Um super-organismo está a manter viva uma árvore “zombie” na Nova Zelândia

(dr) Sebastian Leuzinger

A árvore Maori kauri (Agathis australis), aparentemente morta, encontrada pelos cientistas numa floresta na Nova Zelândia

Os cientistas descobriram por acaso, durante uma caminhada pela floresta, que as árvores podem manter-se vivas ao partilhar água e outros recursos, formando uma espécie de “super-organismo”.

De acordo com o Science Alert, os ecologistas Sebastian Leuzinger e Martin Bader avistaram o toco de uma árvore Maori kauri (Agathis australis), aparentemente morta, numa floresta na Ilha do Norte da Nova Zelândia, mas com uma coisa incomum quando se trata de árvores mortas: seiva.

Ao medir o fluxo de água neste toco e nas árvores ao seu redor, os investigadores descobriram que quase correspondiam, sugerindo que as árvores vizinhas estão a mantê-la viva. A questão que se levanta é: porquê?

Sebastian Leuzinger e os colegas acreditam que as raízes do toco da árvore foram enxertadas juntamente com raízes de outras árvores, algo que acontece quando as árvores sentem que podem partilhar recursos com as outras à sua volta. Esses enxertos permitem que as árvores formem um tipo de “super-organismo” e ajudam grupos de árvores a melhorar a sua estabilidade coletiva.

É raro encontrar este fenómeno em tocos que estão a morrer, mas os cientistas suspeitam que isso continue, embora pesquisas anteriores com várias décadas não tenham sido conclusivas quanto aos mecanismos subjacentes.

Normalmente, a água é puxada pelas árvores, pois evapora das suas folhas e é reabastecida das raízes. Isto não pode estar a acontecer na árvore morta, mas a água continua a fluir – embora a um ritmo mais lento do que as árvores à sua volta.

“É algo diferente de como as árvores normais operam, onde o fluxo de água é impulsionado pelo potencial da água na atmosfera. Neste caso, o toco tem que seguir o que o resto das árvores fazem ou então usar pressão osmótica para dirigir o fluxo de água porque, como não tem folhas que fazem transpiração, escapa da tração atmosférica”, diz Leuzinger, cujo estudo foi publicado este mês na revista iScience.

Ainda não está claro porque é que as árvores fazem isto. Os investigadores dizem que um motivo possível é que as conexões foram formadas quando o toco ainda era uma árvore saudável. Ou talvez porque as árvores à sua volta conseguem estender as suas próprias redes de raízes e recolham mais água e nutrientes, ao manter a conexão com o toco.

Relativamente a esta questão, vai ser necessário fazer uma pesquisa mais aprofundada. Por enquanto, este estudo mostra que as árvores estão mais interligadas do que pensávamos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Abel montou uma "equipa pequena, a jogar sempre com receio"

Opinião proveniente do Brasil lamenta a forma como o campeão sul-americano se apresenta em campo. É campeão sul-americano, por ter vencido a última Copa Libertadores, está a um jogo de estar novamente na final da Libertadores …

Pandemia com tendência decrescente nos serviços de saúde e na mortalidade

Portugal regista uma situação pandémica de “intensidade moderada”, mas com uma tendência decrescente da pressão sobre os serviços de saúde e na mortalidade associada à covid-19, refere o relatório das “linhas vermelhas” hoje divulgado. Segundo a …

Vacinas da gripe vão ser dadas nos centros de vacinação covid-19

Os centros de vacinação usados para administrar as vacinas contra a covid-19 vão também passar a ser usados para vacinar contra a gripe. Numa nota enviada às redações, a task force anunciou que os centros de …

Irmã de Kim Jong-un diz que acabar com a Guerra da Coreia é uma "ideia admirável"

Esta sexta-feira, Kim Yo-jong, irmã do líder norte-coreano Kim Jong-un, disse que o país está disposto a retomar as conversações com a Coreia do Sul se o vizinho não provocar o Norte com políticas hostis. Ri …

"Que se lixe o Congresso", diz líder do CDS

O líder centrista Francisco Rodrigues dos Santos disse não estar "minimamente preocupado" nem "concentrado em táticas para congressos internos". O presidente do CDS disse esta sexta-feira que não está “minimamente preocupado” com a próxima reunião magna …

Detidos CEO e chairman do grupo HNA, antigo acionista da TAP

Chen Feng e Tan Xiangdon, o chairmain e o CEO do grupo HNA, que já deteve uma participação na TAP, foram detidos esta sexta-feira.  O chairmain e o CEO do grupo HNA terão sido detidos na …

OMS inclui mais dois medicamentos nas recomendações para tratamento

A Organização Mundial de Saúde (OMS) acrescentou na quinta-feira dois medicamentos à lista de fármacos admitidos para tratamento da covid-19 e pediu à farmacêutica que os produz para baixar os preços e levantar as patentes. O …

Puigdemont em liberdade, mas com proibição de sair da Sardenha

O Tribunal de Recurso de Sassari decidiu, esta sexta-feira, deixar em liberdade o ex-presidente catalão Carles Puigdemont. Enquanto decorrer o processo judicial, não pode sair da ilha italiana. Carles Puigdemont saiu em liberdade esta sexta-feira, depois …

Centenas de pessoas protestam em Barcelona contra a prisão de Puigdemont em Itália

Centenas de pessoas reuniram-se próximo do consulado italiano em Barcelona em protesto contra a prisão de Carles Puigdemont. Centenas de pessoas reuniram-se esta sexta-feira próximo do consulado italiano em Barcelona, guardado por um forte dispositivo da …

Portugal com mais 9 mortes e 757 casos de covid-19

Portugal registou 757 novos casos e nove mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde. Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal registou, nas últimas …