Terra.

  Sofia Teixeira Santos, ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A descoberta do espaço é algo que nunca tem fim, e eu respeito muito esse trabalho, mas no que diz respeito aos objetos voadores não identificados, a minha opinião é que a Nasa sabe bem o que são. Já agora não encontram por lá um planeta que queira receber esta gente que queima a bandeira porque perdem um jogo de futebol, e que não cumprem as ordens das autoridades, e também as autoridades que praticam abuso do poder.

RESPONDER

Pessoas a explorar o mapa 3D mais detalhado do Universo com realidade virtual

Google Earth do Espaço. Já é possível navegar pelo mapa mais detalhado do Universo

Investigadores da Escola Politécnica de Lausanne (EPFL), na Suíça, lançaram este mês um software de código aberto que permite visitas virtuais ao Espaço. O Virtual Reality Universe Project (VIRUP) utiliza o maior conjunto de dados do …

Otamendi e Vertonghen disputam a bola com Lewandowski

Benfica 0-4 Bayern | Primeiro a ilusão, depois o rolo bávaro

A ilusão durou 70 minutos. Ao longo de toda a partida, o Bayern foi melhor, criou inúmeros lances de golo, viu dois anulados, acertou no ferro, Vlachodimos fez defesas importantes, mas o Benfica deu luta, …

China quer punir pais de crianças mal-educadas

O regime chinês está a analisar um projeto de lei que prevê que os pais possam ser punidos se os seus filhos exibirem um mau comportamento ou cometerem crimes. De acordo com a agência Reuters, o …

Rui Moreira com Francisco Rodrigues dos Santos e Carlos Moedas

Rui Moreira promete manter a "identidade do Porto" e concluir os projetos que a pandemia atrasou

O presidente da Câmara Municipal do Porto tomou posse, esta quarta-feira, e comprometeu-se a "tudo fazer" para manter a identidade do Porto e a concluir os projetos que a pandemia atrasou. "Quero concluir os projetos que …

Já há um medicamento para tratar a covid-19 em casa (e vários países assinaram acordos de compra)

Países asiáticos já estão na luta pelo novo comprimido antiviral, cujo uso ainda nem sequer foi autorizado, contra a covid-19. Países da região asiática estão já a fazer encomendas da mais recente arma contra a covid-19: …

A Facebook vai implementar uma nova estratégia e o nome vai ser das primeiras coisas a mudar

As últimas semanas têm sido tumultuosas para a empresa de Mark Zuckerberg, que se viu confrontada com os testemunhos de antigos trabalhadores no Senado norte-americano. As notícias da última semana que resultaram do testemunho, no Senado …

Cadetes da Escola Naval investigados por alegados comportamentos abusivos

A Marinha está a investigar uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos entre cadetes da Escola Naval. "A Marinha informa que hoje, 19 de outubro, teve conhecimento de uma denúncia sobre alegados comportamentos abusivos praticados entre cadetes …

Índia. "Montanha de lixo" que garante sobrevivência de pobres será substituída por estação de tratamento

As "montanhas de lixo" das cidades da Índia em breve serão substituídas por estações de tratamento de detritos. A maior de todas — equivalente a um prédio de 18 andares — garante a sobrevivência de …

Candidatura de Nuno Melo acusa direção de não facultar cadernos eleitorais e de sanear senadores

A candidatura de Nuno Melo à liderança do CDS-PP acusou, esta quarta-feira, os opositores de não facultarem os cadernos eleitorais nem possibilitarem a fiscalização da eleição de delegados ao congresso, apontando também a substituição de …

Bolsonaro acusado de nove crimes pela comissão de inquérito sobre gestão da pandemia

O relatório apresentado, esta quarta-feira, na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Senado brasileiro pede o indiciamento do Presidente por nove crimes durante a pandemia de covid-19. No texto, com mais de 1200 páginas, pede-se que …