Super-erupções vulcânicas estão a interromper a recuperação da camada de ozono

Zalrian Sayat / EPA

Desde que o buraco do ozono na Antártida foi detetado em 1985, o esgotamento da camada de ozono – o “grande guarda-chuva” que protege toda a vida na Terra – levantou uma preocupação considerável.

Os esforços das comunidades internacionais levaram ao sucesso do “Protocolo de Montreal sobre Substâncias que Destrói a Camada de Ozono”, assinado em 1987, que proibiu a produção e uso global de clorofluorcarbonetos, a principal causa do ozono esgotado.

Desde então, as substâncias destruidoras do ozono (ODSs) na estratosfera foram gradualmente eliminadas e a destruição adicional do ozono foi evitada. A camada de ozono tem vindo a recuperar-se gradualmente e os cientistas estimam que atingirá o nível dos anos 80 até meados deste século.

“No entanto, fortes erupções vulcânicas, especialmente quando um super vulcão entra em erupção, terão um forte impacto no ozono e podem interromper os processos de recuperação do ozono”, disse Ke Wei, do Instituto de Física Atmosférica da Academia Chinesa de Ciências, em comunicado. Wei é o autor correspondente de um artigo recentemente publicado na revista Advances in Atmospheric Sciences.

Para estimar o efeito de um possível supervulcão na camada de ozono em recuperação, a equipa de Wei trabalhou com cientistas russos e usou um modelo de transporte e um modelo químico-climático para simular o impacto de super erupções vulcânicas no ozono estratosférico durante diferentes períodos de recuperação do ozono.

Os resultados mostram que a percentagem da diminuição total média global de ozono na coluna no cenário da metade dos ODSs dos anos 90 é de aproximadamente 6% e a percentagem é de 6,4% nos trópicos.

Quando todas as ODS antropogénicas são removidas e apenas fontes naturais  permanecem, uma erupção super vulcânica produz uma diminuição média global de ozono de 2,5%, com uma perda de 4,4% nos trópicos.

“Essas poucas destruições não devem ser subestimadas, pois o Relatório de Avaliação do Ozono em 2014 pela Organização Meteorológica Mundial sugeriu um esgotamento de ozono de 2,5% fora das regiões polares durante o pior período de esgotamento nos anos 90”, disse o principal autor, Luyang Xu.

Xu está preocupado com o facto de que, uma vez que as super-erupções vulcânicas também podem injetar uma grande carga de halogénios na atmosfera, que destroem diretamente o ozono na estratosfera, a verdadeira diminuição causada por super vulcões poderia ser ainda mais séria do que a estimativa.

No entanto, as observações e estudos atuais não conseguem fornecer informações suficientes sobre as quantidades exatas de halogénios vulcânicos que entram na estratosfera.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Depois de 17 anos no subsolo, biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos

Biliões de cigarras vão emergir nos Estados Unidos. O aviso é de um grupo de cientistas que alerta que, dentro de alguns dias ou semanas, as cigarras da Ninhada X vão surgir depois de 17 …

Foguetão chinês regressou à Terra (e a maior parte desintegrou-se)

Um importante segmento do foguetão chinês desintegrou-se este domingo ao reentrar na atmosfera terrestre e caiu no oceano Índico, perto das Maldivas, anunciou a agência espacial da China. "De acordo com o percurso e análise, pelas …

"Se eu encaixar, eu sento-me." Os gatos adoram caixas ilusórias

Qualquer amante de gatos sabe que estes animais têm uma predileção inata por se sentarem em espaços fechados, mesmo que o espaço seja apenas um contorno bidimensional de um quadrado no chão.  Os cientistas analisaram esta …

Jet pack da Marinha britânica. Fuzileiros navais testam macacão Gravity em exercício de embarque

Quem melhor do que as organizações militares para testar e usufruir dos jet packs? A Marinha Real Britânica e os Fuzileiros Navais reais testaram um macacão a jato, desenvolvido pela empresa Gravity Industries. Esta semana, a …

Marés de Júpiter podem ajudar a perceber a história do Sistema Solar

Uma equipa de investigadores detetou uma pequena perturbação gravitacional em Júpiter. A descoberta pode ajudar a investigar o interior do planeta e perceber melhor a história do Sistema Solar. "Se você tentasse mergulhar em Júpiter, nunca …

Em 1925, "O Isolador" prometia bloquear qualquer tipo de distração

Procrastinar foi, é e sempre será um passatempo irresistível. Por isso, nos anos 20, houve quem apresentasse uma solução radical para evitar este problema: "O Isolador". De acordo com o site IFLScience, o chamado "Isolador" foi …

Seca no México revela uma igreja submersa há 40 anos

Uma igreja no estado de Guanajuato, no México, sobrevive entre a água e os peixes, como única testemunha de um povoado inundado por uma barragem há mais de 40 anos. Agora, devido à seca que …

Neymar prolonga contrato com o Paris Saint-Germain até 2025

O avançado internacional brasileiro Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 30 de junho de 2025, informou hoje o tricampeão francês e vice-campeão europeu de futebol. “O Paris Saint-Germain tem o prazer de anunciar que …

Países usaram modelo do queijo suíço para conter a covid-19. Na Índia, alguns "buracos" eram demasiado grandes

A grande maioria dos países adotou a estratégia do queijo suíço para responder à pandemia. Na Índia, os "buracos" eram demasiado grandes em três das camadas mais importantes. Para responder à crise sanitária desencadeada pela covid-19, …

Primeira-ministra da Escócia declara que "haverá maioria pró-independência" no parlamento

A primeira-ministra da Escócia, Nicola Sturgeon, declarou hoje vitória nas eleições regionais, afirmando que "haverá uma maioria pró-independência" no parlamento escocês. Com as projeções a indicarem que o Partido Nacional Escocês (SNP), que lidera, foi o …