Aos 11 anos, Sky Brown pode tornar-se uma das atletas olímpicas mais novas de sempre

Sky Brown tem 11 anos, é filha de mãe japonesa e pai inglês, anda de skate desde os três anos e, em Tóquio, pode tornar-se numa das atletas olímpicas mais jovens de sempre.

Ver uma criança de 11 anos andar de skate não é propriamente estranho, mas ver uma menina dessa idade estar perto de representar o seu país nos Jogos Olímpicos, não é todos os dias. Este é o caso de Sky Brown, a filha de mãe japonesa e pai britânico, que poderá representar o Reino Unido em Tóquio e tornar-se numa das atletas olímpicas mais novas de sempre.

Surf, escalada e skate vão ser as três modalidades estreantes em Jogos Olímpicos já no ano que se avizinha. É nesta última que Sky Brown promete fazer história no próximo verão. Apesar de só ter 11 anos de idade, Brown já tem muita experiência em cima da tábua. Aos três anos, influenciada pelo pai, começou a dar as primeiras voltas no skate.

“Eu devia ter três anos quando comecei. Via o meu pai no skate dele a toda a hora, andava sempre atrás dele e assim que pude, fui para cima de um skate. Queria copiá-lo. Acho que comecei a levar as coisas a sério logo aos três anos. Não me lembro de não fazer skate por isso devo ter começado mesmo muito nova”, explicou, numa entrevista ao Telegraph.

Apesar de ter vivido toda a sua vida no Japão, o país natal da sua mãe, é o Reino Unido que quer representar nos Jogos Olímpicos.

Ela que é a mais jovem atleta patrocinada pela Nike e que pretende provar uma causa bastante nobre: “Quero mostrar às raparigas do mundo inteiro que é possível”, disse, citada pelo Observador.

“Fazer skate é divertido, só penso nisso. Ainda não acho que seja uma coisa séria. Só adoro. Fazer skate é o meu lugar feliz. Quando estou no skate, estou a fazer tudo aquilo que quero fazer. A parte mais importante de fazer qualquer desporto, não só skate, é aproveitar”, explicou a jovem.

Atualmente no nono lugar do ranking mundial, se conseguir ficar entre as 12 primeiras até ao fim das qualificações, ficará automaticamente apurada para Tóquio 2020.

“Eu adoro o skate, é a minha paixão, mas o meu conselho é que as pessoas experimentem muitos desportos diferentes, não apenas um, e encontrem aquele que adoram. Se quisermos melhorar num desporto, temos de o adorar porque assim não nos preocupamos com o treino todo. Sejam corajosos e experimentem coisas”, acrescentou.

Na altura dos Jogos Olímpicos já terá 12 anos, mas a concretizar-se a sua presença na competição entrará num lote muito restrito dos atletas mais jovens de sempre. Marjorie Gestring é tida como a mais jovem medalhista de ouro de sempre, quando nos Jogos Olímpicos de Berlim, em 1936, venceu a prova de trampolim de três metros com apenas 13 anos e 268 dias.

O mais jovem atleta olímpico de sempre crê-se que seja um menino de sete anos, chamado Marcell Depallé, que substituiu um dos atletas da equipa holandesa de remo, que ganhou a medalha de ouro nos Jogos de Paris, em 1900. Contudo, não se sabe até que ponto esta informação é verídica. De acordo com os registos oficiais, o mais jovem vencedor foi o alemão Klaus Zerta, também ele campeão de remo com 13 anos de idade.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Colisão gigante de asteróides no Espaço provocou um boom de vida na Terra

Os asteróides desempenharam um "papel divino" na história da vida na Terra. Um novo estudo sugere que um gigantesco boom de biodiversidade na Terra, há cerca de 470 milhões de anos, poderá ter acontecido devido …

Alguns planetas podem orbitar um buraco negro supermassivo em vez de uma estrela

Estamos habituados à ideia de que um planeta orbita estrelas. No entanto, estes corpos celestes podem também existir em torno de buracos negros supermassivos. Os cientistas já haviam adotado a ideia de que há planetas a …

PSD a 3 deputados da maioria na Madeira. CDS afasta geringonças

Miguel Albuquerque, político experiente, apreciador de música e apaixonado por rosas, voltou hoje a vencer as eleições regionais da Madeira, mas tem agora pela frente a ‘espinhosa’ tarefa de negociar um entendimento que garanta estabilidade …

Porto 2-0 Santa Clara | E vão cinco vitórias consecutivas na Liga

O FC Porto respondeu ao triunfo do Benfica no sábado em Moreira de Cónegos com a quinta vitória consecutiva na Liga, na recepção ao Santa Clara, por 2-0. Num jogo morno, com uma segunda parte mal jogada …

Mazda entra na corrida e prepara lançamento do seu primeiro carro elétrico

A Mazda garantiu o lançamento do seu primeiro carro elétrico já no próximo ano. O veículo será apresentado no Salão Automóvel de Tóquio. A corrida dos veículos elétricos acelera a todo o vapor e a Mazda …

Descobertas evidências de um reino bíblico em pleno deserto israelita

A bíblia faz referência a um reino de Edom, do século X antes de Cristo. Novas evidências sugerem que este reino poderá ter estado assente no deserto de Arava, no Israel. A análise de arqueólogos a …

PSD vence regionais na Madeira mas perde maioria absoluta

O PSD venceu hoje as eleições legislativas regionais na Madeira, com 37% a 41% dos votos, o que lhe retira a maioria absoluta no parlamento, segundo a projeção da RTP/Católica. O Partido Social Democrata venceu as …

No Afeganistão, há mulheres a arriscar a vida por um golo

As jogadores da seleção de futebol feminino do Afeganistão não treinam no seu país por razões de segurança. Muitas sofreram abusos sexuais e correm risco de vida para poderem jogar futebol. Pelo menos alguma vez na …

Cientista diz que avanços científicos podem levar à extinção humana

A evolução da ciência e tecnologia pode ser fundamental para evitar catástrofes, mas, ironicamente, pode também ser a causadora do fim da nossa espécie. O estudo das mudanças climáticas baseia-se em simulações cada vez mais de …

A ilha mais remota do mundo tem nome português

Tristão da Cunha é uma ilha com apenas 250 habitantes, onde ninguém fala português. Não há hotel nem aeroporto. Há quem parta em busca de um lugar sossegado para evitar as grandes multidões turísticas. Caso esteja …