O Sol perdeu as manchas todas

NASA

Foto da face visível do Sol captada pela NASA a 13 de novembro de 2017

O número de manchas do Sol – considerado o principal indicador do nível de atividade solar – está, segundo dizem os cientistas, a “diminuir rapidamente para zero”. E esta segunda-feira, a sua face visível apresentou-se mesmo sem nenhuma das suas características manchas.

Segundo revelaram investigadores do LRAS, o Laboratório de Astronomia de Raio X do Sol da Academia das Ciências de Rússia, a face visível do Sol apresentou-se esta segunda-feira “sem qualquer mancha solar“.

“É difícil dizer se há manchas na face oculta do Sol, mas, de acordo com as fotos de há duas semanas atrás, quando essa face se encontrava de frente para a Terra, não havia também qualquer registo de manchas”, diz o laboratório.

A nossa estrela “está muito perto de se tornar um “objeto ideal, sem qualquer defeito“, como era imaginada antes do século XVII”, acrescentam os astrónomos do LRAS.

A quantidade de manchas solares permitiu aos astrónomos, nos últimos 270 anos, a medição dos ciclos solares. Uma vez em cada 11 anos, o número de manchas atinge o seu ponto máximo, nos momentos em que o campo magnético do Sol atinge a sua intensidade máxima.

Entre estes picos – ora amplificados ora enfraquecidos – o número de manchas também atinge o seu nível mais baixo, o chamado mínimo solar. Durante 200 anos, a natureza destes picos era desconhecida. Em meados do século XX, os cientistas descobriram que o campo magnético do Sol muda periodicamente.

(dr) LRAS

Disco visível do Sol fotografado pelo Laboratório de Astronomia de Raio X do Sol da Academia das Ciências de Rússia a 13 de novembro de 2017

De acordo com as previsões dos cientistas russos, a nossa estrela irá atingir o próximo mínimo solar entre o final de 2018 e a primeira metade de 2019. Nesta primeira fase, vão desaparecer as manchas e as emissões de matéria solar.

“Mas esta segunda-feira, até parece que isso já aconteceu“, dizem os astrónomos.

Na coroa solar, as regiões de plasma quente desaparecem e a radiação de raio X do Sol, por elas produzida, cai para quase zero. As manchas solares restantes são extremamente simples e, embora estejam visualmente presentes, não são capazes de aquecer o plasma.

Na fase seguinte, as manchas desaparecem quase por completo, embora ainda estejam visíveis se as regiões do campo magnético forem aumentadas. Finalmente, no ponto mínimo, a energia magnética solar desaparece completamente.

Este desaparecimento resulta num Sol quase perfeito, simétrico e sem singularidades. Quando as primeiras manchas reaparecem, o novo ciclo de 11 anos inicia-se.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Cientistas identificaram organismo que prospera ao comer meteoritos

O micróbio Metallosphaera sedula tem uma propensão para comer minerais. E não estamos a falar de granito ou giz, mas de rochas muito mais especiais como meteoritos. Segundo o Science Alert, uma equipa internacional de cientistas …

Médicos estrangeiros em Portugal atingem o valor mais alto da última década

O número de médicos estrangeiros registados em Portugal atingiu, em 2019, o valor mais elevado da última década, situando-se em 4192, mais 9,1% face a 2009, revelam dados da Ordem dos Médicos (OM). A maioria dos …

O único carro-avião do mundo vai ser vendido em leilão

O Taylor Aerocar, aquele que é o único carro-avião legalizado em todo o mundo, vai a leilão no início do próximo ano. Este modelo da marca data do ano de 1954. Se é um apaixonado por …

Marcha pelo Clima. Polícia espanhola deteve duas pessoas com facas e martelos

A Polícia Nacional de Espanha deteve, na sexta-feira, duas pessoas que pretendiam perturbar a manifestação pelo clima em Madrid, tendo apreendido vários materiais, como facas e martelos. Um homem e uma mulher foram detidos e enviados …

Reflexão, ritual ou mundo idealizado. Um Natal sem filmes, não é Natal

Se é daquelas pessoas que passa a noite da Natal com uma chávena na mão, meias nos pés e um filme na televisão, saiba que não está sozinho. Nesta altura do ano, os filmes tornam-se …

Musk ilibado depois de ter chamado "pedófilo" a mergulhador no resgate da gruta da Tailândia

O magnata fundador da Tesla, Elon Musk, foi absolvido na sexta-feira no processo por difamação movido pelo espeleólogo britânico Vernon Unsworth, que alegava ter sido chamado de pedófilo. Após cerca de uma hora de deliberações, o …

Luzes nas redes de pesca? Os golfinhos e as tartarugas agradecem

A implementação de luzes nas redes de pesca reduz a probabilidade de tartarugas marinhas e de golfinhos serem apanhados por acidente. Luzes LED nas redes de pesca eliminariam a "captura acidental" de tartarugas marinhas em mais …

Presidente da República passa o fim de ano na ilha do Corvo

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai passar a noite de 31 de dezembro para 1 de janeiro na ilha do Corvo, nos Açores, de onde será transmitida a sua mensagem de Ano …

O calor extremo está a fazer com que os bebés nasçam mais cedo

Investigadores descobriram que o calor extremo faz com que os bebés nasçam mais cedo. Tal como quase tudo neste mundo, as coisas só vão piorar com as alterações climáticas. Segundo o Science Alert, os dois investigadores …

Empresa está a contratar uma pessoa que será paga para usar pijamas e dormir

Um start-up de colchões da Índia, que se descreve como uma "empresa de soluções para dormir" está a contratar alguém que será pago apenas para fazer isso mesmo. O objetivo é testar os seus produtos de …