Em 2010, Berardo já não tinha dinheiro para pagar a dívida

António Cotrim / Lusa

Em 2010, o Banco de Portugal (BdP) não encontrou provas de que o grupo Berardo tivesse capacidade financeira para pagar a dívida à Caixa Geral de Depósitos (CGD).

Em 2010, a Fundação Berardo e a Metalgest tinham um dívida de 357 milhões de euros, segundo um relatório do Banco de Portugal sobre os créditos da Caixa Geral de Depósitos para a compra de ações.

De acordo com a edição deste sábado do Correio da Manhã, já nesse ano (e três anos após a reestrutura das dívidas da Fundação à CGD, ao BCP e ao BES), o BdP não encontrou provas de que o grupo Berardo tivesse dinheiro para pagar a dívida ao banco público.

Tanto no caso da Fundação Berardo como da Metalgest, o Banco de Portugal afirma que “não existe evidência do mutuário [devedor] conseguir reembolsar o crédito sem ser por via da execução das garantias”.

Como garantia do pagamento dos créditos, Berardo deu à Caixa as ações do BCP, os direitos dos títulos de participação na Associação Coleção Berardo, dona da Coleção Berardo, e o aval pessoal do empresário madeirense.

No caso da Fundação, o supervisor sublinhou ainda a “falta de evidência de capacidade financeira do mutuário [para fazer face à dívida]”. O BdP defendeu também que a CGD não devia aceitar o aval pessoal de Berardo, no valor de cerca de 38 milhões de euros, por que não existia uma avaliação do património do empresário.

Berardo é um exemplo dos vários clientes a quem a Caixa Geral de Depósitos concedeu créditos para a compra de ações, cujo pagamento foi garantido pelos próprios títulos adquiridos. No final de 2010, a CGD tinha concedido a clientes 3,6 mil milhões de euros para a compra de ações.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Não há problema nenhum: façam este senhor, com cara de saúde mental e moral inabaláveis, príncipe, conde, morgado, duque e encham-lhe os bolsos não com umas centenas de milhões de euros mas com uns milhares de milhões que o povo português, com ordenado médio líquido abaixo – e ás vezes muito abaixo – dos mil euros paga e pagará tudo, convivendo alegremente e em santa paz com ladrões , gatunos, corruptos, bandalhos, tarados, loucos e fauna quejanda que por aí anda em número significativo. Até porque podem contar com o sr. costa, com aspecto e barriga de quem gosta do seu copito à refeição, que é hábil em subir os impostos dando a impressão de que os está a baixar, para gáudio deste rebanho de lorpas que somos todos nós, ou seja, eu a minha família. E tanto assim é, que a Fitch, uma empresa de rating, já veio piscar o olho ao sr. costa, querendo dizer-lhe que se continuasse a subir o IRS ao povo, como tem acontecido desde que está no poleiro, lhe subiria mais um pontito no rating da República, passando de caca para cheiro a caca. Ai Portugal, Portugal… quem te viu e quem te vê. Se não bem rapidamente um Jerónimo de Sousa ou um Salvini, a meia dúzia de porcos que por aí anda à solta açambarca tudo e o povo paga, paga, paga…

  2. Eu acho que a solução para este tipo de gente era oferecer-lhes camisas e calças com muitos bolsos, enche-los o mais possível de euros (em moedas claro, para não estragar), depois deixá-los (ou mesmo obriga-los) fugir a nado desde o Terreiro do Paço, até um paraíso fiscal à sua escolha, (por exemplo a Madeira).

Foguete impresso em 3D está quase pronto para a sua primeira missão no Espaço

A Relativity Space é uma empresa que pretende lançar em órbita o primeiro foguete imprimido a 3D. A startup diz que já recolheu o financiamento necessário para a sua primeira missão. Com uma visão inovadora, a …

Casaco e guitarra de Kurt Cobain vão a leilão (e valem milhares de euros)

O casaco que o líder dos Nirvana usou no lendário concerto MTV Unplugged in New York vai ser leiloado, com um preço de venda estimado em 270 mil euros. Uma guitarra de Cobain pode ficar …

"50 sombras" da Idade Média. Páginas censuradas de um livro francês encontradas nos EUA

As páginas de um romance medieval foram descobertas nos arquivos da Diocese de Worcester, no estado norte-americano de Massachusetts.  Investigadores descobriram uma versão perdida de um romance medieval, que contém cenas eróticas. O poema francês - …

A tecnologia usada na Bitcoin também está a ser usada para encontrar o amor

Várias dating apps (aplicações de encontros) estão a recorrer ao blockchain para que os seus utilizadores possam encontrar a cara-metade de uma forma mais segura e transparente. O Tinder é provavelmente a dating app mais usada …

Elon Musk quer enviar passageiros para o Espaço já no próximo ano

O bilionário Elon Musk, também fundador da fabricante de automóveis elétricos Tesla, fez um anúncio surpreendente: quer que pôr passageiros no Espaço já em 2020. “Isto pode soar totalmente louco, mas queremos tentar entrar em órbita …

Cientistas reverteram principal sintoma da esquizofrenia em camundongos

Um medicamento que está atualmente a ser desenvolvido para tratar a leucemia reverteu (em camundongos) um sintoma de esquizofrenia anteriormente intratável: o enfraquecimento da memória de trabalho. A memória de trabalho é um processo cerebral fundamental usado …

Para as criaturas marinhas, as doenças infecciosas são a sentinela da mudança

Uma recente investigação analisou as mudanças nas doenças relatadas em espécies submarinas num período de 44 anos. A conclusão não surpreende: a saúde dos oceanos está a piorar a passos largos. A compreensão das tendências oceânicas …

Solidariedade e ambiente. Nos EUA, já é possível doar as suas peças Lego

Nunca somos demasiado velhos para brincar com peças Lego. No entanto, se estiver a ficar sem espaço para as arrumar e estiver à procura de uma forma de garantir que os seus blocos acabam em …

Eis os primeiros smartphones pensados e fabricados em África

https://vimeo.com/365789486 No Ruanda nasceram os primeiros rebentos do grupo Mara, que anunciou o lançamento dos seus dois primeiros smartphones. São os primeiros a serem totalmente fabricados em África. Estes são os dois primeiros smartphones totalmente fabricados em …

Siza Vieira recebe Grande Prémio da Academia de Belas-Artes francesa

O arquitecto Álvaro Siza Vieira recebeu o Grande Prémio de Arquitetura da Académie des Beaux-Arts, pelo conjunto do seu percurso, no valor de 35 mil euros. “É uma grande honra, porque é um prémio importante. É …