Trump pede à ONU atribuição de sanções à China por ter “ocultado factos relevantes”

Stefani Reynolds / EPA

O Presidente dos EUA, Donald Trump, exortou hoje as Nações Unidas a “pedirem responsabilidades à China” pela sua atuação na fase inicial da expansão da pandemia de covid-19.

Na sua intervenção durante o debate geral da 75.ª sessão da Assembleia Geral da ONU, Trump fez duras críticas à atuação da China perante a pandemia, acusando o país asiático de não ter alertado para os riscos reais da propagação do novo coronavírus e de ter “ocultado factos relevantes” sobre a crise sanitária.

O Presidente dos EUA incitou ainda as Nações Unidas a sancionarem a China pela sua atuação durante a pandemia, antes de lançar vários outros ataques a Pequim, nomeadamente na área ambiental, acusando o Governo chinês de ser o principal poluidor dos oceanos, depositando muitas toneladas de plástico nas águas.

Donald Trump aproveitou a sua intervenção para fazer um elogio ao papel dos EUA na “restauração da paz mundial”, lembrando a mediação nos acordos entre Israel e o Bahrein e os Emirados Árabes Unidos.

“Estamos a criar um novo Médio Oriente”, disse Trump, alegando que os acordos israeliano-árabes são igualmente positivos para a paz no planeta e que vai lutar para que surjam novos tratados.

“Somos líderes na defesa dos direitos humanos”, disse Trump, invocando os tratados com vários países da América central, na defesa dos interesses dos migrantes que cruzam fronteiras, fugindo de atrocidades de outros países.

Trump falou ainda da retirada de tropas norte-americanas do Afeganistão, como uma prova de que os Estados Unidos estão envolvidos em soluções de pacificação de conflitos, apesar do seu poderio militar.

“Somos a maior potência militar. Temos as mais poderosas e avançadas armas. Esperamos nunca ter de as usar”, disse Trump, invocando o enorme investimento que os EUA têm feito no desenvolvimento militar.

Trump disse ainda que os EUA foram responsáveis pela “eliminação a 100%” do Estado Islâmico e pelo endurecimento no combate ao terrorismo em várias partes do mundo.

“A prosperidade dos Estados Unidos é a base da prosperidade do mundo”, concluiu o Presidente norte-americano, prometendo continuar a lutar pela paz e pelo desenvolvimento.

Trump disse que os EUA estão na busca de uma vacina para a covid-19, que será aplicada em massa logo que esteja disponível, garantindo que o país vai “eliminar o vírus. Vamos vencer a pandemia”.

Lusa ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …

SOS Rio Paiva pede que se limite o número de visitantes à ponte e Passadiços do Paiva

A associação SOS Rio Paiva manifestou-se preocupada com o aumento da pressão turística e com a poluição, na sequência da inauguração da ponte suspensa em Arouca, e pediu que se limite o número de visitantes. A …

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo

O seu antigo número de telemóvel pode ser usado para pirateá-lo, caso este ainda esteja associado a contas em sites ou redes sociais. Embora milhões de números de telemóvel sejam desconectados todos os anos, um novo …

Ataque à bomba contra escola feminina em Cabul faz 30 mortos e 79 feridos

A explosão de uma bomba junto a uma escola secundária para raparigas na zona ocidental de Cabul fez hoje pelo menos 30 mortos e 79 feridos, segundo um novo balanço feito pelas autoridades afegãs. “O número …

Tamám Shud. Exumação de corpo pode resolver um estranho mistério com 70 anos

As autoridades da Austrália aprovaram uma exumação do corpo de Tamám Shud - ou "Homem de Somerton" - e, em breve, o mistério de 70 anos pode estar resolvido. Em 30 de novembro de 1948, vários …

Costa, Von der Leyen na Cimeira Social no Porto

Vacinação no bom caminho com 25% da população da UE vacina

A Comissão Europeia anunciou este sábado que 200 milhões de doses de vacinas anticovid-19 chegaram já à União Europeia (UE) e 160 milhões de europeus já receberem a primeira dose, levando a que a vacinação …

Libertados nos EUA os primeiros mosquitos geneticamente modificados

Foi a primeira vez que mosquitos geneticamente modificados foram libertados nos Estados Unidos. O objetivo é suprimir populações de mosquitos transmissores de doenças. De acordo com o site Live Science, a empresa de biotecnologia Oxitec lançou …