Desta vez, é um tratamento para a osteoporose que pode curar calvície

Um medicamento utilizado para o tratamento da osteoporose poderá curar a calvície. De acordo com um estudo, cerca de quatro em cada 10 homens sofrem desta condição até aos 45 anos.

A calvície (alopecia androgenética ou AAG) é um problema difícil de contornar. No entanto, investigadores britânicos mostraram que um medicamento para a osteoporose poderá ser a resposta.

Num estudo, publicado esta terça-feira na PLOS Biology e liderado pelo investigador da Universidade de Manchester Nathan Hawkshaw, os cientistas mostraram que o medicamento para a osteoporose estimula o crescimento capilar até três vezes em relação a medicamentos com propriedades específicas para tratar a calvície.

Os cientistas decidiram estudar o fármaco Ciclosporina A (CsA), usado normalmente como imunossupressor, que estimula o crescimento dos folículos pilosos, em laboratório. O CsA aumenta inesperadamente o cabelo devido à atividade da proteína SFRP1, responsável por prevenir o crescimento de folículos capilares.

No entanto, este fármaco não pode ser utilizado para estes fins devido aos seus efeitos secundários extremos. A esperança está na variação do medicamento, descoberta pelos investigadores, que é mais eficaz a localizar a proteína e a evitar a perda de cabelo. Trata-se do modelo WAY-316606, um fármaco destinado ao combate à osteoporose.

A investigação foi realizada a partir de amostras de folículos capilares do couro cabeludo de mais de 40 pacientes que tinham realizado transplantes capilares. Nos testes com o medicamente, os investigadores aperceberam-se que os folículos doados cresceram cerca de dois milímetros em apenas seis dias, nota a Sábado.

“Os nossos testes mostram que o WAY-316606 é uma alternativa terapêutica eficaz para o tratamento de crescimento capilar. Além disso, o fármaco estimula também a produção de queratina, uma proteína que protege o cabelo” afirmou Nathan Hawkshaw.

Esta descoberta pode, assim, marcar a diferença na fervorosa luta contra a calvície masculina, já que pode ajudar a originar medicamentos mais eficazes e com menos efeitos secundários.

Atualmente, existem apenas dois medicamentos aprovados pela Agência Federal norte-americana (FDA) para travar esta condição: o minoxidil e a finasterida. No entanto, ambos são conhecidos pelos seus efeitos secundários e por não serem muito eficazes, restando aos pacientes como única opção o transplante de cabelo.

Agora, os investigadores vão realizar testes clínicos de forma a perceber se este medicamento pode ser utilizado em humanos e se é realmente eficaz.

Segundo o mesmo estudo, cerca de quatro em cada 10 homens sofrem de AAG até aos 45 anos e esse número sobre para os dois terços na chegada aos 60 anos.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A ciclosporina é usada há muitos anos nos transplantados e também nos doentes extremos de psoríase. A questão é que este ativo destrói o figado ou orgãos associados. Recordo que já morreu gente dessa forma em Portugal que, em desespero, não fizeram controle e uma administração moderada. Muito cuidado !!!

RESPONDER

Estados Unidos admitem possibilidade de novo surto no outono

O diretor do Instituto Nacional de Alergias e Doenças Infecciosas dos Estados Unidos disse haver a possibilidade de o país enfrentar um novo surto depois do verão, mas lembrou que nessa altura "várias coisas vão …

Mortes em Portugal estão a aumentar desde o início do mês (sem contar com a Covid-19)

Já morreram mais pessoas em Portugal, neste ano, do que em igual período do ano passado, com especial destaque para o  mês de Março, onde a taxa de mortalidade aumentou, mesmo sem contar com as vítimas de …

PCP quer reabrir camas e decretar preços máximos nos combustíveis para enfrentar pandemia

O PCP apresentou um pacote extenso de propostas para fazer face aos impactos do surto de covid-19. Entre elas está a reabertura do Hospital Militar. O PCP apresentou um conjunto de medidas para fazer face ao …

Houseparty nega pirataria e oferece recompensa milionária a quem provar "campanha difamatória"

A aplicação favorita de quem está em quarentena está sob acusação de piratear contas de outras apps. A Houseparty nega e oferece uma recompensa de 1 milhão de dólares a quem provar a "campanha de …

"Agricultura não pára". Há trabalho no campo para os trabalhadores em lay-off

Com a época das colheitas à porta e a falta de braços no campo, a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) vai propor ao Governo a criação de plataformas de emprego temporário para permitir aos …

Covid-19. Cerimónias fúnebres proibidas em Espanha

As cerimónias fúnebres foram hoje proibidas em Espanha, o segundo país mais afetado pela covid-19 no mundo, e os funerais não podem ter mais do que três pessoas presentes, para impedir a propagação da pandemia …

Falta de meios dificulta marcação de testes à Covid-19

Os utentes do Norte referenciados pelas autoridades de saúde para fazerem o teste à Covid-19 estão a ter grandes dificuldades na marcação nos laboratórios recomendados, devido ao disparo na procura e ao facto de a …

"Impõe-se manter as medidas de contenção", diz Marcelo

O Presidente da República afirmou esta terça-feira que se impõe manter as medidas de contenção que vigoram em Portugal, referindo que essa foi uma opinião unânime na segunda reunião técnica sobre a situação da covid-19 …

Crise poderá levar a Juve a vender Ronaldo por 70 milhões

A crise financeira causada pela pandemia de covid-19 poderá "obrigar" a Juventus a vender Cristiano Ronaldo por 70 milhões de euros, avança a imprensa italiana, frisando que existem mais dois cenários em cima da mesa. O …

Pavilhão Rosa Mota transformado em "Hospital de Missão" com 300 camas

O Pavilhão Rosa Mota, no Porto, entrará, na próxima semana, em funcionamento como “Hospital de Missão” e, com 300 camas, servirá para acolher doentes com poucos sintomas de covid-19 ou até assintomáticos sem “retaguarda familiar”. “Trata-se …