Domingos Névoa condenado a pagar 2,7 milhões ao Novo Banco

152

Joanjo Aguar Matoses / Flickr

-

O Tribunal de Braga condenou o empresário a pagar ao Novo Banco 2,7 milhões de euros por um crédito contraído ao BES, mas este recusa-se a pagar alegando ter aplicado esse valor no Banque Privée Espírito Santo.

Contactado pela agência Lusa, Artur Marques, advogado de Domingos Névoa, disse que vai recorrer da decisão, por “discordar da solução jurídica adotada e considerar que os factos provados são favoráveis” ao seu cliente.

De acordo com a sentença, de 5 de dezembro do ano passado, em 2015 o dono da Bragaparques avançou para tribunal contra o banco, alegando que, a título particular, tinha aplicado 2,7 milhões de euros no Banque Privée Espírito Santo, quis movimentar o dinheiro e transferi-lo para a sua conta no Banco Espírito Santo, mas tal não aconteceu.

Por isso, alega, foi levado pelo administrador do BES José Manuel Espírito Santo a contrair um empréstimo nesse valor, sem que fosse essa a sua intenção, recusando-se por isso a pagá-lo.

Por seu lado, o BES – que tal como Banque Privée pertence ao grupo Espírito Santo – argumenta que, apesar de terem os mesmos administradores, os dois bancos “não tinham qualquer relação de grupo” e que o empresário tinha que exigir os fundos ao Banque Privée.

A instituição financeira alega que Domingos Névoa sabia que lhe estava a ser concedido um financiamento pelo BES.

No processo cível, o Tribunal veio a provar que o empresário recebeu os 2,7 milhões de euros na conta do BES e que aceitou que fosse o BES a antecipar o dinheiro, por via de um empréstimo a 90 dias, o qual ficaria liquidado mal o Banque Privée efetuasse a transferência, o que não ocorreu.

O tribunal provou também que a “complexa trama de relações societárias e empresariais em que estavam inseridos os bancos era administrada e gerida por membros da família Espírito Santo, designadamente Ricardo Salgado e José Manuel Espírito Santo”, e que a aplicação de Domingos Névoa no Banque Privée resultou de “contactos pessoais” entre ele e os administradores de ambos os bancos.

Não ficou provado que o BES era parte nas obrigações contraídas pelo Banque Privée Espírito Santo, nem que tivesse assumido a responsabilidade pela concretização da transferência dos 2,7 milhões de euros do banco com sede na Suíça.

Em setembro de 2015, o Banco de Portugal revogou a autorização da sucursal em Portugal do Banque Privée Espírito Santo, que pertencia ao grupo Espírito Santo.

// Lusa

1 COMENTÁRIO

  1. “Por isso, alega, foi levado pelo administrador do BES José Manuel Espírito Santo a contrair um empréstimo nesse valor, sem que fosse essa a sua intenção, recusando-se por isso a pagá-lo.” Então o Espirito Santo apontou-lhe uma pistola para ele contrair o empréstimo, e ele coagido assinou, é isso?. Isto é mais um abutre a roubar a descarada. Sera que nao erradicam esta corja da sociedade?

RESPONDER

Afonso Dias, condenado pelo rapto de Rui Pedro

Caso Rui Pedro: Afonso Dias poderá sair da prisão em breve

Afonso Dias cumpre no próximo mês de março dois terços da pena a que foi condenado, podendo sair em liberdade condicional já nos próximos dias. Depois de dois anos preso na cadeia de Guimarães, Afonso Dias …

-

Venda do Novo Banco avança com os norte-americanos do Lone Star

O fundo norte-americano Lone Star foi o escolhido pelo Banco de Portugal para a compra do Novo Banco. O supervisor anuncia, nesta segunda-feira, o arranque das "negociações exclusivas". "O Banco de Portugal decidiu seleccionar o potencial …

Donald Trump com o seu vice-presidente, Mike Pence.

Mike Pence assegura em Bruxelas que EUA vão manter cooperação com UE

O vice-presidente norte-americano assegurou esta segunda-feira, em Bruxelas, que a administração de Donald Trump tem o "forte compromisso" de prosseguir a cooperação com a União Europeia, porque EUA e Europa "partilham os mesmos valores". "Hoje é …

António Domingues, o ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos

"Domingues está mortinho por mostrar SMS de Centeno"

O futuro de Mário Centeno está nas mãos do ex-presidente da Caixa Geral de Depósitos (CGD), António Domingues. É Marques Mendes quem o diz, salientando que o ex-gestor do banco público está "mortinho por mostrar …

-

Detidos dois dos reclusos que fugiram da prisão de Caxias

Dois dos três reclusos que fugiram do estabelecimento prisional de Caxias, Oeiras, foram detidos em Madrid, no domingo, com documentos de identificação falsos, disse à Lusa fonte da polícia nacional espanhola. A mesma fonte adiantou que …

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un

Coreia do Norte desconfia da investigação malaia à morte de Kim Jong-nam

O embaixador de Pyongyang na Malásia disse esta segunda-feira que a Coreia do Norte não pode confiar na investigação da polícia malaia à morte do meio-irmão do seu líder, após ser convocado pelo Governo de …

-

Deco quer retirar do mercado pinturas faciais do Carnaval

A associação de defesa do consumidor revelou esta segunda-feira que há pinturas faciais para crianças à venda com ingredientes que provocam alergias ou irritações na pele. A Deco anunciou também que vai denunciar a ausência de …

Orangotango bebê

Beijos de orangotangos podem guardar segredo da origem da fala humana

Uma equipa de cientistas afirma ter começado a desvendar segredos da origem da fala humana através da análise dos sons dos "beijos" emitidos pelos orangotangos. Uma das revelações do estudo, realizado na Universidade de Durham, no …

-

Peugeot-Citroën vai pagar 2 mil milhões pela Opel

A compra da Opel pela PSA, um negócio avaliado em 2000 milhões de dólares, será fechado esta semana e anunciado oficialmente na quinta-feira, quando o grupo que controla a Peugeot e a Citroen apresentar os …

-

Astrónomos querem que a Lua passe a ser um planeta

Alan Stern, principal investigador da missão New Horizons da NASA em Plutão, juntamente com cinco colegas, pretende reescrever a definição de "planeta". Segundo o The Times, uma das principais alterações que o grupo de cientistas quer introduzir …