Tailândia. Supermercados deixam de distribuir gratuitamente sacos plásticos

As redes de supermercados tailandesas pararam de distribuir sacos plásticos gratuitamente desde de quarta-feira, medida qualificada pelos ambientalistas como uma solução temporária diante da “crise do plástico” no país.

Cada tailandês usa por dia pelo menos oito embalagens plásticas descartáveis, passando pelo saco do supermercado, o copo de café, até às embalagens de comida para viagem, que acabam em esgotos e aterros sanitários, noticiou a agência Lusa. Esse uso intensivo de plástico faz desse país do Sudeste Asiático o sexto maior do mundo na poluição oceânica.

No verão passado, a morte de um dugongo bebé – um animal marinho ameaçado de extinção – chegou aos meios de comunicação e começou a fazer os tailandeses refletirem sobre o seu modo de consumo. Lixo plástico foi encontrado no seu estômago.

Dezenas de marcas, incluindo as lojas de conveniência 7-Eleven e os principais gestores de centros comerciais como o Central Group e o Mall Group, abriram a década com o compromisso de parar de fornecer sacos plásticos gratuitos aos clientes. Em vez disso, estes comércios estão a oferecer sacos de pano reutilizáveis por alguns centavos.

Para a organização do Greenpeace, este é um bom começo, mas isso não resolve a questão da gestão dos resíduos.”Proibir sacos plásticos não é suficiente para resolver a crise do plástico no país”, declarou à agência de notícias AFP Pichmol Rugrod, da Greenpeace Tailândia. “O que é necessário é por um fim à cultura dos descartáveis”.

Além disso, os sacos de tecido não são completamente inofensivos ao meio ambiente, porque os microplásticos também estão presentes em sua fabricação para torná-los mais sólidos. “Esses microplásticos criam outro problema: quando você os joga fora, os produtos químicos que eles contêm acabam sendo depositados no solo”, acrescentou.

O Governo tailandês comprometeu-se a proibir completamente o uso de sacos descartáveis até 2022. Os canais de televisão tailandeses começaram a “censurar” os sacos plásticos nos ecrãs, desfocando as imagens destes produtos, como acontece com imagens de nudez, cigarro, álcool ou cenas violentas.

ZAP Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas propõem que indústria da moda pague "royalties" pelo padrão leopardo

Cientistas de Oxford, no Reino Unido, propõem que a indústria da moda comece a pagar royalties pelo uso do padrão que imita a pele de leopardo, para tentar ajudar a reverter o declínio deste felino. "O …

André Ventura foi reeleito presidente do Chega com 97,3% (e deixou recados ao PSD)

André Ventura foi reeleito este sábado, com 97,3% dos votos nas eleições internas para a presidência do Chega. O presidente demissionário do Chega foi reeleito este sábado com 97,3% dos votos, percentagem que considerou legitimá-lo para …

Uma das maiores camas do céu. JetBlue revela a nova classe executiva do Airbus A321neo

Uma das maiores camas no céu deverá estrear dentro de alguns meses, quando a JetBlue começar a voar com os seus A321neo de Boston e Nova Iorque a Londres. No dia 26 de fevereiro, a norte-americana …

Putin diz que Internet pode destruir a sociedade se não for regida pela moral

 Internet pode destruir a sociedade a partir se não não for regida por valores e leis da moral, considerou Vladimir Putin. O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, advertiu que a Internet pode destruir a sociedade a …

China torna-se o primeiro país do mundo a ter mais de mil multimilionários

A China tornou-se o primeiro país do mundo a ultrapassar a marca dos mil multimilionários, tendo neste momento um total de 1058 pessoas que têm a sorte de poder fazer parte desse grupo restrito. De acordo …

Gil Vicente 0-2 Porto | Vida fácil para o “dragão” em Barcelos

O FC Porto venceu o Gil Vicente em Barcelos, por 2-0. Pepe e Corona saíram ao intervalo com problemas físicos. O Porto foi a Barcelos conquistar três pontos de forma tranquila, perante um Gil Vicente que …

Na Índia, o comércio ilegal de burros está a crescer. A sua carne é considerada afrodisíaca

Viagra? Não, a população do estado de Andhra Pradesh, na Índia, tem um novo método para aumentar o desejo sexual: carne de burro. Esta crença está a fazer com que o comércio ilegal de carne …

Com as fronteiras fechadas, companhia aérea australiana lança "voos mistério"

A companhia aérea australiana Qantas anunciou “voos mistério”, nos quais os passageiros não fazem ideia para onde vão, numa tentativa de atrair mais clientes. As fronteiras internacionais da Austrália estão atualmente fechadas e parece improvável que …

Açores e Madeira acusam DGS de não usar dados verdadeiros nos boletins

A Direção Regional da Saúde (DRS) da Madeira garantiu que os números reportados no boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) esta sexta-feira não correspondem à realidade. A DRS dos Açores também assume a existência …

Resorts do Reino Unido criaram uma lista de "hóspedes indesejáveis" (com nomes irlandeses)

Uma rede de resorts da Grã-Bretanha tinha uma lista de "hóspedes indesejáveis" com apelidos irlandeses numa tentativa de impedir a entrada de membros da comunidade de viajantes irlandeses (Pavee). Esta notícia foi avançada por uma investigação …