Fechadas há 70 anos, Termas Romanas de São Pedro do Sul inauguradas

(dr) CM São Pedro do Sul

A reabilitação das ruínas romanas termais em São Pedro do Sul foi hoje inaugurada, depois de um investimento de 1,8 milhões de euros, num monumento fechado há 70 anos, que conta com 2000 anos de história.

“É a maior obra cultural a nível de toda a região centro, e quando falo em região centro é de Lisboa até ao Douro, e o que temos aqui é único a nível nacional, não existe mais nada parecido com isto”, regozijou-se o presidente da Câmara Municipal de São Pedro do Sul.

Vítor Figueiredo assumiu que “era uma obra esperada pelas pessoas há mais de 70 anos” e, nesse sentido, revelou-se “satisfeito por estar a dar ao público, às pessoas das termas e às que as visitam a possibilidade de realmente verem este património que é importante e urge preservar e divulgar”.

“Trata-se de um dos complexos termais de origem romana mais importantes e bem conservados dos existentes no país, com uma utilização contínua ao longo de 2000 anos, e que sempre se constitui o grande motor do desenvolvimento regional”, sustentou.

No entender do autarca, “é um monumento único a nível nacional” e “muito importante para o património cultural do concelho e do país”, e que “terá, até ao final do ano, um centro interpretativo com peças encontradas no decorrer da obra”, e com uma área virtual com informação histórica.

No espaço foram encontradas, durante a intervenção, que começou no segundo trimestre de 2017, “uma série de peças como moedas, utensílios de barro, outro tipo de utensílios ligados à parte termal” e que, segundo o autarca, “estão devidamente catalogadas e inventariadas e guardadas”, para que os arqueólogos possam selecionar para o centro interpretativo.

Segundo o autarca, “o edifício vai ser visitável, a partir de amanhã [quinta-feira], depois, em condições melhores, a partir de dezembro e, nessa altura, há um compromisso para ter entradas pagas“, assumiu o autarca que esclareceu que, até lá, a entrada é gratuita.

“Ao fim e ao cabo, o que temos aqui é um museu. O próprio edifício é um museu”, esclareceu Vítor Figueiredo, que defendeu que este monumento nacional, classificado desde 1938, tem um “incontestável valor histórico, arqueológico, cultural e patrimonial que vai criar mais valias para o turismo, e contribuir para o interesse científico” da região.

A presidir a cerimónia esteve a ministra da Cultura, Graça Fonseca, que enalteceu o “bom exemplo de parceria entre o Estado Central e o município”, uma vez que o investimento “superior a 1,8 milhões de euros contou com financiamento privado e público, do município e do Governo, e com apoio da comunidade europeia”.

“É um tesouro nacional do ponto de vista arqueológico e histórico. As termas de São Pedro do Sul não são apenas um dos mais bem conservados complexos termais do nosso território. Elas testemunham 2000 anos de história, tanto a herança cultural da civilização romana, através dos seus mais reconhecidos hábitos, como a história da nossa nacionalidade”, elogiou Graça Fonseca.

A governante lembrou a estadia de “diversos monarcas que frequentaram e protegeram” as termas, nomeadamente Afonso Henriques, que deu o nome a uma das referências do monumento, a piscina, que frequentou após fratura sofrida na Batalha de Badajoz, em 1169.

“O património, mais do que a memória, deve ser presente e futuro, deve ser visível e visitável em condições dignas e que deem a conhecer a quem o visita a herança cultural portuguesa, que é múltipla e diversa”, defendeu a ministra.

Após a visita, e recusando falar sobre qualquer outro assunto que não fossem as termas de São Pedro do Sul, Graça Fonseca disse aos jornalistas que a reabilitação “ficou muito integrada, aquilo que é o elemento histórico e aquilo que é o elemento original do edifício, com aquilo que são os elementos contemporâneos desta reabilitação, nomeadamente a sua integração”.

A título de exemplo, e “talvez o mais emblemático“, no entender da ministra, encontra-se “na zona da piscina, com integração da nova cobertura com aquilo que é uma das maiores paredes da segunda recuperação deste edifício das termas romanas, e essa integração é harmoniosa”. “É um bom exemplo daquilo que deve ser feito no património cultural”, afirmou.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Com obras inacabadas e cosmeticamente disfarçadas, o complexo foi INAUGURADO mas sem o público lhes ter acesso.
    INAUGURAR = expôr pela primeira vez ao público (cf. Dicionário Priberam).

RESPONDER

Violência policial é uma das principais causas de morte de jovens negros nos EUA

A violência policial é uma das principais causas de morte entre jovens nos Estados Unidos, com os negros a terem 2,5 vezes mais hipóteses de serem mortos do que os homens brancos. O estudo, publicado este …

A Volocopter apresenta o seu táxi voador mais potente (e já andou no ar)

https://vimeo.com/355573555 Desde 2013 a Volocopter tem vindo a aprimorar o seu projeto de táxi voador. Desta vez, o design é mais redondo, mais simples e mais potente. O Volocopter é uma aeronave 100% elétrica que os criadores …

Israel desenvolve terapia à base de ecstasy para tratar stress pós-traumático

O Ministério da Saúde israelita desenvolveu uma terapia à base de MDMA - o componente ativo da metanfetamina popularmente conhecida como 'ecstasy' - para tratar pessoas que sofrem de stress pós-traumático resistente. Num entrevista sobre a …

Quaresma de saída do Besiktas. "Presidente não me quer na equipa"

Revelação feita pelo jogador, no Instagram: "Acabei de ser informado pelo presidente do clube que ele não quer que eu continue a jogar na equipa. Estou a tentar encontrar solução para o meu futuro". O internacional …

O Dr. House português diz que 90% dos médicos só fazem "fantochadas"

É conhecido como o Dr. House português, numa referência à série televisiva norte-americana, pela forma como faz diagnósticos certeiros. E Vítor Brotas que trabalha no Hospital dos Capuchos, em Lisboa, admite que é "um médico …

Homem morre após ataque de vespas asiáticas. É a segunda morte por picadas de insecto em 2 dias

Um homem de 79 anos de idade morreu nesta sexta-feira em Oliveira do Bairro, Aveiro, após ter sido atacado por vespas asiáticas. Dois dias antes, outro homem de 50 anos faleceu na região da Beira …

Polícia antimotim dispersa manifestantes em Hong Kong com gás lacrimogéneo

A polícia antimotim de Hong Kong carregou hoje com gás lacrimogéneo sobre manifestantes que tinham erigido uma barricada no bairro de Kwun Tong, no Este da antiga colónia britânica. Embora os protestos tenham decorrido de forma …

Eleições. CDU vai manter campanha clássica, mas dispensa o "lombo assado"

O chefe do maior partido da Coligação Democrática Unitária (CDU), que junta comunistas e ecologistas, assumiu enfado com carne assada nas jornadas e ações de esclarecimento pelo país, mas garante uma campanha eleitoral nos cânones …

Bloco quer mais funcionários públicos e quotas por raça nas universidades

O BE afirma, no programa eleitoral disponibilizado hoje na íntegra, que "é o partido que quer e pode impedir uma maioria absoluta", um resultado nas eleições legislativas que faria Portugal "voltar ao passado da arrogância …

Balas com defeito que encravam armas. PSP confirma, mas diz que não é um problema

A Polícia de Segurança Pública (PSP) confirma que estão a ser utilizadas algumas balas com defeito que até encravam as armas, nos treinos dos candidatos a agentes na Escola Prática de Polícia. Mas garante que …