Selo de 2 mil anos com retrato de Apolo descoberto em Jerusalém

Eliyahu Yanai / City of David

Uma equipa de arqueólogos descobriu, em Jerusalém, um selo de 2.000 anos com a imagem do deus greco-romano Apolo.

Durante escavações realizadas perto do Muro das Lamentações, em Jerusalém, uma equipa de arqueólogos encontrou um pequeno artefacto que a surpreendeu: um selo com, pelo menos, 2.000 anos que contém o retrato do deus greco-romano Apolo.

A pedra de jaspe, um mineral opaco, pode ter pertencido a um judeu monoteísta que admirava as qualidades associadas a Apolo. Mas por que motivo um judeu usaria uma pedra com o retrato de um deus de outra cultura?

“Não creio que o dono do selo acreditasse no deus Apolo. Ele acreditava nas virtudes que o deus oferecia: luz, pureza, saúde, sucesso – atributos muito, muito positivos e muito, muito convencionais. Toda a gente quer tê-los”, explicou o arqueólogo Eli Shukron, citado pelo Live Science.

Shua Amorai-Stark acrescentou que, no final do período do Segundo Templo, “o deus do Sol era uma das divindades mais populares e reverenciadas nas regiões do Mediterrâneo Oriental”. “É provável que a associação com o Sol e a luz tenha fascinado alguns judeus, visto que o elemento luz versus escuridão estava presente com destaque na cosmovisão judaica daqueles dias.”

De qualquer forma, segundo os cientistas, o facto de o selo ter pertencido a um judeu “mostra a grande variedade das práticas em Jerusalém”. “Todos eram judeus, mas havia grupos e perspetivas diferentes. Isso permite-nos encarar Jerusalém não como uma cidade ultraortodoxa, mas mais pluralista“, sublinhou Shukron.

A pedra é mais pequena do que uma moeda. Na Antiguidade, o jaspe era considerado uma pedra preciosa, pelo que esta pedra pode ter sido embutida num anel e usada como um selo de cera de abelha, para servir como uma assinatura pessoal de documentos, de acordo com os arqueólogos da Cidade de David.

  ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A arqueologia, no que tem de científico, acaba quando supõem tratar-se de um judeu. Há 2000 anos, Jerusalém era romana. Logo poderia ter facilmente pertencido a um romano que passou por ali e não a um judeu. Até como suposição, seria a mais simples e a que faria mais sentido.

  2. “De qualquer forma, segundo os cientistas, o facto de o selo ter pertencido a um judeu “mostra a grande variedade das práticas em Jerusalém”. “Todos eram judeus, mas havia grupos e perspetivas diferentes. Isso permite-nos encarar Jerusalém não como uma cidade ultraortodoxa, mas mais pluralista“, sublinhou Shukron.”

    Como é possível tanta publicidade à seita dos judeus, se em Jerusalém nunca viveram só judeus?

    E o que é um judeu, se não um ser humano.

    Porque distinguem um judeu de Israel, com um português, espanhol, americano, russo, que também professam a mesma religião!?

RESPONDER

O segredo da Coreia do Sul para combater a covid-19? Tecnologia de ponta e toque humano

O sucesso da Coreia do Sul a combater a pandemia de covid-19 não assentou apenas no recurso à tecnologia de ponta — também envolveu o tradicional toque humano. De acordo com um recente relatório da Câmara …

Governo: voto contra do Bloco é "definitivo". Marcelo diz que chumbo provoca dissolução

O Governo afirmou este domingo que entendeu o anúncio de voto contra por parte do BE como “uma posição definitiva”, remetendo eventuais novas negociações com este partido para a fase da especialidade do Orçamento do …

Soldados do exército chinês alinhados.

Chinesas querem "empregos de homem" — mas o sistema educacional corta-lhes as asas

Várias escolas, academia e universidades chinesas impõe cotas que limitam o acesso de estudantes do sexo feminino. Mulheres têm de tirar notas mais altas do que os homens para entrar. Um pouco por todo o mundo …

"A Escola de Atenas", quadro de Rafael Sanzio.

Ideias da filosofia grega podem ter-nos conduzido às alterações climáticas

Algumas das ideias defendidas por antigos filósofos gregos podem ter conduzido a civilização rumo às alterações climáticas. Incêndios florestais causados por ventos crescentes e um calor sem precedentes cercaram Atenas, Grécia, no verão passado, cobrindo os …

Vizela 0-1 Benfica | Milagre de São Rafa no último suspiro

A ressaca pós-goleada frente ao Bayern, na Liga dos Campeões, foi difícil para o Benfica. Os comandados de Jorge Jesus sentiram muitas dificuldades frente a um Vizela que sabia que o seu adversário iria patentear …

Otoniel, o camponês paramilitar (e criminoso mais procurado da Colômbia) foi capturado

O governo da Colômbia anunciou este sábado a captura do narcotraficante mais procurado do país, Dairo Antonio Úsuga (com a alcunha de 'Otoniel'), por quem os Estados Unidos ofereciam uma recompensa de cinco milhões de …

"Tratam as doentes como histéricas". O longo caminho da Medicina até levar a sério a dor feminina está a custar vidas

Muitos dos avanços na medicina tiveram apenas metade da população em conta. Para além da falta de representação das mulheres nos estudos médicos, a dor e os relatos das pacientes são muitas vezes desvalorizados nas …

Bloco faz ultimato: vota contra o OE se até 4ª feira o Governo "insistir em impor recusas"

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, avisou este domingo que o BE votará contra o orçamento se até quarta-feira “o Governo insistir em impor recusas onde a esquerda podia ter avanços”, mantendo, no …

Nova faca de madeira é três vezes mais afiada do que as de aço - e pode ser lavada após ser usada

Através do uso de métodos alternativos, uma equipa de cientistas criou uma nova forma endurecida da madeira que pode ser transformada em facas afiadas. A equipa da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, refere que as …

Áustria planeia confinar quem não estiver vacinado contra covid-19

O governo austríaco anunciou que, se ocupação de camas de Unidades de Cuidados Intensivos com pacientes covid-19 atingir nível crítico, pessoas não imunizadas poderão sair de casa apenas em casos excepcionais, como compras essenciais e …