Tigresa “devoradora de homens” faz 9ª vítima

kohlmann.sascha / Flickr

-

As autoridades indianas anunciaram esta sexta-feira a morte da nona vítima de ataque de um tigre fêmea que, desde dezembro, devorou apenas pessoas do sexo masculino no norte do país, ganhando a fama de “devoradora de homens”.

Um funcionário do distrito de Bijnor, Salil Shukla, citado pela AFP, disse que a vítima é um jovem camponês que se deslocou à densa floresta perto do Parque Nacional Jim Corbett, no Estado de Uttar Pradesh.

“A vítima estava desaparecida desde quinta-feira. Ela foi para a selva para encontrar o seu gado”, contou Salil Shukla, assinalando que “esta é a nona vítima da devoradora de homens”.

“Devoradora de homens”

A história do felino assassino começou a 29 de dezembro, quando matou o agricultor Vijay Singh, de 20 anos, no distrito de Moraújo, também em Uttar Pradesh.

De acordo com fontes dos serviços florestais, sete dos ataques do animal ocorreram em Uttar Pradesh, enquanto o outro teve lugar no Estado vizinho de Uttarakhand.

A guarda-florestal indiana ativou, sem sucesso, um dispositivo para caçar o tigre fêmea e enviou seis homens armados para caçar o felino que “devora homens”. Apesar de terem sido colocadas várias armadilhas, a sua captura continua complicada, porque durante o dia esta se esconde nas plantações de canas-de-açúcar, que cobrem 90 por cento da região.

Para caçar suas presas, os caçadores estão a usar armadilhas ou iscas (cabras, por exemplo), enquanto os “Rangers” vasculham a floresta montados em elefantes, empunhando armas tranquilizantes.

Os moradores da vizinhança estão preocupados com a presença do tigre, refere a AFP, que entrevistou no distrito de Bijnor a irmã da mais recente vítima do animal.

“Pela primeira vez percebemos que vivemos tão perto de tigres”, disse Anand Saini, de 26 anos, sublinhando que “as crianças da aldeia são aconselhadas a não se aventurar para muito longe, especialmente na parte da manhã e depois do pôr do sol”.

O país dos tigres

A Índia tem cerca de 1.700 tigres, que representa 60 por cento da população mundial de uma espécie que também existe em outros países asiáticos como Bangladesh, Vietname, Tailândia, Nepal e Camboja.

Embora os ataques sejam raros, a perda do seu habitat natural pode fazer com que os animais e os seres humanos coabitem no mesmo espaço, tornando-se um perigo para a vida das pessoas.

Os ambientalistas consideram que um tigre que já consumiu carne humana dificilmente pode ser reintegrado no seu meio, pelo que a única solução responsável é matá-lo.

De acordo com o World Wildlife Fund, os tigres perderam 93% do território total que costumavam ocupar, 45% só na última década, devido ao aumento da população e consequente uso de áreas de florestas em campos agrícolas, áreas urbanas e locais mineiros.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Coloridos e selados. Descobertos no Egito sarcófagos com mais de 2.500 anos

As autoridades egípcias anunciaram esta segunda-feira a descoberta de uma coleção de sarcófagos datados de há mais de 2.500 anos, na zona arqueológica de Sakkara, a sul da cidade do Cairo. Em comunicado, citado pela agência …

Nokia vai criar para a NASA a primeira rede móvel operacional na Lua

O grupo finlandês Nokia vai fabricar para a NASA aquela que será a primeira rede móvel móvel na Lua, como parte de um projeto de base humana permanente da agência espacial norte-americana, foi esta segunda-feira …

Sarkozy acusado de "associação criminosa". Investigação sobre ligações à Líbia continua

Nicolas Sarkozy, o antigo Presidente francês, está a ser acusado de "associação criminosa" como parte de uma investigação sobre o financiamento da sua campanha presidencial de 2007, particularmente acerca dos seus alegados vínculos com o …

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em três milénios

A última década foi a mais quente do Oceano Atlântico em quase três milénios, aponta uma nova investigação da Universidade de Massachusetts em Amherst, nos Estados Unidos, e da Universidade de Quebec, no Canadá. As …

NASA apresenta rover "transformer" que vai explorar os penhascos íngremes de Marte

A NASA acaba de apresentar um rover de quatro rodas, denominado DuAxel, que se pode dividir em dois rovers de duas rodas separados. O robô foi projetado para, um dia, explorar alguns dos terrenos mais …

Veneno de vespa pode ter muito "potencial" na composição de antibióticos

Com o passar dos anos, a população começa a ficar mais resistente a certos medicamentos e estes deixam de fazer efeito. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu novas moléculas anti-microbianas a partir do veneno de …

"Ou és infetado ou morres de fome". Trabalhadores da Amazon nas Filipinas denunciam condições precárias

Trabalhadores contratados pela empresa de segurança Ring da Amazon que trabalham em call centers nas Filipinas denunciam condições de trabalho que dizem ser precárias, mostrando-se ainda mais preocupados com a situação por causa da pandemia …

"Momento muito duro". André Almeida sofreu rotura de ligamentos e arrisca paragem longa

O futebolista internacional português André Almeida sofreu uma entorse do joelho direito, que resultou numa “rotura do ligamento cruzado anterior e do ligamento lateral interno”, informou esta segunda-feira o Benfica. O lateral dos encarnados saiu aos …

Apoio à retoma. Empresas com perdas de 25% podem reduzir horário até 33% já esta terça-feira

Empregadores com quebra de faturação igual ou superior a 25% vão poder reduzir até 33% o horário dos trabalhadores, entre outubro e dezembro, segundo a alteração ao regime de retoma progressiva de empresas em crise. O …

Chega quer tornar voto obrigatório e sanções para quem não cumprir

O deputado único do Chega entregou uma nova proposta no âmbito do projeto de revisão constitucional do partido para tornar o voto obrigatório para todos os cidadãos que o possam exercer e sanções para quem …