A Terra pode guardar um Oumuamua no seu interior

ESA / M. Kornmesser / European Southern Observatory

Uma parte da terra que pisamos poderia vir, literalmente, de outras regiões da galáxia – áreas muito distantes do local onde o planeta está localizado e que para chegar até aqui teriam que viajar anos-luz pelo espaço.

Essa é a conclusão de um estudo recentemente publicado no arXiv, que também sugere que a Via Láctea deveria estar cheia de rochas flutuantes como Oumuamua, o famoso asteróide interestelar que atingiu o Sistema Solar em outubro de 2017.

Segundo Michele Bannister, da Universidade da Rainha em Belfast, Reino Unido, e Susanne Pfalzner, do Centro de Supercomputação Jülich, na Alemanha, essas rochas também poderiam atuar como “sementes” planetárias em sistemas solares muito jovens ou em processo de formação. Em torno deles, dizem os investigadores, os mundos poderiam começar a formar-se.

A ideia tradicional é que os planetas se formam a partir do material que sobra após o nascimento de uma estrela. Esse material acumula-se em redor da estrela recém-nascida formando discos de poeira e gás. A gravidade gradualmente faz com que a poeira se una em fragmentos cada vez maiores – planetesimais – que, pelo acréscimo de mais material, acabam por se tornar em planetas.

Porém, numerosas observações parecem indicar que, muitas vezes, os planetas nascem muito mais rápido do que o previsto por este modelo. A presença de objetos interestelares, como Oumuamua, poderia ser a solução para esta discrepância. Se um destes objetos terminasse no disco de acreção de uma estrela recém-nascida, poderia desempenhar um papel decisivo na formação subsequente dos planetas.

Investigadores estimaram que deveria haver aproximadamente 29 mil milhões de objetos semelhantes a Oumuamua por ano cúbico na nossa galáxia, flutuando livremente após serem ejetados das suas órbitas em redor das suas estrelas locais. É provável que a maioria destes objetos sejam relativamente pequenos – escuros e rápidos.

De acordo com o estudo, muitos destes objetos devem estar a mover-se demasiado rápido para serem apanhados e, provavelmente, aqueles que acabam por se “enrolar” nos discos protoplanetários acabam por ser engolidos pela própria estrela.

No entanto, explica a ABC, Bannister e Pfalzner calcularam que, mesmo com estas limitações, ainda deveria haver pelo menos dez milhões de objetos do tamanho de Oumuamua – cerca de 100 metros – ou até maiores, em torno de cada estrela da galáxia.

Dos dez milhões de grandes objetos interestelares em redor de cada estrela, é provável que milhares deles tenham mais de um quilómetro de diâmetro. Alguns podem até ser planetas anões, semelhantes em tamanho a Ceres ou Plutão.

Portanto, uma parte destes “exilados interestelares” pode acabar por atrair poeira, seixos e gás e, eventualmente, tornar-se planetas completos. “Uma fração dos planetas que existem poderia ter um Oumuamua nos seus corações”, referiu Bannister.

A nova ideia poderia evitar as desvantagens de construir planetas a partir de minúsculos grãos de poeira e também resolveria o problema da velocidade com que os novos planetas são formados. Se a visão se mostrar correta, terá dado um passo gigantesco na compreensão dos processos que levam ao nascimento de novos mundos.

Sistemas com mais planetas, na verdade, expelem mais rochas no espaço, o que ajuda a criar mais planetas noutros sistemas. Segundo Bannister, “os sistemas planetários estão a ajudar a construir outros sistemas planetários“.

Isto poderia explicar porque é que as estrelas mais velhas parecem ter menos planetas em seu redor do que aquelas formadas em tempos mais recentes. As primeiras gerações de planetas poderiam ter-se formado de maneira convencional e depois “plantado” outros discos protoplanetários com “Oumuamuas” descartados.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

PAN foi o único partido sem irregularidades nas autárquicas de 2017. Movimentos cívicos são dos que menos cumprem

Depois da notificação da Entidade das Contas e Financiamentos Políticos, o Ministério Público fica agora encarregue de aplicar as coimas por violação da lei do financiamento dos partidos políticos e das campanhas eleitorais. As informações reveladas …

Jesus terá acusado Taarabt de ter adormecido em campo no Spartak-Benfica

O treinador benfiquista, Jorge Jesus, terá acusado Adel Taarabt de ter adormecido em campo no encontro entre o SL Benfica e o Spartak Moscovo. Com o Benfica já a vencer por 2-0 diante do Spartak Moscovo, …

Sistema de avaliação da Função Pública em stand by

As negociações em torno da revisão do sistema de avaliação de desempenho dos funcionários públicos estão paradas. A última vez que o Governo se reuniu com os sindicatos foi em maio. Nessa altura, o Governo falhou …

Central do Pego. Governo acusado de leiloar um bem que não lhe pertence

O Governo está a ser acusado de querer leiloar a Central do Pego, um bem que, segundo a Trustenergy, não lhe pertence. Em outubro de 2019, o primeiro-ministro anunciou que o Governo estava preparado para encerrar …

Portugal é dos países mais atrasados na vacinação dos jovens

Numa altura em que cerca de 90% das pessoas nos grupos etários acima dos 60 anos já estão completamente vacinadas contra a covid-19, Portugal é dos países com menor percentagem de adultos dos 18 aos …

Sporting pode pagar até 12,5 milhões de euros por Ugarte

O negócio da venda de Manuel Ugarte ao Sporting pode chegar até aos 12,5 milhões de euros por 80% dos seus direitos desportivos. Sporting CP e FC Famalicão continuam a negociar os moldes pelos quais se …

Insolvência da Groundforce não cessa contratos e salários vão ser pagos

O Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa declarou a Groundforce insolvente quase três meses depois de o pedido ter dado entrada. O Sindicato dos Trabalhadores da Aviação e Aeroportos (Sitava) esclareceu esta quarta-feira que a insolvência …

Machu Picchu é mais antigo do que se pensava

Um novo estudo acaba de revelar que a cidadela Inca no topo da montanha de Machu Picchu, no Peru, foi construída e ocupada por volta de 1420-1530 d.C., décadas antes do que se pensava. Machu Picchu …

Karsten Warholm é um recordista olímpico e mundial chateado com a Nike

Atleta norueguês acredita que a tecnologia incorporada pela gigante norte-americana contribui para a descredibilização do atletismo, já que dá aos atletas uma sensação de corrida semelhante a um trampolim. “A melhor corrida da história olímpica.” “Uma …

Incêndios da Grécia e da Turquia podem chegar em breve a Portugal

As labaredas vistas na Grécia e na Turquia neste verão podem chegar nas próximas duas semanas a Portugal, que deverá registar um aumento de 20 graus nas temperaturas. Uma onda de calor que dura há vários …