Taiwan vai ter uma enfermaria hospitalar feita de lixo reciclado

(dr) Taiwan Design Research Institute

A enfermaria “Modular Adaptable Convertible” (MAC), em Taiwan

O Hospital da Universidade Católica Fu Jen, em Taipei, capital de Taiwan, vai ter a primeira enfermaria hospitalar do mundo construída com materiais reciclados.

Quando a pandemia da covid-19 apareceu, o arquiteto e engenheiro taiwanês Arthur Huang quis fazer alguma coisa para ajudar. Como o setor da construção civil ficou praticamente paralisado, colocando muitos dos seus projetos em espera, Huang voltou a sua atenção para a necessidade urgente de suprimentos médicos e espaço hospitalar.

Como conta a cadeia televisiva CNN, baseado em Taipei, Huang é co-fundador e CEO da Miniwiz, uma empresa que recolhe diferentes tipos de resíduos e os transforma em mais de 1200 materiais que podem ser usados para construção, interiores e produtos de consumo.

“Temos construído material médico, componentes médicos e um sistema de enfermaria modular médica, tudo com lixo local“, explica o taiwanês.

O resultado foi a “Modular Adaptable Convertible” (MAC), a primeira enfermaria hospitalar do mundo construída com materiais reciclados. O projeto foi desenvolvido em parceria com o Hospital da Universidade Católica Fu Jen, na capital de Taiwan, e pode começar a admitir pacientes já este mês.

Segundo a estação norte-americana, as paredes desta enfermaria são forradas com painéis feitos de alumínio 90% reciclado e o isolamento é feito de poliéster reciclado. As pegas dos armários e os cabides para a roupa são feitos de lixo médico reciclado, como equipamentos de proteção individual.

Huang diz ainda que pode ser construída, totalmente do zero, uma versão portátil em apenas 24 horas, permitindo que seja transportada para locais com muita necessidade.

De acordo com a CNN, o arquiteto e engenheiro tem ido buscar inspiração aos antigos Romanos. Quando estudou Arqueologia na capital italiana, nos anos 90, percebeu que muitos dos edifícios antigos da cidade foram parcialmente feitos de lixo.

Huang inspirou-se na prática romana de misturar fragmentos de terracota usada com cal para formar um gesso à prova de água que era muito usado na construção daquela época.

“Muitas fundações, aquedutos e infraestruturas construídos em Roma são, na verdade, feitos de cimento… a partir de embalagens descartáveis“, recorda Huang.

Desde então, o taiwanês tem trabalhado em formas de transformar resíduos do quotidiano, como garrafas de plástico, assim como resíduos pós-construção e pós-agrícolas, em materiais para serem usados em edifícios, restaurantes e lojas em todo o mundo, desde Milão a Xangai.

“Não precisamos de criar coisas novas. Só temos de usar a nossa criatividade, inovações e os nossos bons corações e cérebros para transformar estes materiais já existentes na próxima geração de produtos e edifícios para impulsionar a nossa economia”, afirma.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Homicídio com 32 anos resolvido com a menor amostra de ADN de sempre

Um caso de homicídio ocorrido há 32 anos, que muitos consideraram impossível de ser resolvido, foi finalmente desvendado (e tudo graças à amostra de ADN mais pequena de sempre usada para decifrar um caso). De acordo …

Braços robóticos controlados remotamente podem vir a realizar cirurgias delicadas

Um equipa de investigadores está a trabalhar para eliminar movimentos rígidos nos braços robóticos, de modo a torná-los mais ágeis. O objetivo é que no futuro estes possam empilhar pratos ou até realizar cirurgias delicadas. Os …

Alemão foi forçado a remover estátua do pai por esta se parecer com Hitler

Um alemão foi obrigado a retirar uma figura de madeira de um cemitério, que seria para homenagear o seu falecido pai, por ter semelhanças com o antigo ditador nazi. As autoridades do município de Weil im …

Podcast evita morte de um condenado (seis vezes)

Curtis Flowers foi julgado seis vezes pelo mesmo promotor de justiça. Um programa de investigação mudou o seu destino. O promotor continua a acreditar que Curtis é culpado. A própria equipa responsável pelo 60 Minutes, programa …

EUA venderam álbum único dos Wu-Tang Clan (que pertencia a Martin Shkreli)

O álbum do grupo Wu-Tang Clan, confiscado em 2018 ao antigo gestor de fundos Martin Shkreli, também conhecido como "o empresário mais odiado do mundo", foi agora vendido pelo Governo norte-americano. Num comunicado divulgado esta terça-feira, …

Bezos ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA para entrar na corrida da próxima viagem à Lua

O empresário norte-americano ofereceu 1,7 mil milhões de euros à NASA numa tentativa de reacender a batalha espacial entre a sua empresa, a Blue Origin, e a do "rival" Elon Musk, a SpaceX. De acordo com …

Clientes com certificado digital válido impedidos de entrar em restaurantes

Estão a ser reportados vários casos de clientes que, ao apresentarem o certificado digital para poderem entrar num restaurante, não conseguem fazê-lo porque o documento está a ser considerado inválido pelos dispositivos eletrónicos. Segundo a rádio …

Covid-19 trouxe "paranoia" ao mercado

Diretor do Norwich City, da Premier League, acha que os responsáveis por alguns clubes não sabem bem o que estão a fazer nos últimos tempos. O Norwich City iria jogar contra o Coventry City, num encontro …

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …