Violentos confrontos entre extrema-direita e refugiados no leste da Alemanha

Xcitepress / EPA

Apreensões na Praça Kornmarkt, em Bautzen, Alemanha

Apreensões na Praça Kornmarkt, em Bautzen, Alemanha

Violentos confrontos opuseram cerca de 80 simpatizantes da extrema-direita e 20 refugiados na quarta-feira à noite em Bautzen, no leste da Alemanha, cidade onde têm tido lugar várias situações de violência contra refugiados.

Os incidentes começaram cerca das 21h locais (20h em Lisboa) numa praça da cidade, quando cerca de 80 homens e mulheres, na maioria “do movimento de extrema-direita”, e duas dezenas de refugiados se confrontaram, primeiro verbalmente e, depois, fisicamente, segundo um comunicado da polícia local, que enviou para o local mais de uma centena de agentes.

“Testemunhas relataram que foram atiradas garrafas” e que “viram ferimentos”, precisa o comunicado.

“Quinze a 20 candidatos a asilo, todos menores que chegaram à Alemanha desacompanhados”, começaram por lançar garrafas e pedras contra o grupo de simpatizantes da extrema-direita, disse o chefe da polícia local, Uwe Kilz.

Já na sexta-feira passada, segundo Kilz, o mesmo grupo de refugiados tinha lançado objetos contra apoiantes da extrema-direita.

O grupo atacado, no qual havia várias pessoas embriagadas, respondeu à agressão gritando “Bautzen pertence aos alemães” e lançando pedras e garrafas, prosseguiu o responsável.

Cerca de 100 agentes da polícia intervieram, utilizando gás lacrimogéneo e bastões, e os grupos dispersaram. Os refugiados regressaram ao centro de acolhimento, cuja segurança foi reforçada pela polícia, assim como noutros três locais de acolhimento na cidade.

Bautzen, uma pequena cidade de cerca de 40 mil habitantes a leste de Dresden, na antiga RDA (República Democrática Alemã), tem registado várias situações de violência contra refugiados.

As autoridades locais anunciaram recentemente a intenção de decretar o recolher obrigatório a partir das 19h para os cerca de 30 refugiados menores a residir na cidade e proibir o consumo de álcool nos centros de acolhimento.

Em fevereiro, imagens de dezenas de pessoas a assistirem entusiasmadas a um incêndio num centro de acolhimento de refugiados em Bautzen e a tentarem impedir a intervenção dos bombeiros chocaram a opinião pública alemã.

Em março, o presidente alemão, Joachim Gauck, que defende o acolhimento de refugiados e várias vezes apelou aos alemães para que mostrem generosidade no acolhimento, visitou Bautzen e foi recebido com insultos.

A Alemanha acolheu em 2015 mais de um milhão de refugiados e, no mesmo ano, registou, em todo o território, quase mil ataques de natureza xenófoba.

/Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Aqui nesta notícia refere-se brevemente um dos maiores problemas sociais da Alemanha, o alcoolismo. Sejam refugiados ou de estrema direita, tanto faz, estavam todos bêbados. Não há qualquer controlo no acesso às bebidas alcoólicas e especialmente os que vieram de paises muçulmanos afogam-se em cerveja até não poder mais. O choque cultural é demasiado grande, e é admiravel o esforço dos alemães em receber os refugiados, mas nem todos os alemães entendem que os refugiados são a boia de salvação para o sistema de pensões. Eu diria aos senhores da extrema direita que fariam melhor figura se se dedicassem a fazer bebés, era mais saudável, mais divertido e o governo já não teria de abrir fronteiras para equilibrar a pirâmide etária do país…

Responder a Ze Cancelar resposta

Trump apareceu de surpresa na cimeira da Nações Unidas (e gozou com Greta)

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez uma aparição surpresa, de apenas uns minutos, para assistir à Cimeira da Ação Climática, nas Nações Unidas. A presença de Trump na cimeira, que decorre em Nova Iorque, …

Matos Fernandes diz que Portugal é um país que lidera no mundo na neutralidade carbónica

O ministro do Ambiente disse que a meta portuguesa está para além do pedido do secretário-geral da ONU para a redução de emissões em 45% até 2030, colocando Portugal numa posição de liderança. O ministro do …

Os ouriços-do-mar têm uma boca cheia de dentes (e são afiados)

https://vimeo.com/361814332 Um novo estudo mostra que os dentes do ouriço-do-mar se afiam através da abrasão, tal como uma lâmina pode ser afiada com um afiador de facas. Desengane-se quem pensa que o tubarão é a criatura com …

Regresso de Manuel Monteiro aceite no CDS por unanimidade

Está confirmado o regresso de Manuel Monteiro ao CDS, partido que chegou a liderar. Em reunião, na noite desta segunda-feira, a concelhia da Póvoa de Varzim aprovou a reinscrição por unanimidade. Monteiro acabou por decidir reinscrever-se …

Sismo de magnitude de 6,3 abala Porto Rico, que se prepara para uma tempestade tropical

Um sismo de 6,3 de magnitude na escala de Richter foi registado na segunda-feira à noite em Porto Rico, informou o Serviço Meteorológico Nacional de San Juan. Não existem, até ao momento, registo de vítimas …

Há um reservatório submerso de gás desconhecido na costa do Japão

Perto da costa de Okinawa, no sudoeste do Japão, há um grande reservatório e um gás desconhecido numa área onde a crosta terrestre está a ser separada. Uma nova investigação, cujos resultados foram publicados na revista …

Descoberto "portal" através do qual os cometas se aproximam do Sol

Uma equipa de cientistas norte-americanos descobriu uma espécie de portal orbital através do qual os cometas passam antes de se aproximam do Sol, revelou uma nova investigação, que pode alterar fundamentalmente a compreensão científica sobre …

Vénus terá sido habitável durante três mil milhões de anos

Vénus é conhecida hoje como "infernal" com temperaturas de 462ºC. Mas um novo estudo sugere que o clima era bem diferente no passado. Até há 700 milhões de anos, o planeta Vénus terá tido um clima …

Sporting 1-2 Famalicão | Líder “Fama” desespera Alvalade

O Famalicão segurou a liderança da Liga NOS, dando seguimento ao arranque de sonho neste regresso ao principal escalão do futebol português. Os famalicenses foram ao Estádio José Alvalade bater o Sporting pela primeira vez …

Nick Cave lança álbum duplo na próxima semana

O músico australiano anunciou, esta segunda-feira, que vai lançar um novo álbum já na próxima semana. Chama-se "Ghosteen" e é um álbum duplo. Segundo o Observador, a notícia foi avançada pelo próprio Nick Cave no seu …