Tailândia. Exploração sexual de mulheres e crianças denunciados no primeiro discurso do Papa

catholicism / Flickr

O papa Francisco

O Papa Francisco denunciou esta quinta-feira que “mulheres e crianças estão particularmente vulneráveis, violentados e expostos a toda a forma de exploração, escravatura, violência e abuso”, na primeira intervenção proferida na Tailândia, um dos destinos para o turismo sexual.

Francisco, que chegou na terça-feira a Banguecoque, mas só esta quinta-feira iniciou a agenda oficial com a visita à sede do Governo, quis reconhecer também “os esforços” das autoridades tailandesas “para acabar com este flagelo, bem como todas as pessoas e organizações que trabalham incansavelmente para erradicar este mal e oferecer um caminho de dignidade”, noticiou a agência Lusa.

Embora o chefe da Igreja Católica não tenha nomeado especificamente a exploração sexual de mulheres e crianças, sobretudo pelos turistas no país, este negócio representa ainda entre 2% e 3% do Produto Interno Bruto (PIB), apesar da grande redução registada nos últimos anos, de acordo com relatórios recentes.

Algumas organizações não-governamentais (ONG) no país apontaram que mais de 60 mil crianças são exploradas sexualmente na Tailândia todos os anos e cerca de 300 mil mulheres estão em redes de prostituição, apesar de atividade ser proibida no país. Estas mulheres e crianças são sobretudo oriundas do Camboja, Vietname e Laos.

Perante as autoridades do país e depois de um encontro com o primeiro-ministro tailandês, o general Prayuth Chan-ochoa, o Papa também se referiu ao fenómeno da migração que garantiu representar “pelas condições em que se desenvolve (…) um dos principais problemas morais que enfrenta a atual geração”.

“A crise migratória não pode ser ignorada”, destacou. “A própria Tailândia, conhecida pelo acolhimento de migrantes e de refugiados, enfrentou esta crise devido à trágica fuga de países vizinhos”, acrescentou o Papa.

A Human Rights Watch e o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR) denunciaram as condições dos paquistaneses cristãos e dos da minoria muçulmana ahmadi, que fugiram do país por serem perseguidos pela fé que professam e aos quais a Tailândia nega o estatuto de refugiado.

Por isso, Francisco pediu à “comunidade internacional que atue com responsabilidade e previsão, para que possa resolver os problemas que levam a este êxodo trágico, e promova uma migração segura, ordenada e regulada”.

“Oxalá que cada nação elabore mecanismos efetivos para proteger a dignidade e os direitos dos migrantes e refugiados que enfrentam perigos, incertezas e exploração na busca de liberdade e de uma vida digna para as suas famílias”, sublinhou. O Papa não fez qualquer referência à pena de morte vigente no país e que a Igreja Católica rejeita energicamente.

No discurso perante o primeiro-ministro, várias centenas de autoridades e o corpo diplomático acreditado na Tailândia, Francisco elogiou as eleições, realizadas em março, nas quais foi reeleito Prayut Chan-ocha, que liderou o golpe de Estado de 2014, por significarem “um regresso ao normal processo democrático” e “a coexistência pacífica entre os numerosos grupos étnicos do país”.

Francisco insistiu também na necessidade de se “trabalhar para que as pessoas e das comunidades possam ter acesso à educação, a um trabalho digno, a assistência sanitária e, deste modo, atingir os mínimos indispensáveis de sustentabilidade que permitem um desenvolvimento humano completo”.

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …