Selo de 2 mil anos com retrato de Apolo descoberto em Jerusalém

Eliyahu Yanai / City of David

Uma equipa de arqueólogos descobriu, em Jerusalém, um selo de 2.000 anos com a imagem do deus greco-romano Apolo.

Durante escavações realizadas perto do Muro das Lamentações, em Jerusalém, uma equipa de arqueólogos encontrou um pequeno artefacto que a surpreendeu: um selo com, pelo menos, 2.000 anos que contém o retrato do deus greco-romano Apolo.

A pedra de jaspe, um mineral opaco, pode ter pertencido a um judeu monoteísta que admirava as qualidades associadas a Apolo. Mas por que motivo um judeu usaria uma pedra com o retrato de um deus de outra cultura?

“Não creio que o dono do selo acreditasse no deus Apolo. Ele acreditava nas virtudes que o deus oferecia: luz, pureza, saúde, sucesso – atributos muito, muito positivos e muito, muito convencionais. Toda a gente quer tê-los”, explicou o arqueólogo Eli Shukron, citado pelo Live Science.

Shua Amorai-Stark acrescentou que, no final do período do Segundo Templo, “o deus do Sol era uma das divindades mais populares e reverenciadas nas regiões do Mediterrâneo Oriental”. “É provável que a associação com o Sol e a luz tenha fascinado alguns judeus, visto que o elemento luz versus escuridão estava presente com destaque na cosmovisão judaica daqueles dias.”

De qualquer forma, segundo os cientistas, o facto de o selo ter pertencido a um judeu “mostra a grande variedade das práticas em Jerusalém”. “Todos eram judeus, mas havia grupos e perspetivas diferentes. Isso permite-nos encarar Jerusalém não como uma cidade ultraortodoxa, mas mais pluralista“, sublinhou Shukron.

A pedra é mais pequena do que uma moeda. Na Antiguidade, o jaspe era considerado uma pedra preciosa, pelo que esta pedra pode ter sido embutida num anel e usada como um selo de cera de abelha, para servir como uma assinatura pessoal de documentos, de acordo com os arqueólogos da Cidade de David.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. A arqueologia, no que tem de científico, acaba quando supõem tratar-se de um judeu. Há 2000 anos, Jerusalém era romana. Logo poderia ter facilmente pertencido a um romano que passou por ali e não a um judeu. Até como suposição, seria a mais simples e a que faria mais sentido.

  2. “De qualquer forma, segundo os cientistas, o facto de o selo ter pertencido a um judeu “mostra a grande variedade das práticas em Jerusalém”. “Todos eram judeus, mas havia grupos e perspetivas diferentes. Isso permite-nos encarar Jerusalém não como uma cidade ultraortodoxa, mas mais pluralista“, sublinhou Shukron.”

    Como é possível tanta publicidade à seita dos judeus, se em Jerusalém nunca viveram só judeus?

    E o que é um judeu, se não um ser humano.

    Porque distinguem um judeu de Israel, com um português, espanhol, americano, russo, que também professam a mesma religião!?

RESPONDER

Uniforme da II Guerra Mundial encontrado num pacote "cheio de história"

Um uniforme de piloto da Força Aérea Real (RAF), usado na II Guerra Mundial, foi descoberto embrulhado num pacote feito de folhas de jornais e vai agora a leilão. De acordo com a cadeia televisiva CNN, …

Primeiro motociclo voador do mundo pode alcançar uma velocidade de quase 490 km/h

A empresa Jetpack Aviation concluiu os testes referentes ao projeto Speeder, para o desenvolvimento de uma aeronave que faz descolagens e aterragens na vertical. Segundo a companhia, o veículo, que se assemelha a um motociclo, …

Scarlett Johansson processa Disney por estreia de "Viúva Negra" no streaming

A atriz norte-americana processou a Disney, esta quinta-feira, por violação do contrato, na sequência do lançamento digital do filme "Black Widow" na plataforma de streaming, adiantando que o seu salário estava dependente das receitas de …

Incidente com módulo russo fez EEI mudar de posição

A Estação Espacial Internacional (EEI) perdeu, esta quinta-feira, o controlo de orientação e saiu da posição configurada, na sequência de um incidente com o módulo russo Nauka. A situação, que se prolongou durante 47 minutos, aconteceu …

Relatório dos CDC indica que variante Delta é tão contagiosa como a varicela

Um relatório interno dos Centros de Controlo e Prevenção de Doenças (CDC) dos Estados Unidos indica que a variante Delta é tão contagiosa como a varicela. O jornal Washington Post teve acesso a este relatório interno …

Task force concorda que número de mortos e internados vacinados seja divulgado

A sugestão apresentada pelo presidente da Assembleia da República, de se divulgar os dados da vacinação nos internamentos e óbitos por covid-19, "é muito sensata", defendeu o coordenador da task force do plano de vacinação. Em …

Lucro da CGD sobe 18% para 294 milhões de euros no primeiro semestre

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) registou 294 milhões de euros de lucro no primeiro semestre, mais 18% do que no período homólogo, foi anunciado esta sexta-feira. "A Caixa Geral de Depósitos registou 294 milhões de …

Acordar uma hora mais cedo diminui (muito) o risco de depressão

Estudo envolveu mais de 800 mil pessoas. Risco de cair em depressão desce 23%. Um estudo recente indica que, se uma pessoa se levantar uma hora mais cedo do que o habitual, o risco de cair …

Adeptos no Dragão: acabou o "enorme vazio no coração do FC Porto"

O Estádio do Dragão vai voltar a ter pessoas nas bancadas em jogos do FC Porto, 17 meses depois. O regresso vai acontecer na estreia na I Liga, contra o Belenenses SAD, e o clube …

México planeia libertar milhares de reclusos idosos ou que foram torturados

O Presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, disse nesta quinta-feira que vai libertar por decreto reclusos detidos em circunstâncias especiais, como os que foram torturados, os maiores de 75 anos e os que estão …