O Sol perdeu as manchas todas

NASA

Foto da face visível do Sol captada pela NASA a 13 de novembro de 2017

O número de manchas do Sol – considerado o principal indicador do nível de atividade solar – está, segundo dizem os cientistas, a “diminuir rapidamente para zero”. E esta segunda-feira, a sua face visível apresentou-se mesmo sem nenhuma das suas características manchas.

Segundo revelaram investigadores do LRAS, o Laboratório de Astronomia de Raio X do Sol da Academia das Ciências de Rússia, a face visível do Sol apresentou-se esta segunda-feira “sem qualquer mancha solar“.

“É difícil dizer se há manchas na face oculta do Sol, mas, de acordo com as fotos de há duas semanas atrás, quando essa face se encontrava de frente para a Terra, não havia também qualquer registo de manchas”, diz o laboratório.

A nossa estrela “está muito perto de se tornar um “objeto ideal, sem qualquer defeito“, como era imaginada antes do século XVII”, acrescentam os astrónomos do LRAS.

A quantidade de manchas solares permitiu aos astrónomos, nos últimos 270 anos, a medição dos ciclos solares. Uma vez em cada 11 anos, o número de manchas atinge o seu ponto máximo, nos momentos em que o campo magnético do Sol atinge a sua intensidade máxima.

Entre estes picos – ora amplificados ora enfraquecidos – o número de manchas também atinge o seu nível mais baixo, o chamado mínimo solar. Durante 200 anos, a natureza destes picos era desconhecida. Em meados do século XX, os cientistas descobriram que o campo magnético do Sol muda periodicamente.

(dr) LRAS

Disco visível do Sol fotografado pelo Laboratório de Astronomia de Raio X do Sol da Academia das Ciências de Rússia a 13 de novembro de 2017

De acordo com as previsões dos cientistas russos, a nossa estrela irá atingir o próximo mínimo solar entre o final de 2018 e a primeira metade de 2019. Nesta primeira fase, vão desaparecer as manchas e as emissões de matéria solar.

“Mas esta segunda-feira, até parece que isso já aconteceu“, dizem os astrónomos.

Na coroa solar, as regiões de plasma quente desaparecem e a radiação de raio X do Sol, por elas produzida, cai para quase zero. As manchas solares restantes são extremamente simples e, embora estejam visualmente presentes, não são capazes de aquecer o plasma.

Na fase seguinte, as manchas desaparecem quase por completo, embora ainda estejam visíveis se as regiões do campo magnético forem aumentadas. Finalmente, no ponto mínimo, a energia magnética solar desaparece completamente.

Este desaparecimento resulta num Sol quase perfeito, simétrico e sem singularidades. Quando as primeiras manchas reaparecem, o novo ciclo de 11 anos inicia-se.

ZAP //

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

É um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" proibir refeições em panteões

O presidente da Câmara da Batalha, Paulo Batista Santos, considerou hoje que seria um "disparate do tamanho do Mosteiro da Batalha" restringir totalmente "qualquer serviço de refeições nos panteões". "Concordo com as restrições, mas não na …

Surto de Legionella pode resultar em acusações por homicídio

A Veolia Portugal, responsável pela manutenção das torres de refrigeração do Hospital de São Francisco Xavier negou responsabilidade no surto de 'legionella', garantindo que "todos os procedimentos foram implementados corretamente". "Todos os procedimentos foram implementados corretamente …

Rui Santos "paineleiro com feitio de gaja", Bruno de Carvalho "machista preconceituoso"

A associação Capazes não poupou críticas ao presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, que acusa de "machismo, misoginia e homofobia", depois das violentas críticas que o presidente do Sporting endereçou a Rui Santos, comentador …

Detido diretor nacional do Tesouro angolano por suspeita de desvio de verbas

O diretor nacional do Tesouro angolano foi detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), no âmbito de uma investigação policial a alegados desvios de verbas do Estado através de contratos celebrados com empresas fictícias. De acordo …

Milhares de contas russas no Twitter foram usadas para influenciar referendo do Brexit

Investigadores concluíram que nos dias anteriores à votação do referendo sobre o Brexit, centenas de contas falsas no Twitter com origem russa tentaram influenciar a decisão da saída do Reino Unido da União Europeia. De acordo …

Submarino militar argentino desapareceu com 44 pessoas a bordo

A Marinha da Argentina confirmou esta sexta-feira que está à procura de um submarino militar com 44 tripulantes, com o qual perdeu todo o o contacto há mais de 72 horas. O submarino militar argentino o …

Secretária de Estado desvaloriza "jantarinho" da Web Summit no Panteão

A secretária de Estado da Indústria desvalorizou o polémico jantar no Panteão Nacional e garante que nenhum membro do Governo esteve presente. "Não temos nada a ver com isso", afirmou à agência Lusa. A secretária de Estado …

Primeiro-ministro demissionário libanês acolhido em França

O primeiro-ministro demissionário libanês, que chegou este sábado a Paris procedente da Arábia Saudita, vai regressar ao Líbano na próxima quarta-feira para participar na festa nacional, informou a Agência Nacional de Notícias. Saad Hariri, que se …

Corte no subsídio de desemprego acaba em Janeiro

O fim do corte de 10% aplicado ao subsídio de desemprego vai entrar em vigor já a partir de Janeiro de 2018 e irá abranger todos os desempregados, incluindo os que já estão a receber …

Neblina de hidrocarbonetos de Plutão mantém planeta anão mais frio do que o esperado

A composição gasosa da atmosfera de um planeta geralmente determina a quantidade de calor que fica aí preso. No entanto, para o planeta anão Plutão, a temperatura prevista com base na composição da sua atmosfera …