Temido considera a declaração de escusa de responsabilidade dos médicos um “sinal de alerta”

Miguel A. Lopes / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido, considerou um “sinal de alerta” para dificuldades no funcionamento dos serviços de saúde a declaração de escusa de responsabilidade assinada pelos chefes de equipa de urgência do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN).

“Vários chefes de equipa da Medicina Interna assinaram uma declaração de escusa de responsabilidade que, a nosso ver, está a ser utilizada como um sinal de alerta para dificuldades no funcionamento dos serviços”, disse Marta Temido a jornalistas à margem Cerimónia de entrega de equipamento de cirurgia robótica doado pelo Imamat Ismaili ao Hospital Curry Cabral, em Lisboa, esta sexta-feira.

Temido sublinhou que o alerta dos chefes de equipa de que não têm especialistas suficientes, de acordo as recomendações dos colégios de especialidade, merece a “maior atenção”.

“Sabemos que as recomendações são orientações de boa prática e procuramos garanti-las, mas isso não inibe que os serviços se mantenham a funcionar em sobre esforço e, por isso, devemos uma palavra de agradecimento aos serviços, mas não está em causa a qualidade dos cuidados nem a segurança dos utentes”, salientou.

Para Marta Temido, “a deontologia dos profissionais de saúde é o melhor garante de que tudo será feito para que não haja risco para qualquer doente”. “É importante que se perceba que quando estes alertas são dados procuramos encontrar com os profissionais de saúde a forma de ultrapassar os constrangimentos”, o que está a acontecer, frisou.

O Sindicato dos Médicos da Zona Sul afirmou, na quinta-feira, que 21 chefes de equipa do serviço de urgência do CHULN, apresentaram uma declaração de escusa de responsabilidade considerando que não há condições para cuidados de saúde de qualidade e em segurança.

Os médicos recusam assumir “qualquer responsabilidade pelos acidentes ou incidentes” que possam acontecer por causa do que chamam “deficientes e anómalas condições de organização do serviço causadas pela insuficiência dos meios humanos”.

O CHULN já reconheceu as “carências existentes”, mas esclarece que “mercê do esforço, flexibilidade e incontestável dedicação dos profissionais, é nos fins de semana que se verifica a maior dificuldade em equilibrar a dotação das equipas, pois nos dias úteis, incluindo os períodos noturnos, a articulação entre as equipas permite dotações mais adequadas”.

Apesar do “relevante esforço” que tem vindo a ser feito no sentido de “reforçar de forma consistente o quadro de internistas do CHULN, bem patente na atribuição de 13 vagas no último concurso de recrutamento e na prioridade dada também a esta especialidade para o concurso a ser aberto brevemente a nível nacional, não foi ainda suficiente para compensar as saídas” dos médicos nos últimos anos, adiantou o CHULN.

A ministra salientou que os hospitais do SNS enfrentam nos últimos anos o problema do envelhecimento demográfico dos médicos. “Poderão perguntar-nos: mas isso não era planeado, não se poderia ter feito já alguma coisa? É isso que estamos a tentar fazer quando no final de cada época de finalização dos internatos médicos abrimos um número de vagas que permitam a captação de todos os recém-especialistas que são formados no SNS para o Serviço Nacional de Saúde”, disse.

O presidente da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo já referiu que das 60 vagas que foram abertas para esta área no último concurso só foram preenchidas 49. “Isso significa que temos de investir em outras estratégias de fixação dos profissionais no SNS”, que passa por condições de remuneração, de incentivos pelo desempenho, disse.

O plano também passa por investir no fortalecimento dos cuidados de saúde primários para causa “menos pressão” nos serviços de urgência “para quem está nas equipas de urgência também ter uma carga de trabalho mais aliviada”, disse Marta Temido.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …