Apostas online: “Ser competitivo com empresas ilegais é duro”

Betano

Tiago Pereira, Angeliki Papadopoulou, Ricardo Branquinho da Fonseca e Tanassis Kanouris

A Betano tornou-se esta semana o 11º operador de apostas online autorizado a operar em Portugal. Na cerimónia de apresentação da sua plataforma, que teve lugar este sábado, no Estádio de Alvalade, a empresa assumiu a dificuldade de entrar num mercado “onde alguns dos competidores atuam de forma ilegal”.

O grupo Stoiximan / Betano, uma das empresas de jogo online com crescimento mais rápido na Europa, anunciou esta fim de semana o lançamento da sua plataforma no mercado português.

A empresa grega, que actua em 6 mercados europeus, está agora também em Portugal, onde opera sob a marca Betano. A apresentação decorreu num camarote no Estádio José Alvalade, antes do pontapé de saída do Sporting-Tondela.

O CEO do grupo, George Daskalakis, afirmou estar entusiasmado por lançar a plataforma Betano em Portugal. “Orgulhamo-nos de ter reunido uma equipa local muito forte, juntamente com a qual trabalharemos arduamente todos os dias para conquistar a confiança dos nossos clientes e oferecer a melhor experiência de utilização do mercado.”

“Mantendo-nos comprometidos com a nossa filosofia centrada nos utilizadores, transversal a todos os nossos lançamentos internacionais”, acrescentou o responsável da operadora.

Também o Country Manager da Betano em Portugal, Ricardo Branquinho, se mostrou orgulhoso do lançamento da plataforma. “O nosso produto foi especialmente posicionado para trazer funcionalidades inovadoras para o mercado português, como as Μissões e o Bet Mentor, para os fãs de apostas múltiplas, e uma ampla oferta de live streaming”.

Com o lançamento em Portugal, os clientes portugueses terão acesso, em betano.pt, a uma gama completa de apostas desportivas e produtos exclusivos, incluindo apostas ao vivo e um extenso portfólio de casino.

“A Betano utiliza tecnologia de ponta para oferecer uma experiência perfeita e user-friendly em todos os dispositivos”, explicou o director de marketing da empresa, Tiago Pereira.

A empresa grega é o 11º operador autorizado em Portugal, depois de o mercado ter sido regulamentado, em 2015 – mercado em que, diz o director de marketing, é duro ser competitivo. “É duro competir com empresas que não pagam impostos em Portugal”, disse Tiago Pereira, citado pelo DN.

Mas, sustenta a empresa na sua campanha de apresentação, “o jogo começa agora”.

A operadora, que patrocina diversas equipas de futebol na Grécia, Alemanha e Roménia, irá disponibilizar transmissões em direto de mais de 30 competições, com destaque para as ligas espanhola, francesa e alemã.

O Grupo, que está a implementar um programa de Responsabilidade Social assente em três pilares principais (desporto, tecnologia e jogo responsável), é membro da organização ESSA — Sports Betting Integrity, o que garante a integridade e segurança dos serviços oferecidos.

Fundada na Grécia em 2012, a Betano faz parte da GML Interactive Ltd, empresa privada de jogo online sediada em Malta. Com mais de 300.000 utilizadores ativos em apostas desportivas, desportos virtuais, casino e desportos de fantasia, tem uma equipa em Portugal, baseada em Lisboa, composta por 10 colaboradores.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Já é possível ouvir a Via Láctea. NASA transforma dados de corpos celestes em música

A NASA converteu dados de astronomia em sons, permitindo ouvir composições musicais derivadas da própria estrutura do Universo. Especialistas da NASA transformaram dados da Via Láctea em sons graças a um processo conhecido como sonificação. …

Federer acusado de manobrar a tabela ATP

Contas da associação de tenistas foram alteradas por causa do coronavírus. Roger Federer está no quinto lugar mas só disputou um torneio ao longo de 2020. Em ano anormal, contas anormais: a tabela oficial da Associação …

Astrónomo do Instituto SETI garante que vamos encontrar extraterrestres até 2036

Seth Shostak, astrónomo e astrofísico do Instituto SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) está convencido de que os humanos vão encontrar uma civilização extraterrestre inteligente até 2036. “O SETI duplica a velocidade aproximadamente a cada dois anos …

Mais leve e elegante. Assim é a nova e-bike que vai chegar às ruas da Europa

A startup Urban Cycles Oy, com sede em Helsínquia, demarcou uma espécie de lacuna no mercado europeu de bicicletas elétricas e por isso quis preenchê-la. O objetivo era produzir uma bicicleta elegante e mais leve. Um …

Incêndio reduz a maior ilha de areia do mundo a metade. É Património da Humanidade

Quase metade de Fraser, a maior ilha de areia do mundo, que se situa no nordeste da Austrália e foi classificada como Património da Humanidade pela UNESCO, foi destruída por um incêndio florestal. O incêndio queimou …

"Toca de bruxaria" permaneceu até agora numa casa do século XVI. Encontrados crânios de cavalo e veneno

Uma casa cheia de objetos ocultos foi recentemente alvo de grande interesse. O espaço estava localizado dentro de numa casa do século XVI no País de Gales, e encontrava-se repleto de objetos ocultos, incluindo crânios …

Em 1843, o primeiro cartão de Natal foi considerado "escandaloso" (agora vai ser leiloado pela Christie)

Um exemplar do primeiro cartão de Natal impresso comercialmente, em 1843, que retratava uma cena da era vitoriana que escandalizou a população, vai ser posto à venda esta sexta-feira e é considerado um item raríssimo. Este …

Marcelo quer alívio de restrições no Natal sem pôr em xeque janeiro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, afirmou esta sexta-feira esperar que a "possível exceção" no Natal ao quadro de restrições para conter a covid-19 "seja bem entendida e bem vivida" e não provoque …

Bill Gates diz que o mundo estará de volta à normalidade já na primavera de 2021

Bill Gates, que desde 2015 tinha vindo a lançar alguns alertas sobre uma possível pandemia, deixou agora uma mensagem de esperança ao dizer que acredita que os EUA irão voltar ao normal na primavera de …

Mais um passo na hegemonia. China constrói aldeia nos Himalaias, em zona também disputada pela Índia e pelo Butão

Novas imagens de satélite mostram que a China construiu uma aldeia nos Himalaias, ao longo de uma fronteira que também é disputada pela Índia e pelo Butão, e que foi palco de um impasse agressivo …