/

Em Sydney, as cacatuas aprenderam a assaltar caixotes do lixo. A técnica já é popular

A técnica é simples: agarrar a tampa do caixote do lixo com o bico, abri-la, e em seguida arrastar as patas de modo a colocar a tampa para trás. Em Sidney, este é o método que as cacatuas usam para procurar comida, e rapidamente se tornou popular.

As cacatuas de Sydney aprenderam a abrir caixotes do lixo, e agora as suas companheiras também já aprenderam a fazer o mesmo, através de um longo trabalho de observação, referem os cientistas.

Há alguns anos, as cacatuas com crista de enxofre foram observadas, pelo ornitólogo Richard Major, a abrir caixotes do lixo para procurar comida. Impressionado com a sua capacidade de engenho, Major e outros especialistas estudaram quantas cacatuas australianas tinham aprendido esse truque.

A equipa documentou o fenómeno em três subúrbios de Sydney no início de 2018 e descobriu que este se tinha espalhado para outros 44 bairros da cidade no final de 2019.

Depois de analisar vídeos de 160 aves a levantar tampas de caixotes do lixo e, avaliando pela distribuição geográfica, os cientistas perceberam que a maioria dos pássaros aprendeu esta técnica através da observação de outros.

De acordo com os investigadores, este é um grande feito para os pássaros, pois estes precisam de agarrar a tampa de um dos caixotes e abri-la. Em seguida, têm de arrastar os as patas ao longo da borda do caixote para que a tampa caia para trás, para que consigam ter acesso às refeições que tanto procuram.

Major referiu à Sky News que a “disseminação bastante rápida” não foi aleatória, mas “começou nos subúrbios ao sul e espalhou-se para fora”.

Em outras palavras, os pássaros aprenderam o truque imitando os seus pares, sendo que agora a técnica é vista como uma “dança popular”.

Os cientistas já tinham documentado outros exemplos de aprendizagem social em pássaros. Por exemplo, os chapins-azuis aprenderam a furar tampas de garrafas de leite no Reino Unido, a partir de 1920.

Por sua vez, as cacatuas são aves extremamente gregárias que passeiam em pequenos grupos, por isso raramente são vistas sozinhas em Sydney.

Embora muitos animais tenham diminuído com a expansão das cidades australianas, estes pássaros acabaram por prosperar.

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.