Vladimir Putin rejeita ultimatos

(dr) Gabinete Presidencial de Imprensa e Informação da Rússia

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O presidente da Rússia, Vladimir Putin

O governo alemão afirmou hoje que ainda não está confirmada a cimeira de paz sobre a Ucrânia anunciada para quarta-feira em Minsk, enquanto em Moscovo, um porta-voz do presidente russo Vladimir Putin rejeitou qualquer ultimato.

“Ninguém nunca falou nem pode falar com o presidente num tom de ultimato, por muito que o queira”, disse o porta-voz da presidência russa, Dmitri Peskov, comentando notícias da imprensa norte-americana segundo as quais a Alemanha ameaçou Moscovo com novas sanções se não aceitar um plano de paz para a Ucrânia até quarta-feira.

Sensivelmente à mesma hora, em Bruxelas, o ministro dos Negócios Estrangeiros alemão, Frank-Walter Steinmeier, afirmava à imprensa que a cimeira de paz anunciada durante o fim de semana para quarta-feira em Minsk “ainda não é certa”, dado haver muito trabalho a fazer para que um acordo seja possível.

“Esperamos que os pontos em aberto possam ser fechados, mas tenho de repetir, ainda não é certo”, disse Steinmeier sobre a cimeira entre dirigentes da Alemanha, França, Rússia e Ucrânia.

“Estamos a trabalhar com a máxima energia, mas ainda temos um duro trabalho pela frente“, disse o ministro alemão, que falava à entrada para uma reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia (UE) consagrada ao conflito ucraniano.

Depois das reuniões que dos últimos dias da chanceler alemã, Angela Merkel, e do presidente francês, François Hollande, com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, por um lado, e o presidente russo, por outro, Merkel deverá informar hoje o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, sobre o andamento das negociações.

Progressos significativos dos separatistas pró-russos do leste da Ucrânia provocaram uma escalada no conflito que levou responsáveis norte-americanos a abordarem a possibilidade de fornecer armas às forças ucranianas.

Moscovo reagiu a uma tal possibilidade afirmando que ela faria “um dano colossal” às relações com Washington e, segundo fontes do governo alemão citadas pela imprensa, Merkel opõe-se frontalmente a qualquer entrega de armas.

Após cinco horas de reunião entre Merkel, Hollande e Putin, na sexta-feira em Moscovo, a presidência russa informou que houve acordo para a elaboração de um plano de paz comum.

Segundo o jornal norte-americano Wall Street Journal, nessa reunião, Angela Merkel ameaçou Putin com novas sanções económicas se recusar a proposta franco-alemã para pôr fim ao conflito.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Portugal deverá perder dois milhões de habitantes até 2080

A população residente em Portugal poderá baixar dos atuais 10,3 milhões de habitantes para 8,2 milhões em 2080, de acordo com projeções do Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira divulgadas. Os mesmos dados indicam, porém, …

Ministro da Economia admite nacionalizar empresas em caso de necessidade para combater surto

O ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, admitiu esta terça-feira a possibilidade do Estado vir a nacionalizar empresas, caso seja necessário para combater as consequências económicas do surto de Covid-19. "O Estado tem ferramentas …

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …