O Sol perdeu as manchas todas

NASA

Foto da face visível do Sol captada pela NASA a 13 de novembro de 2017

O número de manchas do Sol – considerado o principal indicador do nível de atividade solar – está, segundo dizem os cientistas, a “diminuir rapidamente para zero”. E esta segunda-feira, a sua face visível apresentou-se mesmo sem nenhuma das suas características manchas.

Segundo revelaram investigadores do LRAS, o Laboratório de Astronomia de Raio X do Sol da Academia das Ciências de Rússia, a face visível do Sol apresentou-se esta segunda-feira “sem qualquer mancha solar“.

“É difícil dizer se há manchas na face oculta do Sol, mas, de acordo com as fotos de há duas semanas atrás, quando essa face se encontrava de frente para a Terra, não havia também qualquer registo de manchas”, diz o laboratório.

A nossa estrela “está muito perto de se tornar um “objeto ideal, sem qualquer defeito“, como era imaginada antes do século XVII”, acrescentam os astrónomos do LRAS.

A quantidade de manchas solares permitiu aos astrónomos, nos últimos 270 anos, a medição dos ciclos solares. Uma vez em cada 11 anos, o número de manchas atinge o seu ponto máximo, nos momentos em que o campo magnético do Sol atinge a sua intensidade máxima.

Entre estes picos – ora amplificados ora enfraquecidos – o número de manchas também atinge o seu nível mais baixo, o chamado mínimo solar. Durante 200 anos, a natureza destes picos era desconhecida. Em meados do século XX, os cientistas descobriram que o campo magnético do Sol muda periodicamente.

(dr) LRAS

Disco visível do Sol fotografado pelo Laboratório de Astronomia de Raio X do Sol da Academia das Ciências de Rússia a 13 de novembro de 2017

De acordo com as previsões dos cientistas russos, a nossa estrela irá atingir o próximo mínimo solar entre o final de 2018 e a primeira metade de 2019. Nesta primeira fase, vão desaparecer as manchas e as emissões de matéria solar.

“Mas esta segunda-feira, até parece que isso já aconteceu“, dizem os astrónomos.

Na coroa solar, as regiões de plasma quente desaparecem e a radiação de raio X do Sol, por elas produzida, cai para quase zero. As manchas solares restantes são extremamente simples e, embora estejam visualmente presentes, não são capazes de aquecer o plasma.

Na fase seguinte, as manchas desaparecem quase por completo, embora ainda estejam visíveis se as regiões do campo magnético forem aumentadas. Finalmente, no ponto mínimo, a energia magnética solar desaparece completamente.

Este desaparecimento resulta num Sol quase perfeito, simétrico e sem singularidades. Quando as primeiras manchas reaparecem, o novo ciclo de 11 anos inicia-se.

ZAP //

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Novo administrador da Sonangol investigado por suspeitas de lavagem de dinheiro

Luís Ferreira do Nascimento José Maria, um dos novos administradores da Sonangol, integra a lista de suspeitos investigados no âmbito do caso de desvio e  lavagem de dinheiro que envolve a companhia aérea da petrolífera …

Benfica responde ao "polvo encarnado" com novo Apito Dourado

O Benfica acusa o FC Porto de estar envolvido num "novo Apito Dourado", acusando Pinto da Costa e o director desportivo dos dragões, Luís Gonçalves, de integrarem um esquema para "condicionar" os árbitros. É a …

"É ilusão achar que é possível voltar ao ponto antes da crise"

O Presidente da República aproveitou uma conferência sobre educação para lembrar os professores que a "crise deixou marcas profundas" e que é "uma ilusão achar que é possível voltar ao ponto antes da crise". Na Fundação …

Pedro Dias: “Esta pistola já matou quatro pessoas e tu podes ser a próxima”

Está previsto que mais 12 testemunhas prestem o seu testemunho, esta terça-feira, no Tribunal da Guarda. Esta manhã, a irmã da mulher sequestrada em Moldes e a médica legista responsável pelas autópsias já foram ouvidas. Esta …

O primeiro asteróide interestelar tem 4 km e parece um charuto

O primeiro asteróide interstelar de sempre a visitar o Sistema Solar não cessa de fascinar os astrónomos de todo o mundo. Detetado no Havai, tem cerca de quatro quilómetros de comprimento e foi batizado de …

Autoridades investigam morte de criança com bactéria de hamster

A Autoridade de Saúde está a investigar a morte de uma criança de 7 anos, na Maia, devido a uma doença infecciosa que terá sido causada por uma bactéria de hamster. A doença é transmissível, …

Reino Unido disposto a pagar mais à UE pela fatura do Brexit

O Governo da primeira-ministra britânica, Theresa May, acordou hoje em aumentar a oferta financeira à União Europeia para impulsionar as negociações sobre o Brexit, saída do Reino Unido do bloco comunitário, segundo informou a BBC. A …

Pelo menos 50 mortos em atentado na Nigéria

Pelo menos 50 pessoas morreram num atentado suicida numa mesquita no nordeste da Nigéria, disse o porta-voz da polícia do estado de Adamawa. "Neste momento, temos pelo menos 50 mortos" e muitos feridos, disse Othman Abubakar, …

Ajustes diretos a professores da Universidade do Minho sob investigação

Em causa estará a aquisição de bens e serviços, sem concurso, a empresas detidas por professores ou ex-docentes da instituição. Segundo o Jornal de Notícias, a Inspeção-Geral da Educação e Ciência (IGEC) esteve a fiscalizar os …

Água poderá ser racionada durante a noite

O secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, admite o racionamento da água durante a noite em algumas localidades e aconselha a população a habituar-se a gastar menos devido à seca que o país atravessa. Carlos …