Fundadores do Instagram deixam a empresa em rutura com Zuckerberg

Os fundadores do Instagram, Kevin Systrom e Mike Krieger, vão deixar a empresa adquirida pelo Facebook em 2012 para “construir coisas novas”. Em causa estarão também algumas tensões com o CEO Mark Zuckerberg.  

“Vamos tirar algum tempo para explorar novamente a nossa curiosidade e criatividade. Construir coisas novas exige que recuemos, entendamos o que nos inspira é o que planeamos fazer”, adiantou nesta segunda-feira o diretor executivo do Instagram, Kevin Systrom, através de um comunicado.

“O Mike [Krieger] e eu somos gratos pelos últimos oito anos no Instagram e nos seis anos com a equipa do Facebook. Crescemos de 13 pessoas para quase mil, com escritórios em todo o mundo, e agora estamos prontos para o nosso próximo capítulo”, acrescentou.

De acordo com a Bloomberg, que cita fontes próximas do processo, em causa estará também o aumento das tensões com o Mark Zuckerberg devido ao futuro da aplicação.

Systrom e Krieger, fundaram o Instagram em 2010, que foi comprada dois anos depois pelo Facebook por cerca de mil milhões de dólares e conta com mais de mil milhões de utilizadores. Depois da compra, ambos mantiveram-se na empresa como CEO e CTO da rede social, respetivamente.

Até então, os fundadores tinham conseguido manter a marca e o produto independentes da “casa-mãe”. Contudo, e de acordo com as fontes citadas, Zuckerberg tem estado mais envolvido na estratégia da aplicação, uma vez que o futuro crescimento do Facebook estará agora mais dependente do Instagram.

“O Kevin e o Mike são líderes extraordinários e o Instagram reflete o talento dos dois”, afirmou Zuckerberg numa nota de impresa. “Aprendi muito a trabalhar com eles ao longo dos últimos seis anos”, acrescentou.

Sem a presença dos fundadores, revelam as fontes, a aplicação de partilha de fotografias deverá ser integrada no Facebook, tornando-se numa unidade da empresa em vez de ser uma aplicação separada.

https://www.instagram.com/p/BoIvH_Fgdxm/?hl=pt&taken-by=kevin

Apesar dos recentes escândalos sobre questões de acesso aos dados pessoais dos utilizadores do Facebook e de ter sido tornado público que agentes russos realizaram com sucesso operações de manipulação política naquela rede social, com o objetivo de influenciar a eleição presidencial norte-americana de 2016, a verdade é que o Instagram tem conseguido preservar a sua imagem junto dos utilizadores e da opinião pública.

De acordo com o The New York Times, os dois fundadores deverão abandonar oficialmente as suas funções nas próximas semanas.

Estas não são as primeiras baixas de peso no Facebook. Também este ano, Brian Acton e Jan Koum, os fundadores do WhatsApp, anunciaram a sua saída por não conseguirem chegar a um entendimento com Mark Zuckerberg relativamente ao modelo de negócio da aplicação da mensagens.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Morreu um dos jovens infetados com peste negra na Mongólia

Morreu um dos jovens infetados com peste bubónica, também conhecida como peste negra, na Mongólia. O rapaz contraiu a doença depois de ter comido carne de marmota. Um jovem de 15 anos morreu, esta segunda-feira, vítima …

PCP quer Costa no Parlamento de 15 em 15 dias (e não vai contribuir para acabar com os debates quinzenais)

O PCP não concorda que será o fim da democracia caso os debate quinzenais passem a mensais. No entanto, não vai contribuir para acabar com este modelo. Ao Expresso, o deputado comunista António Filipe Duarte garantiu …

"Espero contar tudo o que sei". Cientista chinesa fugiu da China para alertar que "não temos muito tempo"

A virologista chinesa Li-Meng Yan, que fugiu para os Estados Unidos, deu uma segunda entrevista à Fox News, na qual alertou que "não temos muito tempo".   Li-Meng Yan, especialista em virologia e imunologia, era uma …

Galp perde 60 milhões de euros em negócios não autorizados

A Galp perdeu 60 milhões de euros em negócios não autorizados com licenças de CO2. A petrolífera já avançou com ações disciplinares e uma auditoria. A Galp informou que foram identificadas transações, não autorizadas pela empresa, …

"Bandeira vermelha". Tóquio em alerta máximo após aumento de novas infeções

A capital do Japão, Tóquio, com 14 milhões de habitantes, está no nível mais alto de alerta para o novo coronavírus após um aumento dos casos registados. “Os especialistas disseram-nos que a situação das infeções está …

Operação Saco Azul. Empresas "zombie" terão desviado 1,8 milhões do Benfica

O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, e a SAD do clube lisboeta foram constituídos arguidos pelo crime de fraude fiscal, no âmbito da operação ‘saco azul’, confirmou esta terça-feira à agência Lusa fonte oficial …

Maçãs com preços em alta, menos vinho e cerveja a estragar-se (os efeitos da pandemia)

A pandemia de covid-19 está a levar milhares de litros de cerveja a estragar-se, enquanto os produtores de vinho temem uma quebra na produção e, logo, nos lucros. Enquanto isso há menos maçãs e mais …

TAD anula sanção de cinco jogos à porta fechada ao Benfica

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) deu provimento ao recurso do Benfica e revogou a sanção de cinco jogos à porta fechada imposta pela Federação Portuguesa de Futebol (FPF) ao clube, pelo apoio prestado a …

Costa vira à esquerda, mas Catarina Martins diz que "não pode ser só conversa"

Esta quarta-feira, António Costa lança as negociações para o Orçamento do Estado para 2021 com os partidos que, até aqui, foram seus aliados. O primeiro-ministro insiste que o caminho da sua governação passa por entendimentos à …

No novo ano letivo, a Educação Física continua a ser maior incógnita

No início de julho, o Ministério da Educação anunciou algumas orientações sobre o próximo ano letivo que não contemplavam a Educação Física e o futuro da disciplina continua a ser uma incógnita.  Nas escolas, a falta …