Sociedade de Matemática diz que exame do 12.º ano foi prova “pobre” e “facilitista”

USP Imagens

A Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) classificou o exame nacional da disciplina no Ensino Secundário como “uma prova pobre que não avalia de forma equilibrada a aprendizagem prevista no currículo”.

Trata-se de uma prova pobre que não avalia de forma equilibrada a aprendizagem prevista no currículo do Ensino Secundário nem valoriza adequadamente o trabalho desenvolvido pelos alunos e respetivos professores ao longo dos três anos do Ensino Secundário, situação que, tudo indica, poderá agravar-se no futuro”, conclui a Sociedade Portuguesa de Matemática (SPM) em comunicado divulgado esta terça-feira.

À semelhança do que já havia feito no ano passado, a SPM voltou a criticar o facto de o exame ser feito a pensar em dois currículos, com itens em alternativa, para permitir que os alunos que aprenderam a disciplina com base no anterior currículo, entretanto revogado, não fiquem em desvantagem na prova.

“No presente ano letivo este último já não foi lecionado nas escolas, sendo por isso ainda mais incompreensível esta opção. Os alunos externos que eventualmente pretendessem submeter-se a exame deveriam naturalmente ter uma prova própria, como sempre foi feito no passado aquando de alterações de programa. Sujeitar todos os alunos, em particular todos os que se encontram dentro da escolaridade obrigatória, a outros referenciais eventualmente adequados para alunos que já não estão nessa situação é pura e simplesmente inadmissível“, defendeu a SPM.

Para a organização científica, esta opção representa o “travão que o Ministério da Educação quer declaradamente impor” a “currículos organizados” e a uma “avaliação de conhecimentos e capacidades séria e objetiva”, criticando, mais uma vez, a opção educativa pelo programa de flexibilidade curricular, “uma forma encapotada de fazer com que os currículos efetivamente lecionados não possam ser submetidos ao escrutínio público, nivelando por baixo o trabalho das escolas e transformando-as lentamente em verdadeiros centros de Atividades de Tempos Livres”.

Lembrando que os conteúdos dos exames do 11.º ano foram reduzidos devido à flexibilidade curricular, a SPM entende que isso é “prenúncio de uma onda de facilitismo” e considera “notória a transição que o exame de hoje pretende fazer, na passagem de uma avaliação digna e pertinente para uma avaliação sem fiabilidade, ‘a fingir’ e até, por vezes, caricata”.

Sobre o conteúdo da prova, a SPM critica itens cuja complexidade de raciocínio exigida está ao nível do 2.º ciclo, que não se peça para justificar resultados obtidos por uso da calculadora – que “constitui a antítese do método científico e da boa utilização da tecnologia, que deve ser sempre acompanhada de espírito crítico – e de serem colocadas questões de nível “demasiado trivial” para alunos a concluir o Ensino Secundário.

Milhares de alunos do Ensino Secundário fizeram, esta terça-feira, exame nacional do 12.º ano à disciplina de Matemática (versão 1 e versão 2), prova fundamental no acesso a cursos científicos no Ensino Superior.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

E agora, Portugal? Depois do Grupo da Morte... Bélgica, Itália, França e Espanha no quadro

Teoricamente, desta vez a seleção nacional ficou claramente do lado mais forte na fase a eliminar do Europeu. Haverá um "escaldante" Inglaterra-Alemanha nos oitavos-de-final. Muitos adeptos portugueses ainda se lembram do golo tardio, noutro jogo, que …

Parlamento Europeu aprova novo estatuto do Provedor de Justiça

O Parlamento Europeu aprovou o novo estatuto do Provedor de Justiça Europeu que vai passar a trabalhar com novas regras, podendo avançar com os próprios inquéritos, prevendo-se também no novo regulamento medidas de proteção para …

Fernando Santos: "Estava a dizer à equipa para se chegar à frente"

Explicação do selecionador nacional, que esteve muito agitado durante os últimos minutos do Portugal-França. Uma primeira parte "excelente" e uma decisão duvidosa da equipa de arbitragem que alterou o resultado perto do intervalo. Fernando Santos começou …

Alemanha 2-2 Hungria | Goretzka salva germânicos no fim

Uma Alemanha impiedosa ao atrevimento da Hungria rendeu hoje um empate a duas bolas, selando a qualificação germânica para os ‘oitavos’ do Euro2020 e a despedida dos magiares no quarto e último lugar do Grupo …

Quase 900 funcionários dos Serviços Secretos dos EUA contraíram covid-19

Aproximadamente 900 funcionários dos Serviços Secretos dos Estados Unidos (EUA) testaram positivo para o coronavírus, de acordo com registos do governo obtidos por um grupo de vigilância. De acordo com os registos, obtidos pela Citizens for …

Portugal 2-2 França | Jogo louco vale empate com sabor a oitavos

A seleção portuguesa de futebol qualificou-se hoje para os oitavos de final do Euro2020, ao empatar 2-2 com a campeã mundial França, em encontro da terceira jornada do Grupo F do Euro2020, na Puskás Arena, …

Em 2020, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados

De acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), no ano passado, mais de 8.500 crianças foram usadas como soldados e quase 2.700 foram mortas devido à proximidade com vários conflitos existentes em todo o …

Portugal vs França: seleção empata 2-2 e está nos oitavos do Euro!

A seleção de Portugal jogou esta quarta-feira contra a França, num encontro que podia significar o apuramento para os Oitavos de Final do Euro 2020 ou o regresso a casa mais cedo e sem glória. …

Rússia nega investimento em IA para criação de microchips cerebrais

A Rússia negou as alegações de que estaria a investir em Inteligência Artificial que permitiria aos humanos controlar carros, aviões e usinas nucleares através de microchips implantados nos seus cérebros. O diário Kommersant relatou na terça-feira …

Bombeiro que socorreu a princesa Diana após o acidente revela as suas últimas palavras

Quase 24 anos depois da morte da princesa Diana, o chefe dos bombeiros que esteve no local na noite do acidente em Paris, revelou as suas últimas palavras. Amada por todo o mundo, a princesa do …