Os tigres estão em risco e podem precisar de um “resgate genético”

(dr) Envato Elements

Os tigres estão sob ameaça e um novo estudo sugere que estes felinos podem precisar de um “resgate genético”. O acasalamento entre diferentes subespécies é uma opção.

Fragmentação do habitat, conflito entre humanos e vida selvagem, e caça ilegal são alguns dos problemas que põem em causa o futuro sustentável dos tigres, cujas populações mundiais estão em declínio e, com elas, também a sua diversidade genética, sugere um novo estudo.

Uma equipa de investigadores sequenciou 65 genomas de quatro subespécies de tigre para perceber o impacto destes problemas na sua diversidade genética. Os resultados mostram que existem fortes diferenças genéticas entre as diferentes subespécies, mas, surpreendentemente, estas surgiram há relativamente pouco tempo.

“O crescente domínio dos humanos em todo o mundo significa que a nossa compreensão de quais atributos de espécies e populações são mais adequados ao Antropocénico torna-se cada vez mais importante”, diz Elizabeth Hadly, professora de biologia ambiental da Universidade de Stanford, citada pelo portal Futurity.

O Antropocénico é um termo usado por alguns cientistas para descrever o período mais recente na história do planeta Terra.

Enquanto algumas populações estão bem adaptadas a um futuro dominado por humanos, outras nem tanto. Os resultados do estudo foram publicados na revista Molecular Biology and Evolution.

“A genómica de conservação está longe de ser uma ciência perfeita, mas este estudo feito com tigres sugere o poder da amostragem, adequada em toda a gama de espécies e do seu genoma”, acrescenta Hadly.

As subespécies de tigre começaram a exibir sinais de contrações significativas há cerca de 20 mil anos, altura que coincide com a transição da Idade do Gelo do Plistoceno e o aumento do domínio humano na Ásia, de onde a maioria das espécies são originárias.

Foram encontradas, por exemplo, adaptações genómicas a baixas temperaturas nos tigres-siberianos, que não se evidenciaram nas outras subespécies.

Apesar destas adaptações, tigres das populações estudadas têm baixa diversidade genética, sugerindo que se as populações continuarem a diminuir, o resgate genético pode precisar de ser considerado.

Uma forma pela qual o resgate genético pode ser necessário é através do acasalamento entre diferentes subespécies de tigre. Embora aumentar a diversidade genética seja um objetivo, outro pode ser selecionar as características que conferem maior sobrevivência num mundo em mudança, explica o Futurity.

Daniel Costa Daniel Costa, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já pode "adotar" um pedaço de Notre-Dame para ajudar na sua reconstrução

Uma organização está a dar a oportunidade de o público ajudar na reconstrução de artefactos específicos da catedral de Notre-Dame, em França, que foi parcialmente destruída por um incêndio em 2019. De acordo com a cadeia …

Proporção divina identificada na gerbera

Descobrir como se formam os padrões distintos e omnipresentes das cabeças das flores tem intrigado os cientistas há séculos. Quando se pede a alguém que desenhe um girassol, quase todas as pessoas desenham um grande círculo …

Audi apresenta o novo Q4 e-tron que traz uma autonomia até 520 km

Ainda antes do verão, a Audi vai colocar no mercado o seu primeiro SUV elétrico concebido de raiz e não adaptado a partir de uma plataforma concebida para motores a combustão. O Q4 e-tron destaca-se pela …

Vanuatu em alerta depois de um corpo com covid-19 ter dado à costa

Vanuatu proibiu viagens de e para a sua principal ilha três dias depois de ter dado à costa um corpo de um pescador filipino, que testou positivo à covid-19. De acordo com a Radio New Zealand, …

Cientistas russos querem criar a primeira vacina comestível contra a covid-19

O Instituto de Medicina Experimental de São Petersburgo, na Rússia, anunciou o seu plano de concluir dentro de um ano os testes pré-clínicos da primeira vacina comestível do mundo contra o novo coronavírus. Em entrevista à …

Em plena crise política, o país mais pobre das Américas ainda não recebeu nenhuma vacina

Numa altura em que a maior parte dos países já têm o processo de vacinação a decorrer, o governo do Haiti ainda não garantiu uma única dose da vacina contra o coronavírus. O país mais pobre …

Afinal, Leonardo da Vinci não esculpiu o busto de Flora

Está terminada a controvérsia que durou mais de cem anos após a aquisição do Busto de Flora em 1909, por Wilhelm von Bode. A datação por radiocarbono revelou, recentemente, que a obra não foi …

Crise climática "implacável" intensificou-se em 2020, diz relatório da ONU

Houve uma intensificação "implacável" da crise climática em 2020, com a queda temporária nas emissões de carbono devido ao confinamento a ter um impacto pouco significativo nas concentrações de gases de efeito de estufa, revelou …

Já se sabe o que causou a misteriosa "tempestade de asma", que vitimou dez pessoas em 2016

Em 2016, na cidade de Melbourne, aconteceu o evento de "tempestade de asma" mais grave do mundo. Os cientistas descobriram agora o culpado. No dia 21 de novembro de 2016, as urgências de um hospital em …

Carlos César reivindica papel do PS na construção da democracia e no combate à corrupção

O presidente do PS defendeu, esta segunda-feira, que se deveu ao seu partido o aprofundamento da democracia e os avanços no combate à corrupção, embora admitindo desvios", "erros" e "omissões num ou outro momento da …