Venezuela vai parar durante nove dias para poupar água e energia

4

A paralisação foi decretada por Nicolás Maduro para lutar contra uma forte seca provocada pelo fenómeno meteorológico “El Niño”.

Os setores público e privado da Venezuela vão paralisar as atividades entre os dias 19 e 27 de março para reduzir o consumo de eletricidade e água no país.

O país está a ressentir-se e a ser muito afetado por uma forte seca devido ao fenómeno “El Niño”.

A paralisação está prevista no decreto assinado pelo Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, e foi divulgada esta quarta-feira.

“Tomei a decisão (devido à emergência) de declarar toda a Semana Santa, desde o sábado, 19 de março, até ao Domingo de Ressurreição, 27 de março, como dias feriados não laboráveis para todos os trabalhadores públicos do país e para toda a educação nacional, para todos os estudantes de liceus e universidades”, disse Maduro no final de uma marcha de apoio ao seu regime, em Caracas.

O decreto, que já tinha sido abordado anteriormente, foi criado para que o Governo venezuelano possa garantir a estabilidade dos seus cidadãos por causa dos efeitos climáticos deste fenómeno meteorológico.

ZAP / ABr

4 Comments

    • Sim, sim o culpado de todos os problemas da Venezuela é mesmo o Maduro!..
      Os países “civilizados” tudo fazem para os ajudar (com fizeram em toda a América latina nos últimos 100 anos)…
      Ou não!…

  1. Só não vê quem não quer qual é o resultado das medidas tão defendidas pelos expert da esquerda demagógica e populista e facilitistá.
    Apregoar o paraíso e construir um inferno!!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE