Encontrada solução de problema da física que em 2.000 anos nem Newton conseguiu resolver

Um cientista mexicano conseguiu resolver um problema físico com 2.000 anos. Trata-se de um fenómeno ótico conhecido como aberração esférica, que faz com que a imagem formada por uma lente seja distorcida ou fique turva.

Isaac Newton tentou, mas sem sucesso. Só agora, em 2019, foi encontrada a solução para o misterioso fenómeno ótico que surgiu há mais de 2.000 anos, confundindo muitos cientistas ao longo do tempo.

O cientista mexicano Rafael González, do Instituto Tecnológico de Monterrey, encontrou a equação matemática que resolve o problema da aberração esférica, como é conhecido o fenómeno ótico que faz com que uma imagem formada por uma lente seja distorcida ou fique turva.

De acordo com a Russia Today, o problema da aberração esférica acontece em câmaras, telescópios, binóculos e microscópios.

https://twitter.com/TecdeMonterrey/status/1145826381521199116

As lentes e os espelhos curvos deste tipo de dispositivos são feitos com superfícies esféricas, uma vez que esta forma é mais fácil de obter do que superfícies curvas não-esféricas. No entanto, introduz um desvio que reduz a qualidade das imagens produzidas pelo equipamento ótico.

Na equação proposta por Rafael González e por Alejandro Chaparro, da Universidade Nacional Autónoma do México (UNAM), descobriu-se de que forma a segunda superfície asférica de uma determinada lente deve receber uma primeira superfície, que é fornecida pela pessoa que manuseia a câmara, bem como a distância entre objeto e imagem.

Uma lente asférica é uma lente cujas superfícies não são parte de uma esfera, mas têm uma forma mais livre, por exemplo, a lente de uma câmara fotográfica. Uma lente deste tipo pode reduzir ou eliminar a aberração esférica e também reduzir outras aberrações óticas, como o astigmatismo, em comparação com uma lente esférica simples.

Uma única lente asférica pode substituir um sistema de lente múltipla muito mais complexo. O dispositivo resultante é menor e mais leve, e às vezes mais barato do que o design atual de múltiplas lentes.

A segunda superfície é tal que corrige toda a aberração esférica gerada pela primeira. “Durante a investigação, calculamos a eficiência de 500 feixes, e a satisfação média de todos os exemplos foi de 99,99999999999%“, disse González, em comunicado.

Segundo o cientista mexicano, a descoberta permitirá a produção de lentes com maior qualidade de imagem a qualquer distância, espessura e com diferentes materiais.

ZAP // RT

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. A notícia tem algo de errado!
    A explicação é conhecida desde o século 19 e há maneiras de minimizar nas lentes esféricas. Quanto às asféricas já existem há anos para resolver o problema.
    Possivelmente encontraram um algoritmo mais rápido para calcular a forma da lente asférica e a notícia sai assim!

    • A descoberta realmente foi o algoritmo (a “equação”) com uma correção mais rápida e mais precisa (e não uma uma associação de calculos para cada desvio)! O resto já era conhecido.

    • Pra você que não entendeu nada mesmo!
      Mas pro pessoal que vai olhar no microscópio pra procurar a tua doença ou pro agrimensor, vai ficar melhor e nada abstrato.

RESPONDER

A polícia holandesa achava que tinha em mãos o mafioso mais procurado da Europa. Afinal, era só um fã de F1

Um homem de Liverpool de 54 anos pensava que o grande evento da sua viagem aos Países Baixos seria assistir ao Grande Prémio de Fórmula 1, mas acabou detido numa prisão de alta segurança por …

Cobertura global de corais caiu para metade desde 1950, revela relatório

A cobertura global de recifes de coral caiu para metade desde 1950, cenário originado pelo aquecimento global, pesca excessiva, poluição e destruição de habitats naturais, revelou uma análise divulgada esta sexta-feira. Desde a Grande Barreira de …

O sonho de Christo concretizou-se, 60 anos depois. O Arco do Triunfo foi embrulhado como um presente

Já desde o início dos anos 60 que Christo imaginava como seria cobrir o Arco do Triunfo em tecido. A sua visão foi finalmente concretizada e pode ser visitada entre 18 de Setembro e 3 …

Holanda. Ministra da Defesa renuncia devido à crise de evacuação do Afeganistão

Após a ministra das Relações Externas holandesa, Sigrid Kaag, renunciar devido ao desastre da evacuação do Afeganistão, esta sexta-feira foi a vez da ministra da Defesa, Ank Bijleveld. Segundo relatou o Guardian, acredita-se que os ministros …

Tribunal da África do Sul recusa anular pena de prisão do ex-Presidente Jacob Zuma

O mais alto tribunal da África do Sul rejeitou o pedido do ex-Presidente Jacob Zuma para anular a sua sentença de 15 meses de prisão por não comparecer a uma sessão de inquérito por corrupção. Em …

EUA. Advogado planeou o próprio assassinato para o filho receber seguro. Foi detido por fraude

Um influente advogado norte-americano, cuja esposa e um dos filhos foram assassinados, foi acusado de fraude contra uma empresa de seguros e falso testemunho por organizar o seu próprio assassinato. Segundo avançou a agência France-Presse, …

Norberto Mourão conquista bronze nos Mundiais de canoagem adaptada

Norberto Mourão já tinha conquistado o bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio e junta agora mais uma medalha à colecção, desta vez nos Mundiais de canoagem adaptada. O atleta de canoagem adaptada Norberto Mourão conquistou hoje …

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …