Viver nas cidades aumenta risco de demência (e a culpa é da poluição)

Viver na cidade influencia a nossa saúde. Segundo um estudo recente, a poluição do ar pode aumentar em 40% o risco de desenvolver demência.

O impacto da poluição do ar na nossa saúde já era conhecido, mas agora uma equipa de cientistas britânicos garante que o ar poluído pode também causar danos no nosso cérebro. Em causa está o efeito de químicos como o dióxido de azoto (NO2) que se alojam no corpo humano.

O estudo, publicado recentemente na BMJ Open, aponta para que entre 131 mil londrinos com mais de 50 anos, 2200 desenvolveram demência num período de sete anos.

O Diário de Notícias ressalva que não ficou provada uma ligação causal entre a poluição e a doença, mas os cientistas descobriram que quem vive nas cinco áreas com níveis mais elevados de partículas finas (PM2,5) tinha mais 20% de probabilidade de desenvolver demência durante o tempo em que decorreu a investigação.

Além disso, os expostos aos cinco níveis mais altos de NO2 tinham mais 40% de probabilidade, mesmo considerando a idade, classe social e hábitos de vida.

Frank Kelly disse ao The Times que apesar de os resultados não serem conclusivos no que toca ao estabelecimento de uma causa direta, “tem aumentado a perceção de que os impactos da poluição do ar na saúde vão além dos pulmões“.

O investigador principal do estudo explica que a investigação surgiu na sequência de uma realizada em 2017, no Canadá, a partir da qual se concluiu que entre 2,2 milhões de pessoas que vivam próximo de estradas mais movimentadas tinham um risco 12% maior de demência.

Além disso, aponta o estudo recente, além de ser muito provável que a poluição provoque a demência, pode também aumentar o risco de desenvolver a doença. “A poluição atmosférica está ligada a muitas doenças e por isso existe uma evidência inegável de que devemos melhorar a qualidade do ar nas cidades para melhorar a saúde pública.”

Em Portugal

Segundo o mais recente relatório Health at a Glance, da OCED, publicado no ano passado, Portugal é o quarto país com maior prevalência de demência entre os 44 países analisados. Em 2017, só o Japão, Itália e Alemanha apresentavam mais casos de demência por cada mil habitantes.

Com o envelhecimento da população portuguesa, estima-se que em 2037 Portugal ultrapasse a Alemanha, adianta ainda a Visão.

Além disso, o mesmo relatório aponta que, em 2015, 24% da população portuguesa este exposta a níveis de partículas finas inaláveis acima do recomendado pela OMS.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Prestações ao banco vão subir para quem recorrer à moratória

As prestações dos créditos à habitação vão subir para empresas e clientes particulares que pedirem a sua suspensão no âmbito da moratória criada pelo Governo. Os juros vencidos durante os seis meses da moratória serão …

BE e PCP querem isenção do pagamento de propinas durante estado de emergência

O Bloco de Esquerda e o Partido Comunista Português consideram que os alunos do Ensino Superior devem ficar isentos do pagamento de propinas durante o estado de emergência. Tanto o BE como o PCP sempre defenderam …

Menina de 12 anos morre na Bélgica vítima da covid-19

Uma menina de 12 anos morreu esta segunda-feira na Bélgica devido à pandemia de covid-19, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde deste país. "É um caso muito raro, mas que nos afeta muito, é um …

"Bomba" de Graça Freitas rebentou-lhe nas mãos. Governo rejeita cerco sanitário ao Porto

O Secretário de Estado da Saúde, António Sales, rejeitou, nesta terça-feira, a possibilidade de impor um cerco sanitário ao Porto. Esta hipótese foi avançada pela directora-geral da Saúde, Graça Freitas, e foi fortemente criticada por …

Novo máximo diário. Covid-19 mata mais 849 pessoas em Espanha

Espanha registou, nas últimas 24 horas, 849 mortos com o novo coronavírus, um novo recorde de falecidos num só dia, elevando o balanço total para 8189. Os números do Ministério da Saúde espanhol revelam ainda um …

Termina esta terça-feira o prazo para reclamar das despesas para IRS

O prazo para consultar e reclamar das despesas gerais e familiares apuradas pelo fisco para efeitos de deduções à coleta termina esta terça-feira. Os contribuintes têm até esta terça-feira, 31 de março, para consultar e reclamar …

Ryanair avança com lay-off em Portugal a partir de 1 de abril

A Ryanair vai avançar com o lay-off simplificado, considerando o recurso à medida "indispensável para a manutenção da viabilidade e preservação dos postos de trabalho". Segundo a comunicação da sucursal em Portugal aos sindicatos relativamente à …

Recibos verdes arriscam ficar sem apoio em abril

A Segurança Social só vai disponibilizar o formulário para requerer apoio por paragem total de atividade a partir de 1 de abril. O apoio para minimizar os danos económicos dos trabalhadores independentes que enfrentem paragem …

Ex-benfiquista Jiménez só sai do Wolves por 90 milhões

O Wolverhampton só está disposto a negociar Raul Jiménez por uma verba a rondar os 90 milhões de euros. O antigo jogador do Benfica é perseguido por Arsenal e Manchester United. Raul Jiménez tem dado que …

Mais 1.035 casos de covid-19 em Portugal. Cerco sanitário no Porto rejeitado

A Direção-Geral da Saúde (DGS) dá conta de 7.443 pessoas infetadas com covid-19 até às 11h desta terça-feira, um aumento de 1.035. O número de vítimas mortais subiu para 160. De acordo com o novo boletim …