Nas pinturas de Van Gogh predomina a cor amarela (e isso tem uma explicação científica)

Van Gogh Museum

As obras do pintor Van Gogh encaixam-se na corrente artística do pós-impressionismo. Estas caraterizam-se por terem cores fortes com capacidade de atrair um público bastante diversificado. Mas por que razão predominavam quase sempre as mesmas cores? A ciência pode responder a esse enigma.

O trabalho de Van Gogh é extenso, mas entre as suas obras mais conhecidas está a pintura a óleo “Girassóis”.

A realização desta magnífica obra foi possível graças à utilização de novos pigmentos desenvolvidos ao longo do século XIX, sobretudo o amarelo cromado, que conferiu aos girassóis uma cor luminosa.

Porém, atualmente, as pinturas já não apresentam o tom amarelo intenso que as marcava na época, dando agora lugar a um tom mais ambíguo entre o amarelo e o castanho. Esta mudança pode ser explicada por mudanças químicas que ocorrem no pigmento amarelo cromo devido à exposição aos raios ultravioleta.

De qualquer forma, Van Gogh tinha uma preferência pela cor amarela, manifestando-se em grande parte das suas obras.

Segundo o The Convsersation, a indiscutível preferência do pintor pela cor amarela tem sido associada à dedaleira, uma planta medicinal que era utilizada para o tratamento de diversas doenças. No século XIX a dedaleira era usada para tratar crises maníaco-depressivas, e por isso o pintor costumava usá-la na tentativa de amenizar as crises que muitas das vezes tinha.

Infelizmente, pacientes que consumiram essa substância em excesso desenvolveram xantopsia, uma doença que alterava a perceção das cores. Os indivíduos com esta patologia tendiam a ver objetos com uma tonalidade mais amarelada.

Nessa perspetiva, Van Gogh via o mundo através de um filtro amarelo causado pelo remédio que consumia, e assim o pintor transferiu apenas os tons que observava para as suas obras, escreve Raúl Rivas González, professor na Universidade de Salamanca, no seu artigo.

A dedaleira foi receitada a Van Gogh pelo seu médico pessoal, Paul Gachet. Aliás, no retrato que Van Gogh fez de Gachet, o médico aparece com um bouquet de dedaleiras em cima da mesa.

Gachet estava ciente dos efeitos colaterais que a substância poderia causar, por isso recomendou com veemência que não usasse drogas ao mesmo tempo que administrava a planta, pois esta mistura poderia causar síncope ao desacelerar os batimentos cardíacos ou causar paralisia de órgãos.

Com uma xantopsia aguda, os brancos e os amarelos seriam indistinguíveis para o pintor, e os azuis dos verdes, mas alguns especialistas concluíram que o artista sofria da doença em grau moderado.

Outras hipóteses sugerem que é possível que o pintor sofresse de glaucoma subagudo de ângulo fechado. Esta doença visual explicaria os “halos” que Van Gogh pintou em algumas das suas obras e que se evidenciam em várias pinturas, como “O Café Noturno” ou “A Noite Estrelada”.

Ainda assim, e no meio de tantas teorias, o trabalho de Van Gogh continua repleto de enigmas não solucionados, mas sempre com a certeza da presença de uma beleza extraordinária.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Esta teoria é um absurdo pois, se ele via as coisas mais amarelas por causa da medicação que tomava, então também veria o que estivesse a pintar mais amarelo. Deste modo, pintaria a realidade tal como ela é.

    Mas ok, isto tem a ver com o fascínio que este agregador tem pelo termo “científico”. Se estiver lá a palavra “científico” mesmo que a conclusão seja absurda como é o caso, não faz mal. É científico, é cool…

  2. A cor amarela pode ser explicada por compostos de cádmio, um metal pesado que acarretaria graves danos neurologicos ao pintor. O caminho “científico” começa pela composição química dos pigmentos e não por pseudo-enigmas não solucionados.

RESPONDER

Em plena pandemia, houve cinco setores que conseguiram faturar mais do que em 2019

Apesar de a pandemia ter levado muitos setores da economia para os piores resultados de sempre, nem todos perderam faturação durante os meses de março a novembro da crise sanitária, algum conseguiram mesmo aumentar. Neste sentido, …

Pesadelo de Özil no Arsenal chega ao fim com transferência para o Fenerbahçe

O futebolista alemão Mesut Özil, dos ingleses do Arsenal, confirmou que vai assinar pelos turcos do Fenerbahçe, depois de vários meses sem jogar pelos 'gunners'. "Estou muito feliz e muito animado, por Deus me ter dado …

Palácio mais antigo da China é descoberto perto de antiga capital. Tem mais de 5000 anos

Um Palácio descoberto no sítio arqueológico de Shuanghuaishu, nos arredores da cidade de Zhengzhou, uma das oito capitais antigas da China, foi construído por volta de 3300 a.C., ou seja, tem atualmente cerca de 5.300 …

"Há exceções a mais". Marques Mendes defende que Governo deve reavaliar medidas de confinamento

No seu habitual espaço de comentário na SIC, no domingo à noite, Luís Marques Mendes falou sobre as novas medidas de confinanento e das eleições presidenciais. Depois de uma semana a bater recordes em números de …

O cenário "é de guerra" e o medo é de a perder. Temido admite que "estamos muito próximos do limite"

Após uma visita ao Hospital Garcia de Orta, que alertava no sábado para um "cenário de pré-catástrofe", Marta Temido admitiu que o Serviço Nacional de Saúde, os operadores sociais e privados estão em "extremo sobreesforço". Marta …

Discutir sobre temas controversos requer mais atividade cerebral do que concordar

Uma nova investigação da Universidade de Yale, nos Estados Unidos, confirmou aquilo que o senso comum já vaticinava: discutir sobre temas controversos requer muito mais atividade cerebral do que simplesmente concordar. De acordo com a nova …

Estado de emergência vai manter-se até março. Marcelo admite confinar mais o país

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, esteve este domingo no Hospital Santa Maria, em Lisboa, onde admitiu confinar mais o país devido à pressão nos hospitais. Em declarações aos jornalistas, Marcelo Rebelo de Sousa, …

"São dores de crescimento". CNE admite problemas no voto antecipado, mas promete solução no futuro

Domingo foi dia de voto antecipado para 246.880 eleitores, um número recorde desde que esta modalidade foi introduzida no país. As longas filas e alguns ajuntamentos, numa altura em que o país vive um novo …

Costa convoca Conselho de Ministros extraordinário. Café ao postigo em risco (e ATL até 12 anos podem reabrir)

O Governo convocou um Conselho de Ministros extraordinário para decidir novas medidas de confinamento. Em cima da mesa estará a hipótese de acabar com o café ao postigo e a possível abertura dos ATL até …

Sérgio Oliveira, Luis Díaz e Evanilson testam positivo e vão falhar clássico

Os três jogadores azuis e brancos testaram positivo à covid-19, este domingo, e falham assim o jogo frente ao Sporting na meia-final da Taça da Liga. De acordo com o jornal A Bola, os jogadores do …