Sul-africano morre esmagado por elefante que estava a tentar caçar

(dr) Theunis Botha Big Game Safaris

Theunis Botha, caçador sul-africano que morreu esmagado por um elefante

Theunis Botha, caçador sul-africano que morreu esmagado por um elefante

Um famoso caçador sul-africano morreu, na passada sexta-feira, esmagado por um dos elefantes que estava a tentar caçar num safari no Zimbabué.

Theunis Botha, de 51 anos, era um dos mais experientes e conhecidos caçadores de animais africanos. No entanto, a sua última caçada acabou de forma trágica.

O sul-africano estava a guiar um grupo de caçadores na região de Gwai, no Zimbabué, quando avistou uma manada de elefantes. Três do animais aperceberam-se da sua presença e avançaram contra o grupo. Foi aí que Botha começou a disparar.

O problema é que o homem não viu um quarto elefante que veio na sua direção e que o ergueu com a tromba. Um dos elementos do grupo atirou contra o animal, acabando por matá-lo. Ao mesmo tempo que o elefante caiu, o caçador ficou debaixo do corpo do animal e acabou por morrer esmagado.

Botha nasceu em Joanesburgo, na África do Sul, e conduzia safaris desde 1989. O caçador viajava com frequência até aos EUA em busca de clientes com dinheiro que quisessem fazer caçadas no continente africano. Foi pioneiro por implementar um sistema de caça europeu que usa cães para assustar as presas.

De acordo com a imprensa sul-africana, Botha era amigo do também caçador Hunter Scott Ven Zyl, cujos restos mortais foram encontrados dentro de um crocodilo, no mês passado, nas margens do rio Limpopo, também no Zimbabué.

ZAP // BBC / HypeScience

PARTILHAR

23 COMENTÁRIOS

  1. Quem com ferros mata, com ferros morre.
    Esse é o ditado e neste caso a triste sorte de um caçador que também terá morto muitas presas de espécies hoje em dia fortemente ameaçadas de extinção.
    Que sirva de exemplo e sirva para pôr termo à organização de safaris com o intuito de matar animais pelo simples troféu que constituem, uma prática bárbara e sem sentido.

  2. Bravo, elefante!
    (Morreu, mas conseguiu levar um dos assassinos com ele…)
    Adoro este tipo de mortes bravas, em que – ainda que não consigam tais animais impedir a sua morte – ao menos conseguem levar o seu inimigo com eles.
    Era o que devia acontecer em todos os safaris e corridas de touros (de morte).
    Bravo!

  3. Cá se faz, cá se paga. Bem ditos sejam estes inocentes animais que apenas tentam viver em paz. mas o animal dito racional não deixa, estraga tudo onde coloca a mão. Pena não terem lá ficado todos estes seráveis caçadores.

  4. Este elefante foi um verdadeiro Herói que se sacrificou pela sua manada de amigos e familiares que só queriam viver em paz…. em nome da maioria dos humanos que condenam totalmente estas atitudes bárbaras, desculpa-nos por séculos de caçadas e crueldade sem sentido. :'(

    Quanto ao lixo humano do caçador, Karma is a bitch, espero que tenhas sentido todos os ossos desse corpo nojento a estalarem e que tenham tido de usar uma espátula para te tirar do chão, por mim ficavas lá, podia ser que virasses farelo para os abutres !!!!!

  5. Pobres elefantes. Caçados até quase à extinção, apenas para divertimento e lucro de um grupo de seres humanos sem escrúpulos e sem compaixão pelos mesmos. Assim todos os caçadores tivessem o mesmo destino, já que não querem arrepiar caminho e deixar de praticar por si mesmos tamanha desumanidade…

  6. O mundo está prostituído em tudo! A caça ao elefante segundo tenho ouvido e lido está proibida bem como o comércio das suas presas no entanto como estes são uns caçadores especiais cheios de dinheiro aí a história já é outra e a troco do dito cacau vale tudo, pena é que todos os outros abonados caçadores não tenham a mesma sorte em nome e defesa das espécies.

  7. Eu sou contra a caça a estes animais, mas um homem morre e vocês aplaudem, talvez seja melhor irem, não sei, viver com os elefantes.

    • E?!
      Não sabes há pessoas a mais no mundo e que muitos só servem para prejudicar os outros (e o planeta)?!
      Como este assassino que, felizmente, já não vai fazer mal a mais ninguém…

  8. Também eu acho a caça a estes restantes animais de um mundo selvagem que se perde a cada dia um acto de barbárie. Sobretudo porque alimenta este desejo perverso de matar que existe em MUITOS seres ‘humanos’.
    No entanto, estas caçadas nos dias de hoje, fazem parte de programas de controle de nºs de certas espécies, para que a situações ecológica dos espaços onde eles habitam possam continuar a ser sustentáveis.
    Logo, as pessoas que estão envolvidas na organização destas caçadas estão a contribuir para a preservação destes ‘sanctuários’ de animais selvagens.
    O caçador não fica com o dinheiro da licença. Que é caríssima. O dinheiro é reinvestido nos parques naturais num processo de melhoria contínua e sustentabilidade.

    • Thomas, conversa sem sentido. Toda a gente sabe, que os elefantes estão em extinção. Controle a elefantes não há e, essa conversa só serve para outro tipo de animais e, aqui, estamos a falar de elefantes. Esse tipo de argumento é o mesmo que se usa em peditórios, quando se envia dinheiro para África para uma qualquer instituição e, ele só chega às mãos a quem não tem por direito usá-lo em proveito próprio. Para quem não sabe destes caçadores é tão bom ter dinheiro para pagar guias, jipes, casas e festas feitas com todas as mordomias nas pradarias, com o rio ao longe e disfrutar de uma vida “longa” na paz da natureza. Mas, e a que custos? Bons exemplos, fazem-se milhares de safaris em África pagos a peso de ouro onde não se dá um tiro sequer, a não ser, que haja algum turista em risco depois de um ataque de um qualquer animal. Esse dinheiro é depois usado na preservação dos parques. Tudo o resto que se conte do abatimento de animais, é só para defender o vício a “matadores”
      R.I.P ao elefante e, todos os caçadores que vão lá com o mesmo fim. Espero que tenham todos o mesmo tratamento, que o elefante deu a esse caçador. A vida humana tirada a esse ou a outros escroques, não me deixa pena nenhuma, entristece-me sim, a morte de um elefante.

  9. Pena o elefante ter morrido!
    Não tenho pena nenhuma do assassino!
    Oh Thomas…pelo amor da santa…Controle da espécie? Nós é que somos a especie invasiva!

  10. Controlo de espécies… em vias de extinção?

    E quem controla a pior espécie? Tem de ser a Natureza.
    Mas tenho esperança que as novas gerações mudem o rumo das coisas. Esperemos é que não seja tarde demais.

  11. Morreu Tragicamente!
    Até que enfim que morreu!
    Dia feliz para todos aqueles que amam animais.
    Hoje é dia de festa.
    O que desejo para todos os caçadores do mundo é que morram e que sofram para morrer.

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …