Tribunal exige que Governo divulgue à Transparência e Integridade dados sobre vistos gold

O Tribunal Administrativo de Lisboa deu provimento a uma ação instaurada pela Transparência e Integridade a exigir que o Ministério da Administração Interna divulgue dados sobre a atribuição de Vistos Gold.

Em comunicado divulgado esta sexta-feira, a Transparência e Integridade (TI) refere que a ação foi interposta em abril de 2018 contra o Ministério da Administração Interna que por decisão, em novembro, do tribunal administrativo, tinha 10 dias para prestar a informação em falta, mas que ainda não a entregou à TI.

Para a vice-presidente da Transparência e Integridade, Susana Coroado, “esta sentença confirma o direito elementar dos cidadãos a questionarem os seus Governos e a acederem a informação de relevante interesse público – um direito que o Ministério da Administração Interna nos nega reiteradamente há quase dois anos”.

Segundo a TI, que faz parte da rede global de Organizações não Governamentais (ONG) anticorrupção TransparencyInternational, as informações solicitadas são importantes dado que a atribuição dos vistos Gold tem “levantado críticas e sinais de alarme do Parlamento Europeu, da Comissão Europeia e mais recentemente do Comité Económico e Social Europeu, pelos riscos de corrupção, branqueamento de capitais e até de segurança que colocam”.

O pedido de acesso à informação feito pela TI é referente a dados como Autorizações de Residência para Investimento (ARI), número total de vistos por distribuição geográfica, por nacionalidade e por área de atividade.

A associação quer ainda ter acesso ao número de investimentos realizados por empresas, número de postos de trabalho criados e quantos foram os pedidos recusados ou cancelados desde o início dos programas, discriminado por país de origem dos requerentes.

// Lusa

 

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Mas a transparência quer Governo divulgue à Transparência e Integridade dados sobre vistos Gold os desde que este governo é governo ou os anteriores também? E porque não exigir que nós cidadãos tenhamos o direito de ver todos os documentos das várias negociatas feitas por todos os governantes? Se os cidadãos vissem a negociata da Luso pontes iam ficar de queixo caído, quando soubessem que nessa negociação a lusa ponte ficou “como dona” do rio Tejo, qualquer ponte que o governo seja este ou outro queira fazer tem de ter o aval da Luso Ponte, e como esse caso a centenas iguais.

RESPONDER

Coutinho quer voltar à Premier League (e já há cinco clubes na corrida)

Philippe Coutinho está interessado em regressar à Premier League, havendo já cinco clube ingleses na corrida pelo internacional brasileiro. Manchester United, Arsenal, Chelsea, Tottenham e Leicester são os clubes interessados em levar Coutinho de volta …

China criou um sistema para rastrear doenças infecciosas. Falhou (e já se sabe porquê)

Em 2002, o vírus SARS saiu da província chinesa de Cantão e propagou-se por 37 países, provocando 774 mortos e mais de oito mil infetados. Para que não voltasse a acontecer, o país criou um …

Ministro holandês faz mea culpa. "Não fomos suficientemente empáticos" com o sul da Europa

O ministro das Finanças holandês reconheceu que foi infeliz nas posições que assumiu sobre a resposta económica à pandemia de covid-19, assumindo que mostrou pouca “empatia” com os países do sul da Europa. Em declarações à …

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …