Bastam 20 segundos para saber quão devastador um terramoto vai ser

Massimo Percossi / EPA

Depois de terem analisado bases de dados de terramotos ocorridos desde o início dos anos 90, uma equipa de cientistas descobriu um possível momento decisivo em que um evento pode ser sinalizado como um terramoto de magnitude 7 ou maior.

Este momento decisivo foi detetado a partir de dados GPS sobre a taxa dos picos de aceleração do deslocamento do solo e pode indicar um evento de grande escala ou até menor. O GPS capta um sinal inicial do momento da deslocação do solo, quase como se fosse um sismógrafo, e deteta os primeiros momentos de um terramoto.

Estas informações podem aumentar o valor dos sistemas de alerta precoce de terramotos, disse Diego Melgar, professor do Departamento de Ciências da Terra da Universidade de Oregon, nos Estados Unidos.

As análises dos terramotos da base de dados detetaram um momento no qual um terramoto recém-iniciado transita para um estado em que as propriedades mecânicas apontam para a sua magnitude. Os cientistas foram ainda capazes de identificar tendências semelhantes em bancos de dados europeus e chineses. O artigo científico foi publicado na Science Advances.

Os bancos contém dados de mais de 3.000 terramotos e, de acordo com o Phys.org, indicadores consistentes de aceleração do deslocamento do solo, que foram detetados durante 10 a 20 segundos do evento, foram observados na análise de 12 grandes terramotos ocorridos entre 2003 e 2016.

Existem alguns monitores GPS ao longo de muitas falhas terrestres, mas o seu uso não é comum quando se trata de avaliar o perigo do evento em tempo real. Os dados de GPS revelam o movimento inicial em centímetros, explicar Melgar.

O cientista revela que as estações GPS ao longo da costa do Oregon e de Washington são úteis, mas, no exato momento em que um terramoto se desenvolve, as informações demorariam a chegar às estações costeiras. “Este atraso teria impacto na hora de emitir um alerta. As pessoas que vivem na costa não receberiam nenhum aviso por estarem numa ‘zona cega'”, constatou.

O atraso só conseguiria ser evitado com a presença de sensores no fundo do mar, que pudessem registar o comportamento inicial de aceleração. Ter estes sensores e poder controlar os dados em tempo real pode ser uma mais valia e fortalecer a precisão dos sistemas de alerta antecipado.

O Japão, por exemplo, já está a começar a implantar cabos de fibra ótica ao longo de toda a sua costa com o intuito de melhorar as capacidades de alerta antecipado. No entanto, esta melhoria é um trabalho de elevado custo.

  ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

É oficial. Rui Rio recandidata-se à liderança do PSD e vai a votos contra Rangel

Rui Rio vai assim enfrentar Paulo Rangel nas directas marcadas para 4 de Dezembro e tentar segurar a liderança do PSD. Depois de muita especulação, Rui Rio confirmou hoje que vai avançar com a recandidatura à …

Mais 832 casos e seis mortes por covid-19 nas últimas 24 horas

Portugal conta mais mais 1010 recuperados. A maioria dos novos casos são em Lisboa e Vale do Tejo e no Norte. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais seis mortes e 832 casos de infecção pelo …

Costa admite voltar a baixar imposto sobre os combustíveis devido ao aumento da receita do IVA

O aumento extraordinário da receita de IVA decorrente da subida do preço dos combustíveis será devolvido semanalmente através de uma redução do imposto sobre os produtos petrolíferos (ISP), afirmou esta terça-feira o primeiro-ministro. Em resposta a …

Extinto incêndio no Hospital CUF Descobertas em Lisboa e sem necessidade de evacuar edifício

O incêndio que deflagrou hoje, pelas 12:20, no Hospital CUF Descobertas, no Parque das Nações, em Lisboa, foi extinto pelas 12:50, e não houve necessidade de evacuar o edifício, disse à Lusa fonte do Regimento …

Infarmed alerta para dois sites de venda ilegal de medicamentos

A Autoridade Nacional do Medicamento afirma que não é possível assegurar a qualidade, eficácia, segurança e autenticidade dos fármacos adquiridos em dois websites ilegais de venda de medicamentos. O Infarmed alertou esta terça-feira para a existência …

Julian Reichelt, ex-diretor do jornal alemão Bild

Diretor do jornal alemão Bild despedido por "conduta inapropriada"

Julian Reichelt, diretor do jornal alemão Bild, foi demitido com efeito imediato por “conduta inapropriada”, anunciou a empresa de comunicação social Axel Springer, detentora do jornal mais vendido da Alemanha. O diretor do jornal alemão Bild, …

“Não acho que o CDS esteja a viver uma crise interna”, diz Francisco Rodrigues dos Santos

O presidente do CDS-PP, Francisco Rodrigues dos Santos, defendeu esta segunda-feira que a situação interna que o partido atravessa, com congresso eletivo marcado para o final de dezembro, "não é uma crise, é a democracia …

Em sessão acesa, primeiro-ministro polaco diz ao Parlamento Europeu que o país não cederá a chantagens

Guerra de palavras entre representantes do governo polaco e as instituições europeias tem vindo a escalar ao longo das últimas semanas, depois de o Tribunal Constitucional do país ter determinado que a lei nacional se …

China nega lançamento de míssil hipersónico - mas Estados Unidos estão “muito preocupados”

Em agosto, a China terá lançado um míssil com capacidade nuclear. Os Estados Unidos mostram-se muito preocupados com este tipo de atividade. Segundo noticia o Financial Times, o míssil terá sido lançado pelos militares chineses num …

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump

Trump luta para manter sob sigilo documentos sobre ataque ao Capitólio (e avança para tribunal)

Donald Trump processou a comissão do Congresso responsável pela investigação do ataque ao Capitólio, alegando que fez um pedido ilegal dos seus registos da Casa Branca. O ex-Presidente dos Estados Unidos Donald Trump entrou com uma …