WikiLeaks denuncia “espionagem económica massiva da França” pela NSA

European Parliament / Flickr

Pierre Moscovici, comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros

Pierre Moscovici, atual comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros e ministro da Economia de François Hollande entre 2012 e 2014

A Agência de Segurança Nacional dos EUA (NSA, na sigla em inglês) escutou dois ministros da Economia franceses sucessivos e praticou espionagem económica em França, indicam vários documentos obtidos pelo WikiLeaks e revelados esta segunda-feira.

“Várias personalidades políticas e altos funcionários franceses foram escutados nos últimos anos”, garantem os jornais Libération e Médiapart, mencionando o atual comissário europeu Pierre Moscovici, ministro da Economia do Presidente François Hollande, de maio de 2012 a agosto de 2014, e François Baroin, ministro do Orçamento e depois da Economia do ex-Presidente Nicolas Sarkozy, de março de 2010 a maio de 2012.

A lista de personalidades escutadas pela NSA em França inclui também os últimos três Presidentes – François Hollande, Nicolas Sarkozy e Jacques Chirac -, segundo as revelações da WikiLeaks que estes mesmos meios já tinham revelado na semana passada.

A Médiapart assegura que a NSA realizou “uma espionagem económica massiva da França” e cita cinco documentos com sínteses de conversas telefónicas intercetadas que foram divulgadas pela WikiLeaks.

O site questiona alguns “contratos comerciais perdidos por empresas francesas”, sem poder fazer “uma ligação objetiva” entre uma potencial escuta e a celebração do contrato, “uma vez que nenhum nome de empresa é citado nos documentos”.

O Libération especificou que a NSA tinha identificado “uma centena de empresas hexagonais francesas, entre as quais a quase totalidade das cotadas no CAC40”, o índice da bolsa de Paris equivalente ao PSI20 de Lisboa.

Segundo os documentos reproduzidos, o objeto desta espionagem era o de “identificar as propostas de contrato francesas ou estudos de viabilidade e negociações iminentes sobre vendas ou investimentos internacionais, em projetos de envergadura ou sistemas de interesse significativo para o país estrangeiro”.

O Libération destacou mesmo que “nunca como agora a prova de uma espionagem económica massiva da França, orquestrada ao mais alto nível do Estado norte-americano, tinha sido estabelecida”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Criança com anemia aplástica grave submetido a transplante inédito em Portugal

Um menino de quatro anos com anemia aplástica grave foi submetido a um transplante com células estaminais de sangue do próprio cordão umbilical, um tratamento inédito em Portugal realizado no Instituto Português de Oncologia (IPO) …

Renováveis baixaram fatura da luz em 2,4 mil milhões na última década

A produção de eletricidade a partir de fontes renováveis permitiu ao sistema elétrico português acumular uma poupança de 2,4 mil milhões de euros ao longo dos últimos 10 anos. Esta é a principal conclusão de um …

Constitucional chumba barrigas de aluguer pela segunda vez

O Tribunal Constitucional chumbou, esta quarta-feira, pela segunda vez, o diploma do Parlamento sobre gestação de substituição, depois de um chumbo no ano passado. O BE apresentou uma proposta em que se previa "que a gestante …

Furacão Humberto ganha força a caminho das Bermudas

O furacão Humberto aumentou de intensidade nas últimas horas e atingiu a categoria 3 a caminho das Bermudas, informou o Centro Nacional de Furacões dos EUA (NHC) nesta quarta-feira. O terceiro furacão da temporada no Atlântico, …

Brasil é o país lusófono com mais refugiados. Já Portugal tem as maiores remessas dos emigrantes

Um relatório das Nações Unidas (ONU) revelou que o Brasil é o país lusófono que acolhe mais refugiados, Portugal é o que recebe mais remessas dos emigrantes e Moçambique teve o maior aumento de estrangeiros …

Ryanair deixa de voar entre Porto e Lisboa em outubro (mas fica com base mais reduzida em Faro)

A transportadora aérea irlandesa Ryanair vai deixar de voar entre Porto e Lisboa a partir de 25 de outubro devido a “razões comerciais”. A confirmação foi dada pela empresa ao Jornal de Notícias. Em abril, a …

Frente-a-frente entre Costa e Rio teve menos 633 mil espectadores do que o debate entre Costa e Passos em 2015

O frente-a-frente entre António Costa e Rui Rio, os líderes dos dois maiores partidos, teve menos audiência do que o confronto de há quatro anos, entre António Costa e Pedro Passos Coelho. Cerca de de …

EDP condenada a multa de 48 milhões por abuso de posição dominante na produção de energia

A Autoridade da Concorrência (AdC) condenou a EDP por abuso de posição dominante. A coima de 48 milhões de euros foi aplicada à EDP Produção por manipular a oferta de serviços de sistema que regula …

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no Ensino Superior não era tão alta

Há sete anos que a média de secundário dos colocados no ensino superior não era tão alta. Relativamente aos alunos de cursos científico-humanísticos, a média dos colocados tem vindo a aumentar desde 2015, tendo atingido …

Futebolistas internacionais russos Kokorin e Mamayev saíram da prisão

Pavel Mamayev e Alexander Kokorin foram detidos depois de atacarem dois homens, um responsável do governo, num estacionamento de um hotel, e um outro num café. Deixam a prisão por "bom comportamento". Os futebolistas internacionais russos …