Tribunal japonês suspende atividade de reator nuclear que tinha recebido luz verde

Um tribunal no Japão ordenou esta sexta-feira que o reator nuclear da central de Ikata (oeste do país) pare por razões de segurança, numa decisão que revoga uma anterior que deu luz verde ao seu funcionamento.

O Tribunal Superior de Hiroshima concluiu que o operador da central, Shikoku Electric, e o regulador nuclear subestimaram o risco para os habitantes da área com uma possível erupção do vulcão Aso, localizado a 130 quilómetros da central de Ikata, de acordo com a sentença divulgada pela televisão estatal NHK, noticiou a agência Lusa.

Esse tribunal já havia decidido em dezembro de 2017 ordenar a suspensão do reator número 3 dessa central pelo mesmo motivo e tornou-se a primeira alta instância japonesa a questionar os novos requisitos de segurança aplicados no Japão após a catástrofe atómica de Fukushima de 2011.

No entanto, a instância judicial mais alta de Hiroshima aceitou, em setembro de 2018, o recurso apresentado pelo operador com o argumento de que o risco de erupção vulcânica era muito pequeno e, portanto, permitiu à empresa reativar o reator em outubro do mesmo ano.

Desta vez, o tribunal levou em consideração as alegações apresentadas por um grupo de cidadãos da cidade de Yamaguchi, adjacente à central, que novamente revelou os riscos decorrentes de uma eventual erupção do Monte Aso.

O reator Ikata 3 foi um dos poucos no país que recebeu permissão para operar sob os regulamentos pós-Fukushima, embora tenha sido temporariamente desativado por uma inspeção do operador.

A Shikoku Electric anunciou que vai recorrer da decisão do Tribunal, que representa um novo revés judicial para os planos das operadoras japonesas e do governo de reativar progressivamente os reatores que atendem aos novos requisitos de segurança.

Lusa //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “O mais rigoroso padrão de regulamentação do mundo” “O Comitê de Regulação Nuclear do Japão, que tem alta independência”, disseram o secretário do gabinete do Japão ou o ministro da Economia repetidamente, mas essas observações não têm base.

RESPONDER

Equipa de campanha de Trump processa The New York Times por difamação

A equipa de campanha de Donald Trump processou o The New York Times. Em causa está um artigo publicado em março do ano passado. A equipa de campanha de Donald Trump alega que o jornal publicou, …

Enfermeiros que deixem de ser chefes regressam ao início da carreira

Há enfermeiros que regressaram ao início de carreira depois de terem abandonado as suas funções de chefia, revela o jornal Público. Tal como escreve o matutino, que avança a notícia esta quinta-feira, para que estes …

"Ronaldo foi abandonado pela equipa". Imprensa italiana arrasa Juve e elogia CR7

O Lyon tirou partido do fator casa e surpreendeu a octocampeã italiana, Juventus, em França, e ganhou esta quarta-feira uma vantagem importante - embora ténue - na eliminatória com os bianconeri para a Liga dos …

Costa desaconselha viagens de finalistas. Associação de pais diz que "não vale o risco"

O primeiro-ministro, António Costa, admitiu esta quinta-feira que Portugal acabará por ter casos de coronavírus "mais cedo ou mais tarde". No entender líder do Executivo, que falava aos jornalistas em Bragança à margem da primeira …

Esquerda está contra, PSD não dá a mão. Montijo está em risco (mas "não há drama")

O ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, vai respeitar a decisão da maioria do Parlamento. "Acataremos, não há drama". Esta quarta-feira, Pedro Nuno Santos respondeu às críticas da esquerda acerca da vontade do Governo …

Reino Unido admite abandonar negociações com a União Europeia

O Governo britânico admite abandonar as negociações com a União Europeia (UE) para um acordo pós-Brexit se não houver progressos até junho, refere um documento publicado esta quinta-feira com a posição do Reino Unido. Num documento …

Bancos avisam: Proibir comissões vai levar a fecho de balcões e despedimentos

A Associação Portuguesa de Bancos (APB) é contra a proibição de comissões bancárias ou a sua limitação em valor e em número, no MB Way e nos contratos de crédito. As propostas vão ser discutidas …

Juiz Vaz das Neves usou Relação de Lisboa para ganhar 280 mil euros com julgamento privado

O juiz Luís Vaz das Neves, ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, usou o salão nobre do tribunal para um julgamento privado com o qual ganhou 280 mil euros. De acordo com o jornal Público, …

Sergio Ramos é rei e senhor dos cartões vermelhos. Domina em todas as provas

O central Sergio Ramos foi esta quarta-feira expulso pela 26.ª vez na derrota do Real Madrid no Bernabéu frente ao Manchester City (2-1), na primeira-mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões. O futebolista espanhol …

Covid-19. Há oito novos casos suspeitos em Portugal (e vieram todos de Itália)

A Direção-Geral da Saúde confirmou 25 casos suspeitos, 18 dos quais tiveram resultados negativos depois de realizados testes laboratoriais. Nas últimas 24 horas, foram registados oito novos casos suspeitos. Dos novos casos suspeitos, cinco no Hospital …