Cerca de 15% dos eleitores norte-americanos acreditam que os Illuminati existem

Os clubes secretos e os grupos internos proliferaram tanto quanto as sociedades humanas, mas poucos persistiram na imaginação norte-americana de forma tão vibrante quanto os Illuminati, uma suposta conspiração de indivíduos iluminados que controlam o mundo. E alguns desses crentes votam.

De acordo com uma nova pesquisa da Insider, divulgada pelo Insider Business, 15% do eleitorado norte-americano registado acredita que a existência dos Illuminati – ou uma organização comparável – é plausível.

Na pesquisa, foi perguntado a mais de mil entrevistados: “Qual das seguintes ideias não comprovadas, fenómenos paranormais ou crenças gerais acredita serem confiáveis?”. As respostas incluíam 15 opções, tais como “a existência de chemtrails”, “a eficácia da cura de cristal” ou “nenhum destes”.

O termo Illuminati remonta a 1776, quando foi cunhado em referência aos Illuminati da Baviera, uma sociedade secreta fundada pelo filósofo alemão Adam Weishaupt.

Na passagem para o século 19, o grupo estava dissolvido – graças, em parte, a um decreto do Governo da Baviera que proibia sociedades secretas -, mas as suas ideias já se haviam espalhado. Em 1798, George Washington escreveu uma carta onde mencionava as “doutrinas nefastas” dessa sociedade secreta.

Agora, a expressão Illuminati é usada para descrever vários grupos obscuros que supostamente estão a controlar a sociedade. A lista de suspeitos dos Illuminati incluem nomes como George W. Bush, Beyoncé e a rainha Elizabeth II, que, segundo uma teoria popularizada pelo ex-repórter desportivo da BBC David Icke, também pode ser um réptil.

Estima-se que 200 milhões de norte-americanos foram registados para votar nas eleições presidenciais de 2016. Se pesquisa da Insider for uma imagem precisa da população dos Estados Unidos (EUA), 30 milhões desses eleitores acreditam nos Illuminati.

De acordo com a pesquisa, os republicanos são mais propensos a acreditar na sociedade secreta do que os democratas.

Os entrevistados também foram questionados sobre seus hábitos relativamente aos media sociais. O YouTube tornou-se num sinónimo de teorias de conspiração tal que a empresa anunciou um novo plano para reprimir o conteúdo extremista.

A pesquisa do Insider descobriu que aqueles que acreditam nos Illuminati gastam 60% mais tempo no YouTube do que os que não acreditam. O pesquisador típico assistiu aproximadamente 72 minutos de vídeos na plataforma por semana, enquanto os crentes dos Illuminati atingiram os 116 minutos.

TP, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Iniciativa Liberal quer retirar "carga ideológica" da Constituição

A Iniciativa Liberal vai apresentar um projeto de revisão constitucional com uma primeira parte dedicada a retirar "carga ideológica à Constituição", clarificando, por exemplo, que serviços públicos de saúde e educação podem ser prestados pelo …

Urgência do Hospital Santa Maria está a chegar ao limite

A urgência dedicada aos casos suspeitos de covid-19 do Hospital Santa Maria, em Lisboa, reflete a evolução da pandemia em Portugal com doentes a avolumarem-se à porta para realizar o teste e no interior a …

Novo Banco. BCP garante que não faz "favores a ninguém" ao emprestar dinheiro ao Fundo de Resolução

O presidente executivo do BCP, Miguel Maya, disse ontem que o banco não faz "favores a ninguém" ao entrar no empréstimo de 275 milhões de euros da banca ao Fundo de Resolução, que posteriormente financiará …

Máfia italiana "lavou" milhões de euros ganhos com fundos europeus na Madeira

Uma das mais violentas máfias de Itália, a Società Foggiana, utilizou a Madeira para branquear mais de 16 milhões de euros obtidos com um esquema de burla à União Europeia (UE). Em causa estão fundos comunitários …

Ajudas de custo para professores deslocados ficaram na gaveta (e não estão previstas no OE2021)

O Orçamento de Estado para 2020 (OE2020) previa um programa de ajudas de custo para professores deslocados como incentivo à fixação. No entanto, a medida não avançou. O Jornal de Notícias avança esta sexta-feira que a …

Biden ainda à frente, mas nada está perdido para Trump. A luta pelos "swing states" continua

O dia em que os norte-americanos vão saber quem é o próximo presidente dos EUA está muito próximo. Entres sondagens, parece fácil levantar a ponta do véu. No entanto, é importante não esquecer que não …

Nani entre os candidatos a melhor jogador da época na MLS

O internacional português, capitão dos Orlando City, está entre os 46 jogadores nomeados para o prémio de melhor da época na liga norte-americana de futebol (MLS), anunciou, esta quinta-feira, o organismo. A eleição decorre até 9 …

"Estranho, muito estranho". Ana Gomes comenta morte do marido de Isabel dos Santos e é criticada

O empresário congolês Sindika Dokolo, marido de Isabel dos Santos, morreu no Dubai, durante a prática de mergulho. Uma morte prematura aos 48 anos que leva Ana Gomes a comentar o assunto como "estranho", "muito …

Conselho Europeu. Vacinas distribuídas de forma justa e fronteiras não vão fechar

O presidente do Conselho Europeu garantiu, esta quinta-feira, no final de uma videoconferência entre os líderes da União Europeia, que os 27 estão "unidos" para enfrentar a "luta difícil" contra a segunda vaga da covid-19. "A …

Teletrabalho sim, confinamento não. O que vai sair do Conselho de Ministros de sábado

O Conselho de Ministro reúne no próximo sábado para discutir novas medidas para conter a propagação do novo coronavírus e em cima da mesa está o regresso ao teletrabalho e medidas de restrição à circulação. A …