Veneno da aranha armadeira pode ser mais eficaz do que o Viagra

deepgreen_moiseslima / Flickr

Aranha armadeira, também conhecida por aranha bananeira

Aranha armadeira, também conhecida por aranha bananeira

A aranha armadeira, a espécie mais temida no Brasil, pode afinal ter mais um propósito do que apenas deixar mal quem a chateie. Cientistas brasileiras descobriram que pode ser a solução para homens que sofrem de disfunção erétil.

Segundo o El Español, esta aranha vive perto das povoações, esconde-se em sítios escuros e deixa em mau estado as pessoas que se atravessam no seu caminho. É que uma simples picada provoca dores intensas em todo o corpo, suores, taquicardia, hipertensão e vómitos. Aliás, no caso dos mais velhos, crianças e pessoas com um estado de saúde mais frágil pode provocar até a morte.

No entanto, em 1987, cientistas da Fundação Ezequiel Dias (FUNED), em Minas Gerais, descobriram uma parte do corpo dos homens que é especialmente atingida: o pénis. A dor intensa nessa zona é associada a uma ereção prolongada, um fenómeno conhecido na Medicina como “priapismo”.

E isto não tem de ser necessariamente mau porque, segundo os resultados desta equipa de investigadoras, o veneno da aranha pode vir a ser uma solução para os homens com disfunção erétil e, sobretudo, para aqueles que sofrem de problemas cardíacos e não podem tomar Viagra.

A responsável por esta investigação é Marta do Nascimento Cordeiro, uma bioquímica de 76 anos que, apesar de já estar reformada, continua empenhada em acabar com este problema de saúde que afeta tantos homens, conta o jornal espanhol.

“No geral, ao fracionar todos os venenos encontramos moléculas com efeitos terapêuticos interessantes. É o caso da Phoneutria Nigriventer“, explica a investigadora. Este é o nome científico desta aranha que, além de “armadeira”, também é conhecida por “aranha bananeira” no Brasil por se esconder nas caixas onde se guardam as bananas.

A investigadora, juntamente com a também cientista Marcia Helena Borges, dedicou os últimos anos a tentar isolar a molécula responsável pela ereção, algo bastante difícil porque os cobaias usados “apresentavam priapismo mas morriam em poucas horas”.

Com a ajuda de Maria Elena de Luisa Pérez, investigadora da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), finalmente conseguiram chegar ao pretendido. Dos 48 aminoácidos responsáveis pela ereção, sintetizaram diferentes sequências e, por fim, conseguiram uma constituída por 19 aminoácidos que provoca a ereção (mas os cobaias sobrevivem).

Esta descoberta foi patenteada e vendida a uma farmacêutica, por isso, a cientista responsável pela investigação acredita que “dentro de três ou cinco anos, a solução para os problemas de disfunção erétil pode estar encontrada”. No entanto, “não depende só de nós, a indústria tem de investir”, alerta.

A investigação à volta do veneno da aranha pode também ajudar a desenvolver outros medicamentos como, por exemplo, analgésicos, neuroprotetores e inseticidas.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Vacina deve ser um bem global de saúde pública". OMS critica "nacionalismo de vacinas"

A Organização Mundial de Saúde (OMS) criticou na quinta-feira o "nacionalismo de vacinas" para a covid-19, afirmando que qualquer país terá benefícios económicos e de saúde se o resto do mundo recuperar da pandemia. "O nacionalismo …

Depois da explosão, os protestos em Beirute. Manifestantes anti-Governo pedem mudança política urgente

Esta quinta-feira, dezenas de manifestantes foram dispersos com gás lacrimogéneo quando protestavam na sequência da explosão em Beirute, capital do Líbano, que provocou pelo menos 149 mortos, cinco mil feridos e a destruição de casas …

Em vez de flores, família de Fernanda Lapa pede donativos por Bruno Candé

A família da atriz, que faleceu esta quinta-feira, apela a que quem queira oferecer flores para o funeral faça antes um donativo para os herdeiros do ator Bruno Candé, que foi assassinado, em Lisboa. "A Família …

Orbán diz que todos os migrantes ilegais são potenciais "bombas biológicas"

O primeiro-ministro da Hungria, o ultranacionalista Viktor Orbán, defendeu esta sexta-feira que se deve impedir a chegada de imigrantes ilegais ao país porque estes são potenciais "bombas biológicas" devido à covid-19. Conhecido pelos seus discursos contra …

Donald Trump proíbe transações com empresa chinesa detentora do TikTok

Donald Trump assinou uma ordem executiva que proíbe as transações com a ByteDance no prazo de 45 dias e o Senado já aprovou o projeto de lei que proíbe o descarregamento e utilização da aplicação. …

Preocupado com os incêndios, Marcelo admite interromper férias. Ontem foi o pior dia

O Presidente da Repúblic disse esta quinta-feira que está a acompanhar a vaga de incêndios que assola o território continental e admitiu a possibilidade de interromper as férias no Porto Santo se a situação piorar. "É …

Portugal foi o "patinho feio", mas volta a estar em contraciclo com a Europa (por bons motivos)

Portugal destaca-se agora por apresentar uma tendência de redução de novos casos de infeção pelo novo coronavírus, ao contrário de outros países europeus. Quando o novo coronavírus começou a ganhar terreno no continente europeu, Portugal foi …

Kim Jong-un insiste que a Coreia do Norte travou o vírus, mas intensifica combate à covid-19

Kim Jong-un tem repetido várias vezes que a Coreia do norte "travou o vírus maligno", mas o reforço das medidas de combate à covid-19 e a canalização urgente de material médico e alimentos para Kaesong …

Novo Banco tinha autorização de Bruxelas para financiar venda de imóveis

A DG Comp da Comissão Europeia autorizou o Novo Banco a conceder crédito aos compradores do imobiliário vendido pela instituição. Quando o Novo Banco foi constituído, o acordo assinado entre a Direção Geral da Concorrência europeia …

Quase cinco meses depois, a Champions está de volta

A Liga dos Campeões é retomada esta sexta-feira, quase cinco meses depois da suspensão devido à pandemia de covid-19. Suspensa logo depois do jogo Leipzig-Tottenham, disputado a 11 de março, a prova milionária está de regresso …