Selfies tiradas por turistas podem pôr gorilas em risco

Uma nova investigação sugere que os turistas que tiram selfies com os gorilas-das-montanhas podem pôr estes primatas em risco de apanhar covid-19.

De acordo com a cadeia televisiva CNN, cientistas da Oxford Brookes University, em Inglaterra, analisaram centenas de publicações no Instagram de pessoas que visitaram estes animais na região da África Oriental e descobriram que a grande maioria estava perto o suficiente para espalhar vírus e doenças.

“O risco de transmissão de doenças entre os visitantes e os gorilas é muito preocupante. É crucial fazer cumprir os regulamentos dos tours para garantir que as práticas de trekking dos gorilas não ameacem ainda mais uma espécie que já se encontra ameaçada”, afirmou o autor principal do estudo, Gaspard Van Hamme, em comunicado.

De acordo com a mesma nota da universidade inglesa, os gorilas-de-montanha são considerados uma espécie em extinção, restando apenas cerca de 1.063 espécimes em todo o mundo. Estes vivem na República Democrática do Congo (Parque Nacional de Virunga), no Uganda (Parque Nacional Impenetrável de Bwindi e Parque Nacional de Gorilas de Mgahinga) e no Ruanda (Parque Nacional dos Vulcões).

Os investigadores analisaram 858 fotografias publicadas naquela rede social entre 2013 e 2019. Destas publicações, 86% mostravam pessoas a quatro metros dos gorilas e, em 25 delas, os turistas apareciam mesmo a tocar nestes primatas.

“Descobrimos que estes turistas raramente usavam máscara, o que traz um grande potencial para a transmissão de doenças entre as pessoas e os gorilas”, disse também Magdalena Svensson, professora de Antropologia Biológica da mesma universidade e outra das autoras do estudo publicado, a 15 de fevereiro, na revista científica People and Nature.

“Os gorilas são tão geneticamente próximos dos seres humanos que podem apanhar a maioria das doenças que nós apanhamos, como gripe, ébola ou uma constipação”, acrescentou a docente, destacando o facto de já se saber que podem apanhar covid-19.

Em janeiro, gorilas do jardim zoológico de San Diego, nos Estados Unidos, testaram positivo ao novo coronavírus. Na terça-feira, o zoo norte-americano anunciou que o grupo já voltou ao ativo, isto é, os animais já podem ser vistos pelo público, depois de se terem recuperado totalmente.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Há uma rua no Texas onde todas as casas foram impressas em 3D

Esta é a primeira comunidade de casas impressas em 3D nos EUA que está pronta a receber habitantes. A construção torna as habitações mais resistentes ao fogo e a inundações. Chama-se East 17th Street e fica …

A filha de Picasso doou nove obras do artista espanhol a França

A família de Pablo Picasso doou nove obras do artista ao Estado francês, que serão agora integradas no Museu Picasso, em Paris. Maya, a filha de Pablo Picasso, doou nove obras do artista como parte de …

Dormir bem? Depois da pandemia, não

O novo coronavírus criou uma "nação" de pessoas com insónias. Trabalhar menos horas pode ajudar. Insónias. Já eram um problema para muita gente até ao início de 2020 mas a pandemia que mudou o mundo também …

"Não posso ficar sentado a ver-nos voltar a 1972". Médico desafia a lei no Texas e admite que já fez um aborto

Um médico texano escreveu uma coluna de opinião no Washington Post a admitir que já fez um aborto no estado, depois da lei que proíbe interromper as gravidezes após seis semanas ter entrado em vigor. Em …

A cidade mais segura do mundo foi revelada (e é europeia)

Copenhaga foi eleita a cidade mais segura do mundo em 2021 pelo Índice de Cidades Seguras (SCI), da Economist Intelligence Unit. Quando se trata de escolher o destino a visitar, a segurança é um dos aspetos …

Benfica 3-1 Boavista | Águia evolui com Darwin para a vitória

Desde 1982/83 que o Benfica não vencia os primeiros seis jogos no Campeonato. Pois bem, na noite desta segunda-feira, os encarnados venceram o duelo ante o Boavista e fizeram xeque-mate graças ao bis de Darwin …

Milhões de pessoas em risco de tráfico e escravidão devido à crise climática, revela relatório

Milhões de pessoas forçadas a deixar as suas casas por causa da seca severa e ciclones correm o risco da escravidão moderna e de tráfico humano nas próximas décadas, alertou um novo relatório publicado esta …

Mercado teme corrida ao imobiliário com o fim dos vistos gold

A partir de janeiro, segundo as novas regras aplicáveis aos vistos gold, vão deixar de estar abrangidos os investimentos em imobiliário com destino a habitação em Lisboa, no Porto e no litoral. O regime que visa …

Desempregados inscritos no IEFP caem 10% em agosto

O número de desempregados inscritos no Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP) voltou a cair, pelo quinto mês consecutivo. Agosto fechou com 368.404 desempregados inscritos nos serviços públicos de emprego De acordo com os dados …

Agora que a catedral de Notre-Dame está estabilizada, pode dar-se início à reconstrução

Dois anos e meio após o incêndio que devastou a catedral de Notre-Dame, o edifício encontra-se seguro para iniciar o processo de reconstrução, que se espera estar concluído em 2024. Os trabalhos de segurança e consolidação …