Testes para o fim dos “gostos” no Instagram chegou a Portugal

O teste para o fim dos likes (gostos, em português) no Instagram, detido pelo Facebook, chegou a Portugal. A partir do final de quinta-feira deixou de ser possível a alguns utilizadores ver o número de gostos nas publicações de outros utilizadores, assim como as visualizações de fotografias e vídeos.

O alargamento do teste foi confirmado ao Observador pelo Facebook.

“A partir de hoje [quinta-feira], estamos a expandir o nosso teste de contagens privadas para o resto do mundo além da Austrália, Brasil, Canadá, Irlanda, Itália e Nova Zelândia”, referiu Tara Hopkins, responsável do Instagram.

Como explicou a rede social, “se estiver no teste, não verá mais o número total de ‘gostos’ e visualizações de fotografias e vídeos postados no ‘feed’, a menos que sejam seus”. Os resultados iniciais dos testes foram “positivos”, mas como esta é “uma mudança fundamental no Instagram”, a empresa quer aprender mais com a “comunidade global”.

Para já, não há informação sobre qual o critério utilizado para definir as contas que fazem parte desta fase de testes. Esta medida criada pelo Facebook tem como principal objetivo aumentar a reflexão sobre os efeitos na saúde mental de jovens e demonstrar a sua preocupação com o bem-estar dos utilizadores.

“Queremos que os teus amigos se foquem nas fotos e vídeo que publicas, não em quantos ‘gostos’ ela atinge”, justificou o Instagram quando anunciou estes testes.

Em maio de 2017, a instituição britânica Royal Society for Public Health divulgou um estudo no qual concluiu que o Instagram é mais viciante que “álcool e cigarros”. Depois da publicação do relatório, o Information Commisioner’s Office do Reino Unido recomendou a exclusão da ferramenta de contagem de gostos na rede social.

Apesar de os gostos desaparecerem, a opção para poder reagir desta forma a uma fotografia ou comentário vai continuar a existir. Outras definições, como o número de comentários numa publicação, continua a ser visível.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.