Mais de 100 mil bielorrussos manifestaram-se em Minsk contra Lukashenko

Tatyana Zenkovich / EPA

Mais de 100 mil pessoas participaram, este domingo, no centro de Minsk, na Bielorrússia, numa manifestação contra o Presidente Alexander Lukashenko, no poder há 26 anos, cuja reeleição é contestada como fraudulenta.

Segundo jornalistas no local, dezenas de milhares de pessoas protestavam na Praça da Independência e nas ruas que lhe dão acesso, em Minsk, enquanto continuavam a chegar manifestantes.

Parte dos manifestantes dirigiram-se ao Palácio da Independência, a residência oficial do Presidente, na avenida Pieramozcau, para levar “presentes para Lukashenko”, que este domingo fez 66 anos.

O protesto, designado “Marcha pela Independência”, realiza-se pelo terceiro domingo consecutivo na capital bielorrussa, com a adesão em massa da população.

Desde o princípio da tarde, quando começaram a chegar manifestantes à praça da Independência, a polícia, destacada às centenas para o local, deteve mais de uma centena de pessoas.

125 pessoas foram detidas “por participarem em protestos maciços não autorizados”, segundo adiantou a porta-voz do Ministério do Interior, Olga Shemodanova.

No sábado, as autoridades bielorrussas retiraram as credenciais a 17 jornalistas estrangeiros, alguns dos quais foram também detidos durante algumas horas. Segundo a Associação de Jornalistas da Bielorrússia, entre os afetados encontram-se correspondentes da televisão alemã, das agências France-Presse, Associated Press e Reuters.

A crise na Bielorrússia foi desencadeada após as eleições de 9 de agosto que, segundo os resultados oficiais, reconduziram Alexander Lukashenko, no poder há 26 anos, para um sexto mandato, com 80% dos votos.

A oposição denuncia a eleição como fraudulenta e milhares de bielorrussos saíram às ruas por todo o país para exigir o seu afastamento. Os protestos têm sido duramente reprimidos pelas forças de segurança, com milhares de pessoas detidas e centenas de feridos.

Sviatlana Tsikhanouskaya, líder da oposição, que supostamente teve apenas 10% dos votos nas eleições e depois se exilou na Lituânia, já exigiu novas eleições. A União Europeia também já aprovou uma resolução na qual diz não reconhecer estes resultados eleitorais.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Tempestade de areia "engoliu" cidade na China

Uma forte tempestade de areia "engoliu" a cidade de Dunhuang, no noroeste da China, no passado domingo. De acordo com o South China Morning Post, a forte tempestade de areia, que provocou nuvens de poeira com …

Raíssa faz bolachas com o lema "Fora Bolsonaro". Já se tornaram virais

Uma brasileira começou a fazer bolachas com o lema "Fora Bolsonaro" em jeito de brincadeira, mas agora já vende centenas todos os dias. Aquilo que começou como uma simples brincadeira, acabou por tornar-se viral. A ideia …

Zara, 19 anos, quer ser a mulher mais nova de sempre a voar sozinha à volta do mundo

Uma jovem, de 19 anos, pôs mãos à obra para levar a cabo um "gap year" (o chamado ano sabático) com um propósito muito fora do comum: tornar-se a mulher mais nova de sempre a …

Francês diz ter usado método matemático para ganhar o Euromilhões

O francês, que não quis revelar a sua fórmula à imprensa, ganhou, no dia 11 de junho, 30 milhões de euros com a combinação com a qual jogava há um mês. A história foi contada, esta …

Mais de metade da população portuguesa já tem a vacinação completa

Mais de metade da população residente em Portugal (52%) já tem a vacinação completa contra a covid-19, revela o relatório semanal de vacinação divulgado esta terça-feira pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último relatório semanal …

Campeão olímpico criou problemas no seu país natal

Richard Carapaz, medalha de ouro no ciclismo, foi direto: "O país nunca acreditou em mim". Presidente do Equador, ministro e Comité Olímpico reagiram. Poucos dias depois de ter subido ao pódio final da Volta a França …

Jovens preocupados com fertilidade e efeitos secundários das vacinas contra a covid-19

Com o avanço das campanhas de vacinação, um grande número de pessoas das faixas etárias baixo dos 30 anos mostra-se relutante em tomar a vacina contra a covid-19. Os jovens falam de preocupações com fertilidade …

Dois gestos de Cla(ri)sse que ficam para a memória olímpica

Clarisse Agbégnénou foi campeã olímpica no judo, pela primeira vez - mas a atitude que demonstrou, mal venceu a final, ficará também nos registos. Campeã mundial cinco vezes, mais duas medalhas de prata. Cinco medalhas em …

Sindicatos avançam com ações legais para travar despedimento coletivo na TAP

Os sindicatos que representam os trabalhadores da TAP vão avançar com ações legais para travar o despedimento coletivo que a empresa iniciou na segunda-feira, que abrange 124 profissionais. "Até agora houve conversa, a partir de agora …

Ginastas alemãs usam fato integral para combater sexualização da modalidade

Ao contrário do que acontece com os ginastas masculinos, que podem optar por calções ou calças, as mulheres competem, desde o início da modalidade, de bodies que expõem grande parte do seu corpo. Quando, no último …