Há mais uma teoria que explica a tão frequente homossexualidade dos insetos

Há muitas teorias que explicam a homossexualidade dos insetos, mas um investigador encontrou fortes indícios de que o sexo entre machos está relacionado com a falta de capacidade para distinguir das fêmeas.

A homossexualidade em insetos é tão ampla quanto enigmática. Apesar de não haver qualquer contribuição para o objetivo do acasalamento, a propagação de genes para a continuação da espécie, a verdade é que são mais de 100 as espécies de insetos que têm este comportamento, sendo que nalguns casos acaba por ser mais comum do que o acasalamento entre sexos opostos.

“Por que a evolução permite que continue a existir uma dispendiosa atividade homossexual, quando a reprodução é atingida primariamente pelo acasalamento heterossexual?”, questionou a equipa que está por trás do estudo mais recente sobre este tema, publicado no Animal Behaviour.

Kris Sales, investigador da Universidade britânica de East Anglia que liderou o estudo, deu alguns exemplos, em entrevista à BBC, para percebermos o porquê da homossexualidade nos insetos intrigar tanto a comunidade científica.

Assim, no caso do gafanhoto e de outras espécies, “cada ejaculação chega a equivaler a um quarto do seu peso corporal” e “no caso de uma espécie de mosca da fruta, por exemplo, o fluído do sémen é mais comprido do que todo o seu corpo”.

Estes pormenores intrigantes fizeram com que Sales pesquisasse os motivos pelos quais os insetos preferem o sexo homossexual e chegou à conclusão que não se trata de uma questão de preferência: o biólogo concluiu que a homossexualidade ocorre “porque os machos não reconhecem bem os seus pares“.

Para a experiência foram criados dois grupos de besouros, um com mais machos e outro com mais fêmeas, num total de 300 machos. O besouro foi a espécie escolhida porque tem um ciclo de vida relativamente rápido e “cresce facilmente num ambiente com farinha, levedura e aveia”.

Ao longo de 50 horas de observação, os cientistas concluíram que no grupo com menos machos, estes passavam o mesmo tempo a tentar acasalar tanto com um sexo como com o outro. No entanto, no grupo em que havia menos fêmeas, a competição era maior, e os machos já procuravam mais as parceiras do sexo oposto.

Isto indica que “o comportamento homossexual em insetos, especialmente nestes besouros, não é uma adaptação evolutiva, porque quando existe a pressão da competição, a homossexualidade torna-se menos comum“, explica Sales.

A investigação sugere que “a homossexualidade em insetos é resultado de uma capacidade limitada em reconhecer o outro sexo, embora não saibamos por que é que isso ocorre”, conclui.

Agora, a equipa quer tentar entender o mecanismo exato pelo qual os besouros castanhos, que vêem muito mal, conseguem identificar as fêmeas.

ZAP // BBC

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Depois do 4-2-4 contra Costa, Rio muda a táctica para conquistar indecisos

A prestação de Rui Rio nos debates televisivos, nomeadamente contra António Costa, correu muito melhor do que se esperava no seio do PSD. O presidente social-democrata jogou ao ataque, "em 4-2-4" contra o líder do …

Jogadores do Porto irritados com fúrias de Sérgio Conceição

Os jogadores do FC Porto estão incomodados com os ataques de fúria do seu treinador, Sérgio Conceição, que em alguns casos já levaram a situações de humilhação pública. O caso mais mediático foi o de …

Prejuízos na TAP agravam-se e podem afastar Neeleman. Governo já procura novo comprador

A TAP apresentou prejuízos de cerca de 119 milhões de euros no primeiro semestre de 2019, um agravamento de 29 milhões relativamente a 2018. São os resultados negativos mais elevados desde a privatização da companhia …

"Deixem as vacas em paz!" Marcado mega churrasco de protesto na Universidade de Coimbra

Continuam a chover críticas à Universidade de Coimbra depois da decisão de banir a carne de vaca das cantinas. Associações do sector da produção bovina apelam a que se "deixem as vacas em paz" e …

Parte do programa do PDR é literalmente igual ao do PSD

O programa eleitoral do PDR para as legislativas de 6 de outubro é "exactamente igual" ao programa do PSD. São parágrafos inteiros e medidas exactamente iguais, diz o Público. Os programas eleitorais do Partido Democrático Republicano, …

Cofina chega a acordo com Prisa. TVI vendida por 255 milhões de euros

A Cofina SGPS anunciou este sábado ter chegado a acordo com a espanhola Prisa para comprar a totalidade das ações que detém na Media Capital, valorizando a empresa em 255 milhões de euros. Em comunicado enviado …

BE é feminista porque "isso é querer igualdade e segurança" (e não queima pontes)

A coordenadora nacional do Bloco de Esquerda assumiu sexta-feira o partido como feminista, explicando que "isso é querer igualdade e segurança" para ambos os sexos, e que é preciso "mudar as regras do jogo em …

O mistério da origem do estanho da Idade do Bronze foi finalmente resolvido

A origem do estanho usado na Idade do Bronze tem sido um dos maiores enigmas da pesquisa arqueológica. Agora, investigadores resolveram parte do quebra-cabeças. Um grupo de arqueólogs da Universidade de Heidelberg e do Centro de …

Votos postais dos portugueses no Reino Unido estão a ser devolvidos aos remetentes

Os correios britânicos estão a investigar "com urgência" a razão pela qual os envelopes com os votos postais dos portugueses residentes no país estão a ser devolvidos aos remetentes, informou hoje uma fonte oficial à …

Fuligem da poluição do ar encontrada na placenta de mulheres grávidas

Manchas de fuligem expelidas de motores de automóveis e centrais de combustíveis fósseis podem ser encontradas no lado fetal da placenta. Uma equipa liderada por cientistas da Universidade Hasselt, na Bélgica, estudou as placentas após o …