UE não cumprirá metas climáticas até 2030 sem um maior esforço dos Estados membros

A União Europeia (UE) declarou que não conseguirá cumprir até 2030 as metas de redução dos gases com efeito estufa, salvo se os Estados membros fizerem um maior esforço em relação ao que tem sido feito até agora.

A Agência Europeia do Meio Ambiente (AEA) revelou esta quarta-feira, através do relatório Estado e as perspectivas do Ambiente, que as medidas existentes colocam a UE no caminho de reduzir as suas emissões em 30% na próxima década, em comparação com os níveis de 1990, noticiou a agência Lusa.

Atualmente, o bloco de 28 países tem uma meta de 40% até 2030, sendo que alguns até pediram que essa meta fosse aumentada para 55%.

Este relatório foi divulgado numa altura quando quase 200 países estão reunidos em Madrid, Espanha, para discutir as alterações climáticas. A Cimeira sobre as Alterações Climáticas, conhecida como COP25, irá decorrer até 13 de dezembro na capital espanhola.

Como salientou o Público, referindo o mesmo relatório, só dois dos 13 objetivos definidos para a proteção da natureza e conservação da biodiversidade deverão ser atingidos, com a designação de zonas marinhas e áreas terrestres protegidas.

“Sem medidas urgentes para fazer face ao ritmo alarmante da perda de biodiversidade, ao aumento dos impactos das alterações climáticas e ao consumo excessivo de recursos naturais, a Europa não atingirá os seus objetivos para 2030”, resultando numa maior deterioração da natureza e um agravamento da poluição do ar, da água e do solo, estimaram os autores do relatório.

(dr) Espen Rasmussen

Para o diretor executivo da AEA, Hans Bruyninckx, citado no relatório, “o ambiente da Europa está num ponto de viragem. Nos próximos dez anos, temos uma estreita janela de oportunidade para ampliar as medidas destinadas a proteger a natureza, reduzir os impactos das alterações climáticas e reduzir radicalmente o consumo de recursos naturais”.

“A nossa avaliação mostra que mudanças graduais resultaram em progressos em alguns domínios. Mas não são suficientes para cumprir os nossos objetivos de longo prazo”, acrescentou o responsável.

Os autores do relatório avisaram ainda que “a Europa não alcançará a sua visão de sustentabilidade e de viver dentro dos limites do planeta se continuar promover o crescimento económico e a procurar apenas gerir os impactes ambientais e sociais”.

É necessário “ampliar e acelerar radicalmente as ações destinadas a colocar novamente a Europa no caminho certo para cumprir os seus objectivos e metas de política ambiental a médio e longo prazo”, frisaram.

“Dispomos dos conhecimentos e das tecnologias, isto é, já temos hoje as ferramentas necessárias para tornar sustentáveis os principais sistemas de produção e consumo: a alimentação, a energia, a mobilidade”, salientou o diretor executivo da AEA, sustentando que “o nosso bem-estar e prosperidade futuros dependem disso”.

Apesar de a UE ter alcançado melhorias ao nível da eficiência dos recursos e da exploração da economia circular, as tendências globais ambientais na Europa não melhoraram nos últimos cinco anos, assinalaram os autores. Contudo, acreditam ainda haver tempo para reverter esse quadro, de forma a cumprir os objetivos definidos para 2030 e 2050.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Coreia do Sul organizou um espetáculo de luzes para agradecer e incentivar o uso de máscara

A Coreia do Sul tem sido dos países com maior sucesso no combate à pandemia de covid-19. Com receio de uma segunda vaga, o Governo organizou uma forma incomum de agradecer aos profissionais de saúde …

Desgostos e namoriscos com humanos. Aquário de Quioto expõe complexas relações dos pinguins num fluxograma

O Aquário de Quioto, antiga capital do Japão, tem um fluxograma onde expõe as relações dos seus pinguins. Entre diferenças de idade, desgostos de amor e até namoriscos com humanos, as relações entre estes animais …

O sangue azul do caranguejo-ferradura é fundamental para a vacina da covid-19. Mas há um problema

O sangue azul do caranguejo-ferradura pode ser um elemento muito importante para encontrar a vacina para a covid-19, mas há um grande senão. O sangue azul do caranguejo-ferradura (Limulus Polyphemus) é a única fonte natural conhecida …

Jovem guarda-redes russo atingido por raio durante um treino

Ivan Zakborovsky, um jovem guarda-redes russo, está em coma induzido. O clube já revelou que o atleta não corre perigo. Ivan Zakborovsky, um guarda-redes de apenas 16 anos do Znamaya Truda, da Rússia, foi atingido por …

Elegante, leve e com fibra de carbono. O Tyr quer ser diferente de todos os outros caiaques

Embora os caiaques com assento se tenham tornado muito populares entre os pescadores, a maioria dos barcos é bastante tubular, pesada e de plástico. O Tyr da Apex Watercraft é diferente por ser elegante, leve …

2029 Majestic, a mota elétrica futurista com um design centenário

A 2029 Majestic é inspirada no modelo original de 1929, mas tem um motor elétrico e peças impressas em 3D. É o casamento ideal entre tecnologia e a tradição. Em 1929, Georges Roy criou a Majestic, …

Fernando Alonso regressa à Fórmula 1 com a Renault

O piloto espanhol Fernando Alonso vai regressar à Fórmula 1 depois de ter abandonado a modalidade em 2018. Assina agora um contrato de dois anos com mais um de opção. A escuderia Renault anunciou esta quarta-feira …

China reitera que não participará no diálogo EUA/Rússia para reduzir arsenal atómico

A China reiterou, esta quarta-feira, que não entrará nas negociações entre os Estados Unidos e a Rússia para um novo acordo que limite a quantidade de armas nucleares, e acusou Washington de “constituir uma ameaça”. Pequim …

Traumas na infância e um pai "sociopata". As revelações do livro da sobrinha de Trump

O livro de memórias de Mary Trump, sobrinha do Presidente norte-americano Donald Trump, já chegou às mãos de vários jornalistas nos Estados Unidos. A data de publicação está marcada para dia 14 de julho. No livro, …

Rússia detém antigo jornalista por acusações de traição

O ex-jornalista Ivan Safronov, assessor do diretor da agência espacial russa Roscosmos, foi detido esta terça-feira e acusado de traição. Esta terça-feira, as autoridades russas prenderam um antigo jornalista que trabalhava agora como assessor do chefe …