Júpiter pode ser o grande culpado pelo ambiente infernal de Vénus

AOES Medialab / ESA

Vénus poderia não ser o mundo infernal e sem água que conhecemos hoje em dia se Júpiter não tivesse alterado a sua órbita em torno do Sol, sugere uma nova investigação levada a cabo pela Universidade da Califórnia em Riverside, nos EUA.

A massa de Júpiter, duas vezes e meia maior do que a de todos os outros “vizinhos” do Sistema Solar combinados, faz com que este planeta tenha a capacidade de perturbar a órbita de outros planetas, tal como explica agência espanhola Europa Press.

No início da sua formação, Júpiter aproximou-se e afastou-se depois do Sol devido às interações com o disco a partir do qual os planetas são formados. E foi este movimento que, por sua vez, afetou Vénus, de acordo com a nova investigação, cujos resultados foram recentemente publicados na revista científica Planetary Science Journal.

Observações de outros sistemas planetários mostram que as migrações de planetas gigantes semelhantes ao Júpiter logo após a sua formação pode ser um fenómeno comum.

Vénus pode até ter perdido alguma água no início da sua formação por outras razões, mas o astrobiólogo Stephen Kane, da Universidade da Califórnia, acredita que o movimento de Júpiter terá colocado Vénus na rota para o seu estado atual – que é bastante inóspito.

“Um dos factos interessantes sobre Vénus é que é a sua órbita é quase perfeitamente circular (…) Com este projeto, quis explorar se a órbita de Vénus sempre foi circular e, se não, quais seriam as implicações [da mudança de órbita]?”, explicou Kane.

Modelo do Sistema Solar

Antes de apontar o dedo a Júpiter e visando responder às perguntas acima colocadas, Kane criou um modelo que simula o Sistema Solar, calculando a localização de todos os planetas num determinado momento e a forma como estes se atraem em diferentes direções.

Os cientistas medem o quão circular é a órbita de um planeta entre 0 (completamente circular) e 1 (não é circular em absoluto), sendo o número entre 0 e 1 apelidado de excentricidade de órbita. Segundo Kane, uma órbita com excentricidade de 1 nem sequer completaria uma órbita em torno de uma estrela: seria simplesmente lançado no Espaço.

Atualmente, a órbita de Vénus está fixada em 0,006 segundo este modelo, tendo este mundo a órbita mais circular de todo o Sistema Solar.

No entanto, o modelo de Kane mostra que quando Júpiter estava mais próximo do Sol, há cerca de mil milhões de anos, Vénus tinha, muito provavelmente uma excentricidade de 0,3 – valor que aumentava em muito as suas possibilidade de abrigar vida.

“Com a migração de Júpiter, Vénus terá sofrido mudanças dramáticas no clima, perdendo cada vez mais água para a atmosfera”, rematou Kane.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PSD disse "não" ao Chega no continente, mas não nos Açores. Rio teme "impacto nacional"

O PSD rejeitou acordos autárquicos com o Chega no continente e a possibilidade de coligações no arquipélago dos Açores entram em choque frontal com política autárquica da direção do partido de Rui Rio. Na quarta-feira, quando …

Dezenas de pessoas estiveram presentes no último adeus do "sempre fundamental" Jorge Coelho

Várias dezenas de pessoas compareceram este sábado de manhã na Basílica da Estrela para a missa de corpo presente do antigo dirigente e ministro socialista Jorge Coelho, "um elemento sempre fundamental nos momentos mais difíceis …

Desconfinamento já se faz sentir nos internamentos. R(t) já está acima de 1

O número de casos está a aumentar e este efeito já se começa a sentir nos internamentos. Esta foi a segunda semana consecutiva com aumento de casos, com uma média de 495 novos casos diários. De …

Plano contra o racismo. Bloco de Esquerda é o único partido a favor de quotas no ensino superior

O Governo colocou em consulta pública o Plano de Combate ao Racismo e Discriminação, que prevê que alunos socialmente desfavorecidos poderão aceder ao Ensino Superior através de contingente especial. O Bloco de Esquerda é o …

Novo Banco vendeu carteiras ao melhor preço (e só depois avaliou conflitos de interesses)

A venda das três carteiras de crédito do Novo Banco em 2019 foi feita pelo preço mais alto e em conformidade com o Acordo de Capitalização Contingente (CCA), segundo a auditoria da Deloitte às operações. “Nos …

UE investiga possível ligação entre tromboses e vacina da Johnson&Johnson nos EUA

A Agência Europeia de Medicamentos (EMA) anunciou esta sexta-feira ter iniciado uma investigação sobre casos de coágulos sanguíneos após toma da vacina da Johnson & Johnson/Janssen contra a covid-19, antes de o fármaco estar disponível …

Cabras

"É um terror. Nunca vi disto". Relâmpago matou 68 cabras no Alto Minho

Um relâmpago matou 68 cabras na freguesia de Gondoriz, em Arcos de Valdevez, distrito de Viana do Castelo. O pastor que perdeu os animais, Dário Silva, diz que, em "40 anos de serra", nunca viu …

Placa de pedra da Idade do Bronze poderá ser o mapa mais antigo da Europa

Uma placa de pedra da Idade do Bronze, redescoberta em 2014 em França, poderá ser o mapa tridimensional mais antigo já conhecido da Europa. De acordo com a BBC, a laje de pedra, conhecida como placa …

TAP conclui programa de rescisões (e lança nova ronda de medidas para evitar despedimento coletivo)

A TAP concluiu o programa lançado para redimensionar o corpo de trabalhadores da companhia e ficou com 750 postos de trabalho preservados e 690 adesões ao programa voluntário de medidas laborais. Num comunicado interno assinado pelo …

Segunda fase da vacinação. Peritos propõem extensa lista de novas (e raras) doenças

A segunda fase de vacinação contra a covid-19 já arrancou em alguns centros de saúde. Os peritos estão a propor uma nova e extensa lista de doenças de maior risco que passam também a ser …