Nas pinturas de Van Gogh predomina a cor amarela (e isso tem uma explicação científica)

Van Gogh Museum

As obras do pintor Van Gogh encaixam-se na corrente artística do pós-impressionismo. Estas caraterizam-se por terem cores fortes com capacidade de atrair um público bastante diversificado. Mas por que razão predominavam quase sempre as mesmas cores? A ciência pode responder a esse enigma.

O trabalho de Van Gogh é extenso, mas entre as suas obras mais conhecidas está a pintura a óleo “Girassóis”.

A realização desta magnífica obra foi possível graças à utilização de novos pigmentos desenvolvidos ao longo do século XIX, sobretudo o amarelo cromado, que conferiu aos girassóis uma cor luminosa.

Porém, atualmente, as pinturas já não apresentam o tom amarelo intenso que as marcava na época, dando agora lugar a um tom mais ambíguo entre o amarelo e o castanho. Esta mudança pode ser explicada por mudanças químicas que ocorrem no pigmento amarelo cromo devido à exposição aos raios ultravioleta.

De qualquer forma, Van Gogh tinha uma preferência pela cor amarela, manifestando-se em grande parte das suas obras.

Segundo o The Convsersation, a indiscutível preferência do pintor pela cor amarela tem sido associada à dedaleira, uma planta medicinal que era utilizada para o tratamento de diversas doenças. No século XIX a dedaleira era usada para tratar crises maníaco-depressivas, e por isso o pintor costumava usá-la na tentativa de amenizar as crises que muitas das vezes tinha.

Infelizmente, pacientes que consumiram essa substância em excesso desenvolveram xantopsia, uma doença que alterava a perceção das cores. Os indivíduos com esta patologia tendiam a ver objetos com uma tonalidade mais amarelada.

Nessa perspetiva, Van Gogh via o mundo através de um filtro amarelo causado pelo remédio que consumia, e assim o pintor transferiu apenas os tons que observava para as suas obras, escreve Raúl Rivas González, professor na Universidade de Salamanca, no seu artigo.

A dedaleira foi receitada a Van Gogh pelo seu médico pessoal, Paul Gachet. Aliás, no retrato que Van Gogh fez de Gachet, o médico aparece com um bouquet de dedaleiras em cima da mesa.

Gachet estava ciente dos efeitos colaterais que a substância poderia causar, por isso recomendou com veemência que não usasse drogas ao mesmo tempo que administrava a planta, pois esta mistura poderia causar síncope ao desacelerar os batimentos cardíacos ou causar paralisia de órgãos.

Com uma xantopsia aguda, os brancos e os amarelos seriam indistinguíveis para o pintor, e os azuis dos verdes, mas alguns especialistas concluíram que o artista sofria da doença em grau moderado.

Outras hipóteses sugerem que é possível que o pintor sofresse de glaucoma subagudo de ângulo fechado. Esta doença visual explicaria os “halos” que Van Gogh pintou em algumas das suas obras e que se evidenciam em várias pinturas, como “O Café Noturno” ou “A Noite Estrelada”.

Ainda assim, e no meio de tantas teorias, o trabalho de Van Gogh continua repleto de enigmas não solucionados, mas sempre com a certeza da presença de uma beleza extraordinária.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Esta teoria é um absurdo pois, se ele via as coisas mais amarelas por causa da medicação que tomava, então também veria o que estivesse a pintar mais amarelo. Deste modo, pintaria a realidade tal como ela é.

    Mas ok, isto tem a ver com o fascínio que este agregador tem pelo termo “científico”. Se estiver lá a palavra “científico” mesmo que a conclusão seja absurda como é o caso, não faz mal. É científico, é cool…

  2. A cor amarela pode ser explicada por compostos de cádmio, um metal pesado que acarretaria graves danos neurologicos ao pintor. O caminho “científico” começa pela composição química dos pigmentos e não por pseudo-enigmas não solucionados.

RESPONDER

Encontradas fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico

Investigadores encontraram fibras de poliéster em todo o Oceano Ártico. As evidências sugerem que lavar as nossas roupas está a contribuir para esta contaminação. Há muito tempo que o Ártico provou ser um barómetro da saúde …

Campus universitários nos Estados Unidos podem tornar-se super-propagadores da covid-19

Os campus universitários podem tornar-se super-propagadores do novo coronavírus, que causa a covid-19, para toda a sua área de abrangência, concluiu uma nova investigação levada a cabo nos Estados Unidos. Analisando os 30 campus universitários …

A "máscara mais inteligente do mundo" é recarregável, tem microfone e dá luz

A Razer afirma ter criado a máscara mais inteligente do mundo. O Projeto Hazel é um design com um revestimento externo feito de plástico reciclado à prova de água e é transparente para permitir a …

Novo tratamento permite que pessoas com lesões na espinal medula voltem a mexer mãos e braços

Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington conseguiu ajudar seis participantes com lesões traumáticas da espinal medual a recuperar alguma mobilidade de mãos e braços. Muitas das pessoas que sofrem lesões traumáticas da espinal medula …

Ventiladores comprados à China custaram 1,3 milhões. Autarquias algarvias vão pedir devolução do dinheiro

Os 30 ventiladores comprados à China seriam usados nos hospitais do Algarve, mas os equipamentos não funcionam. Os autarcas vão agora exigir devolução do dinheiro. De acordo com a edição do jornal Público deste domingo, o …

EUA um passo atrás da China. Pequim leva avanço na Guerra Comercial (e as suas exportações estão em alta)

No ano em que a pandemia se expandiu em todo o mundo, muitos países viram-se em mãos com graves problemas financeiros e económicos. No caso da China, a situação foi mais positiva e o país …

Alexei Navalny detido no regresso à Rússia

O líder da oposição russa, Alexei Navalny, foi detido este domingo no aeroporto em Moscovo quando regressava à Rússia. Os serviços prisionais russos (FSIN) detiveram o opositor russo Alexei Navalny, este domingo, à chegada a Moscovo, acusando-o …

Prazo para trocas ou devoluções suspenso durante confinamento

O prazo para efetuar trocas ou devoluções de bens ficará suspenso durante o atual confinamento e as garantias que terminem neste período ou nos 10 dias seguintes serão prorrogadas por 30 dias, segundo diploma publicado …

Desde 2001 que polícias negros alertam para racismo de agentes do Capitólio

Com a invasão do Capitólio, investiga-se o alegado racismo existente na Polícia do Capitólio. Desde 2001 que agentes negros denunciam casos de discriminação racial no departamento. Desde 2001, centenas de agentes policiais negros processaram o departamento …

Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde. Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a …