Sem reforços e sem Ronaldo, United “poderá acabar abaixo do meio da tabela”

1

cv

Gary Neville, antigo jorgador do Manchester United

Gary Neville considera que o Manchester United pode acabar abaixo do meio da tabela se não contratar reforços e se perder Cristiano Ronaldo.

O Manchester United abriu a temporada com duas derrotas. A mais recente foi uma goleada por 4-0, frente ao Brentford. Este foi um resultado que deixou expostos os problemas dos red devils.

O antigo futebolista e agora comentador desportivo Gary Neville disse que o clube precisa urgentemente de reforços de peso. Além disso, defende que o emblema de Old Trafford deve manter Cristiano Ronaldo na equipa.

“É preciso tomar uma decisão gigante com o Cristiano Ronaldo. Que decidam de uma vez por todas. Antes deste resultado diria que o melhor era deixar sair Ronaldo. O problema é que caso ele parta não têm ninguém que marque os golos”, disse Neville à Sky Sports.

“Penso, de verdade, que caso não sejam contratados jogadores nas próximas duas semanas ou se garantem maus reforços e se Ronaldo partir, o United poderá acabar abaixo do meio da tabela. Eles são uma equipa do meio da Premier League. O United atravessa o momento mais difícil desde 1974″, acrescentou.

Gary Neville referia-se à época de 1973/74, em que o United terminou no penúltimo lugar e desceu ao segundo escalão do futebol inglês.

Até ao momento, o Manchester United garantiu as contratações de Lisandro Martínez, por 57,37 milhões de euros; Tyrell Malacia, por 15 milhões de euros; e Christian Eriksen, a custo zero.

  ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.